Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · Doode · NoticiasLinux · SoftwareLivre.org · UnderLinux



» Screenshot
» Login
Login:
Senha:

Se você ainda não possui uma conta, clique aqui.

Esqueci minha senha


Dica

Principais comandos do Linux
Linux user
Publicado por Cleverson Lopes em 30/07/2006

Login: cleverson_ledur, 151801 pontos | Blog: http://cleversonlopes.blogspot.com
[ Hits: 143631 ]

Principais comandos do Linux

Aqui eu vou colocar alguns comandos que eu acho que são os principais.

Comandos básicos


  • ls [-al]: listagem do diretório.
  • cp [-ir]: copiar arquivos.
  • mv [-i]: mover ou renomear arquivos.
  • rm [--]: deletar arquivos.
  • mkdir/rmdir: cria/deleta diretórios.
  • ln -s path link: cria links simbólicos (symlinks) para arquivos ou diretórios.

Outros comandos


  • file: determina o tipo do arquivo (/etc/magic).
  • cat: exibe o conteúdo do arquivo na tela.
  • head / tail: exibe linhas no inicio / fim do arquivo.
  • less / more: lista o conteúdo do arquivo.
  • man filename: manual online do programa.
  • ctrl+alt+del/reboot: reinicia o sistema.
  • shutdown -h now/halt: desliga o computador.

Mais no terminal


  • stty -a: lista configurações do terminal.
  • reset: reseta o terminal (volta ao normal).
  • (SHIFT)PGUP/PGDN: barra de rolagem do bash.
  • TAB: auto-completa os comandos digitados no terminal.
  • MOUSE2/3: cola o texto selecionado (gpm).
  • CTRL+S (Scroll Lock): desabilita o vt.
  • CTRL+Q (Scroll Lock): habilita o vt (tente isto caso o terminal trave).
  • ALT+Fx: muda de console.
  • CTRL+ALT+Fx: muda de console em modo gráfico.

Usuários


  • w: informações gerais sobre usuários logados e seus processos.
  • who: informações dos usuários atuais (do utmp)
  • last: listagem do histórico de logins (/var/log/wtmp)
  • lastlog: retorna informações sobre últimos logins.

Matando processos


kill: as opções mais comuns são (onde id é o mesmo que PID):

  • kill -HUP id-do-processo: reinicia processo.
  • kill -9 id-do-processo: mata processo.
  • killall processo: mata processo pelo nome.
  • killall -HUP processo: reinicia processo pelo nome.

Sistema


  • df -h (espaço livre e ocupado nos discos)
  • du -sh(x) (espaço ocupado pelo diretório e seus subdiretórios)

Informações do sistema


  • free: status da memória e swap.
  • vmstat: status da memória virtual (processos, cpu).
  • lsdev, lspci: listagem do hardware/dispositivos pci.
  • pnpdump: retorna configuração das placas ISA PnP.
  • lsmod / rmmod: lista/remove módulos na memória.
  • procinfo: cat /proc ;)

Informações do ambiente X


  • xdpyinfo: recursos do servidor X.
  • showrgbq: retorna a database de cores rgb.
  • xlsfonts: lista as fontes reconhecidas pelo X.
  • xset m 5/2 1: ajusta a velocidade e aceleração do mouse.

Rede


Listando processos listening na porta 80 e seus PIDs


  • lsof -n -i:80 (-i4: ipv4 e -n: sem resolver hostnames)
  • fuser -v 80/tcp (lista processos que escutam na porta tcp 80 em modo ps-like)

Pipes e Redirecionamentos


Através de 'pipes', a saída de um comando (stdout [file descriptor 1]) é passada como a entrada (stdin) do outro. Em geral, a saída é o terminal e a entrada o teclado. Exemplos:

$ dmesg | less ; ls -l | more
$ echo "Broadcast Message" | wall


Através de '<' e '>' é possível definir qual será o stdin e o stdout. Exemplos:

$ dmesg > dmesg.txt ; more < dmesg.txt
ls -l /tmp >> list.txt (concatena)


O sinal de maior é equivalente ao comando tee.

E para alterar o stderr (mensagens de erro [file descriptor 2]):

$ ls /admin > list.txt 2> erros.txt (se o diretório não existir, o stderr será o erros.txt e o stdout o list.txt)
$ ls /admin > list.txt 2>&1 listagem_e_erros.txt (se houver, erros serão repassados para o mesmo local que o stdout)

Operadores Lógicos


  • &&: 'e' (retorna true se todas as expressões forem verdadeiras)
  • ||: 'ou' (retorna true se uma das expressões forem verdadeiras)
  • O sinal ';' executará ambas as expressões independente do retorno. Por exemplo:

    $ make ; make install (os comandos serão executados em sequência)
    $ make && make install (o segundo comando somente será executado se o primeiro não retornar erro)



Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.

Leitura recomendada
   Dica Linux recomendada Montando imagens ISO no OpenBSD
   Dica Linux recomendada Auto correção no comando cd
   Dica Linux recomendada Comandos básicos do VI
   Dica Linux recomendada Ajustando horário no Slackware
   Dica Linux recomendada Solução para congelar a pasta do usuario no Linux. (Lan House)

Comentários
[1] Comentário enviado por bigo.doido em 08/10/2006 - 22:40h:

Cleverson,

Tem um comando no linux que consigo copiar um site da internet através de linha de comando (não me entenda mal, não quero clonar nada). Não me lembro qual é o comando... pode me dizer?


[2] Comentário enviado por favelado em 30/12/2006 - 21:45h:

realmente sao os principais comandos foram muitos bem esplicados


[3] Comentário enviado por pedroka em 25/01/2007 - 13:16h:

cara..
esses comandos que vc colocou ajdou bastante iniciantes do linux....


parabens....veio


[4] Comentário enviado por china em 06/02/2007 - 21:23h:

Bacana e bem detalhado. É assim que se faz, não basta explicar temos que detalhar para ajudar aqueles que estão começando. Parabens.


[5] Comentário enviado por K1LL -9 em 07/03/2007 - 02:40h:



bigo.doido seria o wget ?

# man wget



[6] Comentário enviado por Lucas_bispo em 24/01/2012 - 19:42h:

hm


[7] Comentário enviado por olivalpaulino em 19/04/2012 - 17:17h:

Gostei da publicação. obrigado.


[8] Comentário enviado por davidmuro em 04/09/2013 - 01:52h:

Muito bom! Só uma dica, faltou o comando cd no grupo básicos.



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.