slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · SoftwareLivre.org · UnderLinux

Linux banner
Linux banner


» Screenshot
Arch Linux XFCE
Por pylm

Dica

Linpus Linux 9.6 Full - pequena revisão
Linux user
Publicado por meinhardt, jorge g em 22/07/2009

Login: meinhardt_jgbr, 786302 pontos
[ Hits: 20893 ]

Linpus Linux 9.6 Full - pequena revisão

Na expectativa de encontrar uma distro que, desde a primeira instalação, habilitasse todos os itens de hardware presentes no Notebook Acer Aspire 5570z, que veio de fábrica com versão extremamente simplificada e antiga da distro Linpus Linux, resolvi pesquisar mais a respeito no site da Acer e da própria Linpus e, finalmente, fiz a instalação da última versão que me permitiu instalação no HD, para um novo teste.

Por outro lado, em geral quem usa Linux já há algum tempo, mesmo que apenas como simples usuário sem maiores ambições de conhecer o sistema a fundo, não desiste de buscar a solução aos eventuais problemas que surjam na instalação e configuração, principalmente quando isto envolve permitir o uso completo do seu PC com tudo que ele tem instalado.

Esta foi a razão da busca pelo Linpus Linux, na grande espectativa de que houvessem disponíveis versões atualizadas com suporte completo ao hardware, módulos proprietários e principalmente com boa (ou pelo menos razoável) documentação, ainda que apenas em inglês.

Embora tenha encontrado informações de que a versão anterior ainda disponível para download desta distro (Linpus Linux Lite 9.4 - que, ao que parece, ainda vem instalada por padrão nos Netbooks Acer One além de vários outros) já não tem mais o suporte de atualização do Fedora 8.0 (no qual era baseada), ainda dei-me ao trabalho de pesquisar no site da própria Linpus alguma informação adicional.

Encontrei, além desta Linpus Linux Lite 9.4, uma nova versão completa e mais atualizada (Linpus Linux 9.6 - Full), na qual depositei todas as minhas esperanças.

Visitando o site da distro, nota-se que o foco da Linpus obviamente não é o usuário final, já que dispõem de um mega-mercado cativo entre os fabricantes de NoBo's e Netbo's Chineses (como a própria Acer), além de Asus, Toshiba e Lenovo, apenas para nomear as mais conhecidas, para as quais já vendeu mais de 5.000.000 de cópias em 2 ou 3 anos, de acordo com informações do site.

Não há área de suporte decente pelo menos em inglês, e os manuais para download ficam restritos aos Netbos apenas. Não houve forma de encontrar manuais nem instruções de instalação sobre a última versão completa (9.6). Ao clicar no ícone da versão mais atual e completa na busca de manuais ou informações de suporte, somos transferidos a pagina da versão anterior (Linpus Linux Lite) onde deve-se escolher a marca do fabricante. No meu caso ao escolher Acer, apenas apareceu o Acer One.

Depois de baixar a versão Lite 9.4 (699Mb) e a versão completa 9.6 (3.6 Gb) e queimá-las em CD e DVD respectivamente, fui em busca de informações de instalação, cheatcodes, manuais, etc. nas mídias queimadas, já que no site não havia encontrado nada. Seria óbvio esperar que, também no conteúdo do DVD, pelo volume de informações disponível neste espaço, houvesse algo pelo menos relativamente fácil de se encontrar, em termos de material de suporte em inglês.

Talvez em alguns dos arquivos de texto existentes como Readme, Install ou Release, esteja disponível toda a informação que eu procurava, porém encontrei apenas em chinês tradicional ou mandarim.

Em inglês encontrei muito pouca coisa.

No arquivo que descreve a instalação (todo em chinês) pude entender os diversos passos e etapas, pois haviam figuras de aplicativos ou telas conhecidas e depois dos nomes em chinês, vinha escrito o nome original em inglês entre parênteses. Por aí pude perceber que os passos da instalação eram similares aos de outras distros com a mesma base Debian Hardy.

Embora pudesse supor que, por ser um fornecedor dedicado e com parceria com vários fabricantes de PCs portáteis a instalação fosse absolutamente sem problemas desde a inicialização, isto na verdade não ocorreu.

Fui obrigado a prosseguir na base da tentativa e erro; ir experimentando os vários cheatcodes que normalmente preciso usar em outras distros, até conseguir lograr a primeira inicialização neste NoBo Acer.

O Linpus Linux Lite (versão 9.4) é um live-CD, que deve ser específico para os Netbooks.

Não consegui passar da primeira tela independente dos cheatcodes usados, porém consegui descobrir pelo menos que era um Live-CD.

Já a versão completa (9.6) não é um DVD-Live, aceitando apenas a instalação no HD ou reinicialização de sua máquina com o sistema que já estiver carregado em seu HD.

Consegui inicializar e completar a instalação no HD, usando as mesmas alternativas de cheatcode comumente necessárias para outras distros (no caso deste NoBo Acer Aspire 5570z) ou seja noapic e noacpi.

O kernel da versão que consegui instalar, Linpus Linux 9.6 Full, é o mesmo das últimas atualizações de outras distros recentes que usam repositórios hardy (2.6.24) e este usa Kde 3.5.10, portanto não está mais baseado no Fedora e sim no Debian.

Para surpresa minha, nada daquilo que esperava em termos de suporte a hardware se materializou, nem mesmo a ativação das teclas de comando de volume de som e brilho da tela (que são feitas com a combinação de teclas Fn + setas abaixo e acima ou direita e esquerda, respectivamente) foram ativadas. As chaves de ativação do Bluetooth e do Wifi também não funcionaram.

Vale lembrar que o BigLinux 4.2 (que usa a mesma versão de kernel do Hardy) tem esta ativação já na primeira instalação, sem precisar nenhuma configuração personalizada.

Suporte a wifi, nem se fala, muito menos webcam.

O único ponto que me surpreendeu positivamente foi o fato de que o português estava disponível como idioma de instalação desde o início. Optei pelo inglês já que haviam mais chances de que houvesse material de ajuda, ainda que muito básico pelo menos nesta língua na distro depois de instalada. Novamente não consegui encontrar nada.

Pesquisei por várias horas e depois parti para tentar uma atualização ou pelo menos uma verificação dos repositórios. Tentei fazer a atualização, me colocando na posição de usuário totalmente inexperiente em temos de Linux, usando o Synaptic (instalador de pacotes instalado como padrão) conseguindo apenas mensagens de erro. Ainda dentro do Synaptic, verifiquei os repositórios listados e a possibilidade de troca ou adição de repositórios além daqueles incluídos que eram apenas os da própria Linpus, porém o aplicativo estava travado. Mesmo logando como root não consegui.

Tentei ainda usando o terminal com o apt-get, mesmo como root sem sucesso.

Poderia ter seguido tentando, via edição do sources.list, incluindo outros repositórios Debian hardy porém este não era o objetivo já que buscava um instalação simples, direta, sem problemas, com tudo rodando bem e principalmente atualizável por qualquer nível de usuário. Deixei de fazer isto, também porque já estava muito decepcionado.

Estão incluídos apenas os repositórios do próprio Linpus, todos fora do ar (erro 404).

Tentei fazer a atualização várias vezes em horários distintos, pois poderia estar ocorrendo algum problema como queda de servidor, falha na rede, etc: não consegui e desisti de esperar até outro dia.

Mandei novamente o Sidux por cima dele e, como sempre, em torno de 6 minutos tinha completado a nova instalação com quase todos os itens de hardware reconhecidos e ativados.

Talvez tenha me precipitado e devesse esperar para tentar novamente uma atualização ou pelo menos conectar com os repositórios do Linpus em outro dia, porém a decepção foi tanta que nem mesmo isto resolvi fazer.

Desta forma posso imaginar a decepção da primeira experiência Linux de um usuário iniciante e as razões pelas quais muitos senão a maioria opta por instalar versões piratas do Windows e sair clicando faceiro, sem nem mesmo tentar instalar outra distro mais amigável e com informações de suporte.

Entendo que a versão do Linpus Linux Lite instalada nos NetBooks Acer One, e talvez em outras marcas também, é a única alternativa que permite todas as funcionalidades do mesmo. Infelizmente o mesmo não ocorreu com a versão completa do Linpus Linux em NoteBook Acer.

Em resumo: foi uma grande decepção, principalmente pela espectativa frustrada de encontrar uma distro que tivesse acesso a módulos proprietários dos fabricantes de Notebooks. Talvez seja interessante para quem tiver paciência tentar novamente daqui a algum tempo.

Como sugestão a esta distro, o que significa chover no molhado, pois isto nunca deve chegar até eles, acho que deveriam adicionar outros repositórios Hardy como alternativas tanto para atualização como para instalação de outros aplicativos além dos já instalados, deixando limitados ao seu repositório próprio aqueles módulos específicos da distro e/ou módulos proprietários.

Seguramente fuçando um pouco mais, seria possível fazer isto por conta própria, mas já desisti. Prefiro prestigiar as distros nacionais.

Não costumo fazer críticas contundentes a nenhuma distro porque principalmente prezo a liberdade do software livre e valorizo o trabalho muitas vezes anônimo e voluntário de seus desenvolvedores. Neste caso isto não se aplica por tratar-se de uma distro nitidamente comercial, na qual seria de se esperar no mínimo de esmero em termos de suporte e informação, já que entrega seu produto previamente instalado em hardware que vai para diversos mercados no mundo inteiro. Talvez o foco seja apenas o mercado de Netbooks!




Outras dicas deste autor

Leitura recomendada
   Dica Linux recomendada Extraindo partes de mp3 no ubuntu (splitter)
   Dica Linux recomendada Firefox com rolagem lenta? Eis a solução!
   Dica Linux recomendada Transformando o Konqueror no Norton Commander
   Dica Linux recomendada Alterando o idioma de um documento do OpenOffice
   Dica Linux recomendada Instalando codecs para assistir filmes e ouvir músicas

Comentários
[1] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 22/07/2009 - 09:48h:

Como havia comentado no corpo desta Dica não costumo fazer criticas, muito menos contundentes a distros Linux por valorizar a dedicação e o espirito de cooperação em grande parte das vezes voluntário e gratuito de seus desenvolvedores. Isto não se aplica entretanto a distros tipicamente comerciais como neste caso, que pode perfeitamente ser incluído naquela lista das "Distros para Ingles ver", como bem descreveu o Mestre Morimoto do GDH.
Distros com este procedimento que incluí falta de informação e suporte adequado, apenas servem para denegrir a imagem do Linux que ao longo dos anos vem apresentando um crescimento notável em termos de melhora de suporte e criação de sistemas muito mais amigáveis e acessíveis a qualquer tipo de usuário, não ficando restrito às comunidades de geeks e nerds.


[2] Comentário enviado por pinduvoz em 23/07/2009 - 02:34h:

A Acer, em conjunto com a desenvolvedora do Linpus, penso eu, fez um bom trabalho no Aspire One, pois ele vem com tudo funcionando (wi-fi, webcam, teclado com funções especiais, suspender e hibernar), tem um boot rapidíssimo e uma interface agradável e adaptada à tela pequena.

Eu realmente penso que vender um notebook, ou um netbook, seja com Windows, seja com Linux, implica em entregar um produto onde tudo funciona, ou seja, em entregar da forma que a Acer entrega o One.

E se o Linpus não funciona nos notebooks da Acer, conforme afirma o autor do artigo, ela não deveria entregá-los com esse SO.


[3] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 23/07/2009 - 10:34h:

Na verdade, a compra deste Notebook (NoBo) Acer, como também vários outros modelos que foram objeto de analise (exemplo do Acer 5050 cujo artigo de analise foi publicado no GDH) nos quais vinha uma versão capenga sem nem ao menos ter ativada qualquer interface grafica, deve haver coincidido com o inicio da época em que usuários começaram a dar preferencia por NoBos sem Windows instalado como foi o meu caso.

Pensando melhor sobre o assunto, acredito que nesta época que é mais ou menos anterior aos lançamentos dos NetBooks em 6 meses, possivelmente os fabricantes ou montadoras, usavam a distro Linpus apenas para testar o hardware antes de despachar para a entrega, da mesma forma como devem fazer com as outras máquinas que saem da linha de montagem com o Windows instalado e devidamente pre-testado.

Com a saída dos Netbooks, onde, entendo que a melhor alternativa ainda será manter a distro que veio instalada de fábrica pois com ela tudo funciona, é algo meio recente e prova que as mesmas estiveram fazendo um bom trabalho. Lastimável apenas a falta de suporte no site da distro.


[4] Comentário enviado por pinduvoz em 03/08/2009 - 06:03h:

Parabéns!

Seu artigo está linkado no distrowatch.com na seção últimas avaliações.


[5] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 03/08/2009 - 15:44h:

Não acredito que isto possa contribuir para que uma distro do porte do Linpus Linux com o mercado cativo que tem, venha a reformular sua política de suporte a produto.
Se por ventura isto vier a ocorrer, será um avanço que só poderá melhorar a imagem do Linux como um todo.
Quanto menos distros do tipo "para Ingles ver" houverem, melhor para o usuário final.


[6] Comentário enviado por Teixeira em 10/12/2009 - 08:19h:

Esse é um dos motivos que, por analogia, me fazem ter uma certa aversão ao Windows.
É que é um produto COMERCIAL - não importando se é "barato" ou "caro" para o fabricante do hardware - e que portanto deveria respeitar o usuário na qualidade de consumidor.


[7] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 10/12/2009 - 12:38h:

Acredito que o Linpus Linux seja hoje uma distro apenas comercial, pois pelo menos quando visitei a pagina deles, não havia o menor sinal de suporte ao usuário. Com dizem alguns políticos Brasileiros eles estão "se lichando" para o usuário final, já que tem um mercado cativo de vários milhões de cópias por ano.

Parece que pelo menos para os Netbooks, pelo menos,tem uma boa distro.


[8] Comentário enviado por Bequimao.de em 08/05/2010 - 12:04h:

http://www.linux-forum.de/eine-kleine-rezension-zu-linpus-linux-35636.html

Tambem comprei um notebook ASUS com o Linpus "pre-instalado" aqui na Alemanha. Por sorte, era iniciante no Linux, e não arriscava tanto trabalho na instalação. Esta revisão vale ser traduzida para outras línguas, e fiz uma tentativa para o alemão. Ela foi bem recebida!

Ulrich Beckmann


[9] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 08/05/2010 - 13:31h:

Estmado Ulrich,

Fiquei muito lisonjeado com a tradução desta matéria e a publicação em fórum especializado Linux na Alemanha.
Esta foi apenas uma modesta contribuição sem maiores pretensões, mostrando as dificuldades encontradas com muitas pseudo distros ou distros "Para Ingles Ver" como são rotuladas por outros.

Cordiais saudações


[10] Comentário enviado por Bequimao.de em 15/05/2010 - 12:10h:

Estimado Jorge,

Eu fiz algumas correções e a versão final da tradução encontra-se no wiki do fórum
http://www.linux-forum.de/wiki/index.php/Eine_kleine_Rezension_zu_Linpus_Linux_9.6_Full.

Aliás, o DVD que eu tenho é um Live-DVD e posso experimentar o Linpus sem perturbar o meu sistema atual. A versão não está no DVD, o kernel é 2.6.25.9 e os ítens do hardware parecem estar funcionando. O ambiente gráfico é particular da Linpus, e o e-mail padrão é Evolution e o browser é o Nautilus (Gnome). O DVD contém programas do KDE (Kmail, Kwallet e outros), mas não como padrão.

O meu notebook veio sem sistema gráfico. Só apareceu o unix prompt. Por sorte, eu sou um programador profissional. Imaginem o desespero de um iniciante, que não sabe logar como root e nem pode fazer nenhum shutdown! O DVD também não estava incluido, só alguns DVDs para o Windows.

Cordialmente,
Ulrich




[11] Comentário enviado por Marcos Santos em 20/07/2010 - 15:43h:

Jorge,
Comprei faz uns 15 dias um Acer com intel atom n450 e veio com esse tal Linpus instalado e também me decpcionei porque o prompt vinha como root e não aceitava nenhum comando apenas de rebootar e desligar, mandei mensageens tanto pra Acer como pro Linpus e até hoje não responderam. Parti para o Ubuntu e estou também testando o Livre SO com a versão para Eepc, o fórum do Livre é bem ativo e se conseguirmos fazer funcionar (ou seja acertar alguns detalhes) o Livre vai ser uma excelente distro nos nets Acer.
É triste ver empresas que só pensam em ganhar e não beneficiar.
Valeu o esclarecimento.

Marcos João
Botucatu - SP
visite: www.watchtower.org/t


[12] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 21/07/2010 - 18:34h:

Marcos,

Sempre imaginei e inclusive coloquei nesta revisão sobre o Linpus Linux que entendia que as versões instaladas em Netbooks apresentassem melhor qualidade.
Ledo engano, pois você é a segunda pessoa que também reclama da versão instalada neste tipo de equipamento.

Outro amigo meu que por sinal tem boa base de conhecimento em Linux, também comprou um Netbook Acer que veio com o Linpus e me afirmou que o mesmo vinha "travado", não permitindo fazer qualquer alteração nos aplicativos instalados nem tampouco conseguiu descobrir em que ponto poderia destravar o mesmo.

Apenas como dica, caso você queira experimentar outras distros de boa qualidade, no Netbook Philco que minha filha comprou, cai na asneira de seguir a orientação de fazer uma atualização na distro que veio instalada de fábrica e que por sinal estava perfeitamente configurada e operando "redondinho". Depois da atualização a instalação ficou imprestável. Fui obrigado a instalar outras distros pois a distro original (Mandriva) não reconhecia todos os itens de hardware.

A grata surpresa foi a ultima versão do Ubuntu (10-04) Remix que é especifico para Netbooks. Depois de instalar o mesmo, voltei a tentar e finalmente consegui instalar também a ultima versão do Mandriva. As duas estão funcionando perfeitamente e em fase de avaliação, para ver com qual ela vai ficar. Acredito que outra boa alternativa seja o Librix 4.0 da Itautec, pois tem kernel atual e vem completa em termos de aplicativos.


[13] Comentário enviado por Marcos Santos em 27/07/2010 - 13:34h:

Jorge,
Mais uma vez obrigado pelo esclarecimento.

O Ubuntu-remix está instalado, o que não gosto nele é que eles trabalham com a versão testing e odeio ficar fazendo atualizações e nessas atualizações às vezes dá problema.

O Librix está baixando e se a iso tiver correta vou testar, se não, desisto porque ela muito grande pra baixar. A não ser que eles me mandem um dvd.

Testei o Meego e posso dizer que pra coisas básicas ele é ótimo, reconheceu todo o hardware e funciona a função de fechar o netbook e quando abre ele volta com tudo funcionando, no ubuntu a internet wireless não entra mais nem a pau a não ser rebutando ele. O Meego é muito rápido só que pra mim que uso ferramentas de escritório e aplicativos com uso do wine ele não é boa opção.

O Mandriva eu não testei mas em alguns fóruns o pessoal diz que não terá mais suporte.

O Livre SO eles sisseram que assim que sair a nova versão do Debian eles vão disponibilizar uma iso mais elaborada pra netbooks visto que a atual deles não tem os drivers pra a placa de vídeo dos nets mais novos. Por ser Debian a base deles, e quase que puro, eu preferiria, porque gosto muito do Debian.

Enfim estou também esperando para tomar uma decisão abalizada pra ser oficial no net, cansei de ficar com boot duplo, não é pratico.

Marcos João
Botucatu - SP
visite: www.watchtower.org/t


[14] Comentário enviado por Marcos Santos em 28/07/2010 - 11:39h:

Jorge,
A iso do Librix deu erro.
Nesse período também estava baixando a iso de um tal Jolicloud, uma distro baseada no Ubuntu, estou testando e estou gostando bastante, ela se adaptou bem ao meu netbook, até no site deles tem uma relação de nets testados e lá está o meu, estou gostando porque eles tornaram a versão estável e é mais leve do que o Ubuntu para netbooks.
Está rodando bem tudo que preciso, então acho que vou sossegar agora em ficar instalando e desinstalando distros. Só mantém o problema de que quando suspende ao fechar a tampa do netbook na hora que retorna a wireless não conecta a não ser reiniciando o sistema, mas isso não vai ser problema e alguém logo acha uma solução.
E outra no Ubuntu remix a wireless cai direto com o Jolicloud não.

Grato,
Marcos João
Botucatu - SP
visite: www.watchtower.org/t


[15] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 29/07/2010 - 00:38h:

Marcos,

Embora ainda seja prematuro para sugerir, já que se trata apenas do primeiro Beta e ainda não testei também em Netbook, apenas neste NoBo Acer, achei ótimo o Epidemic 3.2 Beta 1. Foi a primeira distro que já testei que instala muito facilmente em pendrive e já de cara permite salvar as alterações que você desejar no mesmo pendrive, ou seja uma instalação persistente.
Rodei primeiro a partir de DVD-Live (800Mb) e depois fiz a instalação no pendrive.
Testei também a partir do pendrive e está fantástico.
Gostei tanto que resolvi instalar em teste num Desktop que estava com o Zorin.
Achei o Epidemic muito completo e pronto para usar. Este Beta 1 já vem com kernel 2.6.34 o que representa muito em termos de capacidade adicional de suporte a hardware. Além de tudo, embora seja algo cosmérico, esta é a primeira distro que vejo chegar já pronta e pré-configurada com o Compiz.

Acredito que pelo menos como teste para uso futuro quando sair a versão final, valha a pena fazer uma experiência.

Sds


[16] Comentário enviado por Marcos Santos em 02/08/2010 - 22:24h:

Jorge, já me decidi quanto ao sistema.
Vou ficar com o Jolicloud mesmo, ele está fazendo tudo que preciso, tem suporte via e-mail no qual respondem logo as dúvidas.
O problema da net de não conectar ao suspender foi resolvido, é bem intuitivo o uso, tem uma enormidade de aplicativos pra facilitar a vida online e aplicativos de escritório completos.
Enfim, agora vou usar o meu tempo utilizando o ssitema e não configurando e eliminando problemas.
O problema do Linux são os cartões SD, mas falaram que nas próximas versões irão resolver.

Aliás, testei também um tal de Kuki Linux que a promessa era exclusivo para net Acer, testei e ficou pior do que tava, um kernel antigo e visual bem feio. Não reconheceu todo o hardware.

Tive resposta do Librix, disseram que não tem a iso em dvd para fornecer.

Grato,
Marcos João
Botucatu - SP
visite: www.watchtower.org/t


[17] Comentário enviado por Bequimao.de em 17/09/2010 - 12:16h:

Tudo ficou na mesma

http://www.heise.de/ct/inhalt/2010/20/120/

A revista alemã c't (20/2010) fez uma série de testes de NoBos com o linux preinstalado. Entre eles o Acer Extensa 5635Z com o Linpus Linux 9.5 full, uma versão anterior daquela que o Jorge testou. O resumo foi: "A Acer acrescenta ao Extensa 5635Z um Linpus Linux exótico que trabalha mais ruim do que certinho e traz software desatualizado e cheio de risgos de segurança já conhecidos."

Isto era de esperar. O que me espantou mesmo foi que o sistema sem gerenciador gráfico não é um erro ou engano dos vendedores. Trata-se de um produto oficial "Linpus Linux boot only" que ainda hoje está instalada em vários modelos da própria Acer.

Um abraço
Bequimão



[18] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 17/09/2010 - 12:52h:

Realmente é uma lástima. Ainda bem que existem outras boas alternativas como comentou o Marcos, tendo conseguido bons resultados com o Jolicloud.

No caso deste meu NoBo, estou ainda com o Debian 5.0 Lenny instalado como ancora e tenho ainda na reserva o aptosid 2010-02 que substituiu o sidux e testando o Epidemic 3.2 Beta 1.
Agora que a Debian já congelou o squeeze para o lançamento da nova versão vou partir para a migração dos repositórios para finalmente atualizar o kernel para qualquer coisa acima do 2.6.30, mas devo continuar com o Debian estável como opção de distro ancora.

Abraço


[19] Comentário enviado por epaminondas2010 em 06/12/2010 - 17:28h:

Eu uso em dois notebooks Emachines E627 (by Acer) cuja configuração é:
AMD Athlon 64, 4GB de ram e 320 de HD, placa de video ATI Radeon 3200, Wi-Fi, CD/DVD, multi in one card, etc. Comprei no Paraguai e ele dizia vir com linux linpus, mas na inicialização não saiu da tela preta, por sorte uso linux há 3 anos e testei algumas distros. As que funcionaram perfeito foram Mandriva 2010, Opensuse e Ubuntu. A melhor foi a Mandriva pois além da facilidade de instalação, tudo funcionou direitinho. No ubuntu a placa de video não foi reconhecida no inicio, mas na última atualização de kernel já funcionou tbém. Abraços a todos.


[20] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 06/12/2010 - 21:02h:

Menos mal que a atual fornada de distros onde a grande maioria já vem com versões de kernel igual ou superior ao 2.6.30, muitas das dificuldades anteriores quanto a reconhecimento de itens de hardware deixou de existir.
A cada novo comentário que recebo referente ao Linpus Linux, mais decepcionado fico com este tipo de distro pseudo comercial que só contribuí com um grande deserviço ao linux e ao software livre, induzindo muitos usuários iniciantes a continuar ou ingressar na pirataria.
Isto não ocorreria caso seus computadores viessem equipados com alguma distro decente e não com um lixo do tipo do Linpus.



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade GNU/Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda.