Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · Doode · NoticiasLinux · SoftwareLivre.org · UnderLinux



» Screenshot
» Login
Login:
Senha:

Se você ainda não possui uma conta, clique aqui.

Esqueci minha senha



Artigo

SSH completo (passo a passo)
Linux user
tatototino
28/08/2006
Esse é meu primeiro artigo para o VOL, aqui explico como instalar, configurar e usar o OpenSSH, uma ótima opção para administradores de redes que querem mais segurança em seus acessos remotos.
Por: Leandro Totino Pereira
[ Hits: 196397 ]
Conceito: 9.6   10 voto(s)10 voto(s)10 voto(s)10 voto(s)10 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Introdução

O SSH não passa de um serviço parecido com telnet e ftp, a única diferença entre eles está na segurança. O SSH envia dados criptografados e dependendo da sua configuração, pode implantar autenticação de chaves, por isso ele se torna uma ótima opção em relação aos outros que enviam dados em texto puro, dificultando facilitando ataque de spoofing e snifers.

Instalação


A maioria das distribuições UNIX-Like costuma vir com SSH, mas se a sua não vier, baixe.

Slackware:

ftp://ftp.pangeia.com.br/pub/seg/pac/openssh-1.2.1pre25.tar.gz

Descompacte e execute:

# ./configure
# make
# make install


No Gentoo:

# emerge openssh

Ou no Debian:

# apt-get ou aptitude install openssh

Simples e fácil né :)

    Próxima página >>




Páginas do artigo

Outros artigos deste autor

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por cvs em 28/08/2006 - 08:02h:

Na verdade para o slackware poderia ter colocado os passos de instalação e atualização do openssh usando os .tgz da arvore oficial do slackware.


[2] Comentário enviado por solucoesnandor em 28/08/2006 - 09:10h:

Muito bom artigo. Parabéns !


[3] Comentário enviado por vmassuchetto em 28/08/2006 - 11:26h:

aí velho...

bacana o artigo, mas eu tenho uma dúvida clássica...hehe
eu gostaria de deixar meu pc ligado e poder acessá-lo quando eu estiver fora, como posso fazer isso?

meu ip não é fixo, a brasil telecom deixa ele fixo se eu pedir?
sabe onde tem um tutorial bom, ou até mesmo você pode responder isso via comentário...

valeu!
abraços
vinicius


[4] Comentário enviado por fabio em 28/08/2006 - 11:54h:

Olá wtn2die,

Use o DynDNS:
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5239

Um abraço


[5] Comentário enviado por tatototino em 28/08/2006 - 13:40h:

cvs é podia ser =D mas eu nunk gostei de usar .tgz no slackware por isso não abordei
e queria dexar muito claro que a intenção desse artigo é apenas o basico não abordei chroot e parametros de segurança no sshd_conf



[6] Comentário enviado por fmpfmp em 29/08/2006 - 12:24h:

errado...


[7] Comentário enviado por jroliv em 29/08/2006 - 15:01h:

Aconselho deixar o seviço rodando em uma porta direfente da tão conhecida porta 22 por uma questão lógica de segurança.


[8] Comentário enviado por tatototino em 29/08/2006 - 18:20h:

jroliv

certissimo o que vc falo mas como falei encima não kis alterar muito do padrão
mas vou deixar um link pra quem quer aprimorar a segurança do seu servidor ssh

http://www.cert.br/docs/whitepapers/defesa-forca-bruta-ssh/

e o chroot

http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=418


[9] Comentário enviado por cams em 31/10/2006 - 17:08h:

Tuto mto bom mesmo.....valeu


[10] Comentário enviado por digonet em 15/04/2007 - 13:13h:

teria como colocar o ssh em disquete em terminal sem hd, não uso o ltsp, e sim preciso do ssh cliente para acessar o programa no meu servidor, teria como, como seria?

obrigado amigos


[11] Comentário enviado por tatototino em 16/04/2007 - 00:14h:

acho que dá sim, você pode copiar o comando ssh e suas dependencias para o disquete e depois montar o disquete e fazer um chroot onde o disquete será montado.

use o comando ldd para ver as dependencias do comando ssh

espero ter ajudado


[12] Comentário enviado por stalin em 11/03/2008 - 11:53h:

Qdo eu digito ./configure ocorre um erro de compilação como mostra abaixo:

diogo@AZUL-4:~/Área de Trabalho/ssh-3.2.9.1$ ./configure
loading cache ./config.cache
checking distribution consistency... done
checking host system type... i686-pc-linux-gnu
checking target system type... i686-pc-linux-gnu
checking build system type... i686-pc-linux-gnu
checking cached information... ok
checking for a BSD compatible install... /usr/bin/install -c
checking whether build environment is sane... yes
checking whether make sets ${MAKE}... yes
checking for working aclocal-1.4... missing
checking for working autoconf... missing
checking for working automake-1.4... missing
checking for working autoheader... missing
checking for working makeinfo... missing
checking whether building in source directory... yes
checking using purify... no
checking for gcc... gcc
checking for gcc... gcc
checking whether the C compiler (gcc -g ) works... no
configure: error: installation or configuration problem: C compiler cannot create executables.

O que devo fazer para que não ocorra esse erro novamente.

Obrigado


[13] Comentário enviado por tatototino em 15/09/2008 - 15:06h:

checking whether the C compiler (gcc -g ) works... no


[14] Comentário enviado por Emilio Araujo em 04/05/2009 - 11:19h:

O meu deu o seguinte erro no daemon:

quando /usr/sbin/sshd -D

deu:

Could not load host key: /etc/ssh/ssh_host_rsa_key
Could not load host key: /etc/ssh/ssh_host_dsa_key
Disabling protocol version 2. Could not load host key
sshd: no hostkeys available -- exiting.

e agora doutor?


[15] Comentário enviado por Emilio Araujo em 05/05/2009 - 12:26h:

ja resolvi,

recriei as chaves usando o mesmo caminho,
ate conecto de um pc dentro da rede mas no login da acesso negado.
alguem por favor me ajude.


[16] Comentário enviado por Elton Henrique em 10/10/2009 - 21:30h:

bom tuto! xD



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.