Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · SoftwareLivre.org · UnderLinux



» Screenshot
Linux: Old Redhat 8
Por usernet

Fórum


DICA

Para enviar uma pergunta, localize a barra com links de contribuição de conteúdo no rodapé do site ou clique aqui.



Publicada por netu em 06/12/2004 - 21:58h:
* netu usa Debian
O que é partição swap??? é independente das outras?? Qual o tamanho que ela deve assumir?? me expliquem por favor!
desde já agradeço!

 
Resposta de vagnerd em 06/12/2004 - 22:17h:
* vagnerd usa OpenBSD
* vagnerd tem conceito: nenhum voto.
 


No Linux, a partição swap é uma extensão da sua memória RAM. Se você tem 16 Mb de RAM e 16 MB de Swap, você possui 32 Mb de memória virtual. Uma partição swap única pode ter no máximo 128Mb. Na verdade ela pode até ser maior, mas o espaço extra não será usado. Se você planeja ter mais do que 128 Mb de swap, crie partições múltiplas de swap. O tamanho da sua swap você tem que decidir, essa decisão vai depender do que pretende rodar no seu computador. Para uma utilização doméstica recomenda-se o dobro da sua memória RAM.

Para grandes servidores com troca de arquivos (emails, news, arquivos temporários) grande, são recomendados uma série de cuidados para criação da tabela de partições. Sempre tendo em mente que memória RAM é rápida e swap é muito mais lento. É usado uma partição para os arquivos binários do Linux, os diretorios /bin, /sbin/, /usr/bin/, /usr/sbin e outros. Arquivos que raramente (ou nunca) são alterados. Coloca-se a partição SWAP no meio do disco. E o restante para arquivos que irão sair tão rápido como chegaram, como: /var/spool/mail, /var, /var/spool/lpd.

A partição SWAP no meio do Disco é recomendado para que a distancia entre qualquer parte do disco até ela seja rápido. Então, se o ponteiro do HD estiver na última track do Disco vai andar até a metade para ler a SWAP. Assim como se estiver no inicio, vai andar até a metade.

Partições pequenas, facilitam na hora do backup. Principalmente na hora de tomar decisões como backups diários, e semanais. Algumas partições podem ser diárias, outras semanais e outras mensais.

Em resumo, mantenha arquivos que tenham grande vida útil no sistema juntos na mesma partição, e os que tenham vida curta em outra.

http://olinux.uol.com.br/artigos/259/3.html

 
Resposta de hellnux em 06/12/2004 - 22:18h:
* hellnux usa Kurumin
* hellnux tem conceito: 8.1
 


Partição SWAP, seria a mesma coisa que memória virtual do Windows, que significa troca, dependendo as suas peças é bom ter de 128MB até 512MB

Essa partição é de somente leitura e só o S.O tem acessa a ele, então não tem como usar, mas várioas distros podem usar a mesma SWAP

Flws.....

 
Resposta de wegnix em 06/12/2004 - 22:19h:
* wegnix usa Slackware
* wegnix tem conceito: 9.2
 


a partição SWAP é exclusivamente para a memória virtual, o windows tbm tem só que no windows não precisa criar partição. Geralmente coloca-se metade da memóriua RAM que você possuir ná maquina por exemplo você possui 256MB RAM, então sua SWAP seria a metade sendo assim 128MB RAM.
mas dai você me pergunta e se eu colocar menos que 128 ou mais ?
se vc colocar menos seu sistema poderá ficar um pouco instável.
se vc colocar mais não terá problema algum, a mémoria SWAP só depende de que tipo de aplicação será rodada na máquina.
caso não tenho ficado claro, tentarei explicar da próxima vez o melhor possível.

 
Resposta de TheoBR em 07/12/2004 - 12:57h:
* TheoBR usa Suse
* TheoBR tem conceito: 7.0
 


Vamos por partes:
O que é partição swap???
É uma tecnica usada para gerência da memória principal (Memória RAM). Que funciona da seguinte forma suponhamos que você tem 3 processos disputando quem vai entrar na memória principal (A, B, C), sendo A de tamanho 2MB, B igual a 1MB, C igual a 4MB e sua memória principal de tamanho igual a 5MB. Assim temos:

A: 1MB
B: 1MB
C: 4MB
RAM: 5MB

Vamos supor que estejam na memoria principal os processo (programas) A e B, e o usuário queira chamar o processo C, que apesar de neste momento termos 3MB de espaço livre, não chega a ser suficiente para carregar o processo C. Então a CPU verifica o processo com menos chance de ser chamado e manda-o para o disco (HD), fazendo o swapping out, ou seja o processo A ou B vai para a partição swap no disco. Então a CPU chama o processo C e depois que o processo C terminar sua tarefa (execução) a CPU chama o processo A ou B que foi para a swap, fazendo o swapping in.

é independente das outras??
Sim, uma vez que trabalha em conjunto com a memória RAM e não com o resto do disco

Qual o tamanho que ela deve assumir??
Se você tem aplicações pesadas e pouca RAM (até 256MB), aconsenho o dobro da capacidade ou mais. Se tens 512MB ou mais, então coloque 128 ou 256MB. Aqui é uma questão de bom senso.

Obs: Memória virtual é uma técnica de gerência de memória completamente diferente de swap. Mais informações leiam o Livro do Tanenbaum de Sistemas Operacioanais ou o Livro do Machado (Arquitetura de Sistemas Operacionais). Tentei ser menos prolixo possível.

 
Resposta de duda_augusto em 07/12/2004 - 13:01h:
* duda_augusto usa Kurumin
* duda_augusto tem conceito: 9.7
 


Simplesmente...Mais ou menos ponha o dobro de sua RAM, mas tem artigos na internet dizendo que eh pra por mais ou menos o mesmo valor.

Mas sempre pus o dobro

 
Resposta de Mga em 16/06/2008 - 20:00h:
* Mga usa Outra
* Mga tem conceito: 8.0
 


A partição swap, ou área de troca, é similar à memória virtual do Windows
Ela é apenas um volume que o Linux utiliza quando a memória RAM está toda ocupada.
O recomendado é que o tamanho dela seja igual ao da memória RAM do computador e/ou maior.

No meu caso eu tenho 1 GB de RAM
e minha partição swap tem 2.7 GB



ATENÇÃO: Antes de contribuir com uma resposta, leia o artigo Qualidade de respostas e certifique-se de que esteja realmente contribuindo com a comunidade. Muitas vezes o ímpeto de contribuir nos leva a atrapalhar ao invés de ajudar.

Contribuir com resposta



CAPTCHA
[ Recarregar imagem ]

Digite o código acima:

  
* Nota: só é possível enviar respostas usuário que possui conta e esteja logado com ela, caso contrário sua mensagem será perdida.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.