Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · Doode · NoticiasLinux · SoftwareLivre.org · UnderLinux



» Screenshot
» Login
Login:
Senha:

Se você ainda não possui uma conta, clique aqui.

Esqueci minha senha



Artigo

Internet Explorer no Linux 100% funcional
Linux user
blackmarik
10/12/2009
Este artigo mostra como instalar o Internet Explorer no Linux, porém de uma forma diferente da que muitos conhecem, onde este fica mais ágil e com menos problemas na sua execução.
Por: Cristiano Costa
[ Hits: 65222 ]
Conceito: 9.4   8 voto(s)8 voto(s)8 voto(s)8 voto(s)8 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Prefácio

Uma das dificuldades que usuários Linux enfrentam são páginas da web que são criadas para serem lidas apenas com o navegador Internet Explorer.

Minha busca começou na minha empresa, onde temos cerca de 50 computadores rodando Ubuntu 9.10 e necessitamos acessar certos sites, como o Bradesco Pessoa Jurídica, e este utiliza plugins em ActiveX, o que torna muito difícil seu acesso com outros navegadores.

Há diversos artigos aqui no VOL que contam como instalar o software ies4linux, porém, nos dias atuais, sua instalação na forma convencional apresenta alguns problemas, como a lentidão exagerada e a o "Erro na página" ao tentar acessar certos sites.

Neste artigo abordarei como instalar o Internet Explorer usando o PlayOnLinux e configurar a versão do Wine para que a instalação do IE seja 100% funcional em comparação a sua instalação no ambiente Windows.

Instalando o PlayOnLinux

A instalação do PlayOnLinux é fácil e rápida, e com ele instalado poderá usufruí-lo para instalar outros programas que existem apenas no Windows, como alguns jogos.

1. Acesse o endereço:
O site é muito simples, apenas selecione sua distribuição e as explicações da instalação já irão aparecer.

Agora abra o PlayOnLinux com o comando:

$ playonlinux

Esta tela aparecerá:
Linux: Internet Explorer no Linux 100% funcional
Clique em "Install" (circulado em vermelho na imagem).

Após isso escolheremos o software, no caso o Internet Explorer 6:
Linux: Internet Explorer no Linux 100% funcional
Selecione e clique em "Aplicar".

Irá aparecer a tela de instalação:
Linux: Internet Explorer no Linux 100% funcional
Simplesmente clique em "Avançar" até o fim da instalação.

Nota: Caso apareça esta janela de erro, clique em "Close" e continue a instalação.
Linux: Internet Explorer no Linux 100% funcional
Para finalizar a instalação, selecione onde quer atalhos para o Internet Explorer. Concluída a instalação vem a parte mais importante, definir a versão correta do Wine:
Linux: Internet Explorer no Linux 100% funcional
Vá no menu "Tools" -> "Manage Wine versions" e esta janela aparecerá:
Linux: Internet Explorer no Linux 100% funcional
1. Selecione a versão 0.9.60.
2. Clique em adicionar e instale essa versão do Wine.
3. Vá no menu "My Applications".

Após, esta janela aparecerá:
Linux: Internet Explorer no Linux 100% funcional
1. Selecione o Internet Explorer.
2. Selecione a versão 0.9.60

Terminada a configuração, pode fechar o PlayOnLinux.

Para acessar o Internet Explorer 6, clique no atalho criado na instalação, ou pelo comando:

$ /usr/share/playonlinux/playonlinux --run "Internet Explorer 6"

Conclusão

Instalar e configurar o Internet Explorer no Linux, é bem simples, e pode te livrar (como me livrou) da instalação de uma máquina virtual com Windows.

Você pode aproveitar também o PlayOnLinux para instalar outros aplicativos e jogos quem não tem sua versão para Linux e usufruir ao máximo esse excelente sistema operacional.

Dica: Sempre veja qual a versão do Wine recomendada para os aplicativos que irá instalar pelo PlayOnLinux e configure-o para usar aquela versão, do mesmo modo que foi explicado neste artigo.

Obrigado.

Cristiano Bernardes.

   




Páginas do artigo
   1. Prefácio

Outros artigos deste autor

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por ErhnamDjinm em 10/12/2009 - 07:15h:

Vale lembrar que o Internet Explorer é gratuito quando você tem a licença do Windows.
Senão, é pirataria.


[2] Comentário enviado por magnolinux em 10/12/2009 - 07:20h:

Amigo.. internet explorer ninguem mereçe...

Alem de ser proprietario da microsoft...


[3] Comentário enviado por rafael.gumiero em 10/12/2009 - 07:25h:

Muito boa a sua Dica blackmarik, a algum tempo tive o mesmo problema com o sistema do Bradesco e estava usando o Wine.Vou começar a testar sua solução.



[4] Comentário enviado por cleysinhonv em 10/12/2009 - 07:44h:

Boa solução,

Essas "mutretas" nos ajudam sim, embora eu fique meio "bolado" em usar IE no linux, mas neste contexto que você abordou não tem como não fazer isso.

Um abraço.


[5] Comentário enviado por blackmarik em 10/12/2009 - 08:36h:

Vale lembrar que não é para usar o IE como browser principal, e sim, para usa-lo em sites que contém itens que não podem ser lidos/executados em outros navegadores, como ActiveX...

[]'s


[6] Comentário enviado por nicolo em 10/12/2009 - 08:43h:

A última dica parece mais que´útil, salvadora até: Instalar outros programas e jogos que não tem no Linux. Isto sim é útil.
Internet Explorer já há algum tempo, não faz falta nenhuma.


[7] Comentário enviado por patyfilex em 10/12/2009 - 09:07h:

Gostei do seu artigo é bem bacana é util, valeu.


[8] Comentário enviado por grandmaster em 10/12/2009 - 09:24h:

bastante útil principalmente para quem trabalha com Desenvolvimento de paginas web e que precisa testar em todos os browsers com ficam os sites.

---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br


[9] Comentário enviado por genoverley em 10/12/2009 - 10:00h:

Seu artigo é muito útil. Infelizmente ainda existem sites que são feitos previlegiando o IE.


[10] Comentário enviado por tatuiano em 10/12/2009 - 11:35h:

legal.consegui rodar o winanp sem problemas.obs.uso mandriva e instalei via console e ele automaticamente criou atalho no menu iniciar.(urpmi PlayOnLinux)e segui o tutorial,funcionou beleza.


[11] Comentário enviado por ChilesIT em 10/12/2009 - 12:50h:

Não sei se tem diferença, mas acho muito mais fácil instalar o IE Tab no Firefox.


[12] Comentário enviado por proberto17 em 10/12/2009 - 13:59h:

Na moral I.E e uma merda .... para min tem e que se boicotar ... viva o firefox ... viva a liberdade ....


[13] Comentário enviado por ricardo-mendonca em 10/12/2009 - 14:35h:

Tenho uma duvida.
no meu Ubuntu fincionou correto, só que se deixo aberto em alguma pagina, depois de um tempo o micro fica tão lento que sou obrigado e reiniciar... isto é normal ou eu fiz alguma besteira?

Fico no aguardo


[14] Comentário enviado por volcom em 10/12/2009 - 15:57h:

Extremamente lento em meus testes...infelizmente!

Ao teclar um site ou usuário e senha o somente o cursor aparece e bem lento...

Para abrir os sites também demora muito!

Uso diversas aplicações em meu Ubuntu e não tenho problema.

Espero que um dias as linguagens/sites sejam compatíveis com todos os navegadores, creio que isso aconteça com ajuda do nosso Todo Poderoso Google...

de qualquer forma a dica é muito interessante ;)

Abraço


[15] Comentário enviado por blackmarik em 10/12/2009 - 16:25h:

ricardo-mendonca: O IE é muito lento por natureza, a configuração da versão do WINE, ajuda sim, na velocidade.
Acredito que voce esteja acessando algum site que contenha muitas aplicações, tente usar o IE SOMENTE para sites que não funcionem no FF ou em outros, porque ele realmente é uma merda...

ChilesIT: Até onde eu saiba, é necessário a instalação do IE nativa para que se possa usar o IE Tab, sendo assim, não é possivel no Linux...


[16] Comentário enviado por Marcus-RJ em 10/12/2009 - 16:49h:

Putz, o IE utilizado na dica ainda é a versão 6.

O que já é ruim na sua versão pior.

IE 6 rodando com WINE? Não, obrigado!


[17] Comentário enviado por ricardo-mendonca em 10/12/2009 - 17:25h:

Muito Legal a dica... onde trabalho tenho que ficar com o Virtual Box, pois uso um sistema ERP que só funciona no Internet Explorer : ( !!!!

Mas eu tenho fé que um dia nosso sistema vai mudar, ai vai ficar show... usando somente o Linux...


[18] Comentário enviado por removido em 10/12/2009 - 18:02h:

Muito bom artigo. Mas eu ainda prefiro sentar diante do gerente e descascar a mandioca nele em vez de instalar o IE no Linux... rsrs... Ou mudar de banco, rs. Cheguei a usar uma máquina em dual, por causa do bradesco, já que o trem tem que andar na linha que fizeram pra ele.

Mas deve quebrar um galhão essa gambiarra. E salvo engano, alguém pode me esclarecer se quando alguém baixa o dito IE diretamente do site da MS, precisa ter windows instalado pra valer? parece que a tal da EULA (nunca li, tem graça, né?) diz só em referência ao software que está sendo instalado, no caso o IE. E salvo engano, essa "casadinha" rendeu nos EUA (disseram ate que seria necessario fazer duas empresas, Micro e Soft rsrs).

Bacana, está de parabéns.


[19] Comentário enviado por igorx94 em 10/12/2009 - 18:03h:

Tentei instalar o PlayonLinux no Arch atraves do tutorial do site, mas deu erro, entao vim explicar como fazer para quem esta com o mesmo problema.

# pacman -S pacman -S wine imagemagick wxpython unzip

Ir no site: http://repo.archlinux.fr/i686/playonlinux/

Baixar todos os arquivos para a mesma pasta e entrar nela.

$ cd diretorio/nome_da_pasta
$ makepkg -i

Pronto! Eu prefiro o firefox, assim como ChilesIT falou: tente o IETab (complemento para o Firefox que emula o IE). Mas nao deixa de ser um excelente artigo para instalacao de programas Windows. Eu ainda nao testei: estou instalando agora.

Para saber a versao do seu wine:

$ wine --version


[20] Comentário enviado por albfneto em 10/12/2009 - 19:32h:

é boa dica, pode ser util no contexto que o autor falou, mas não gosto de IE, não, nem no Windows...
o que eu ache imuito legal é o Play on Linux, pq pode substituir, Wine, Cedega etc....


[21] Comentário enviado por jonathasrr em 10/12/2009 - 22:06h:

@igorx94: O playonlinux tem no AUR, e IETab só funciona quando tem IE nativo no SO, ou seja, no Windows.


[22] Comentário enviado por volcom em 11/12/2009 - 15:05h:

Nem a página padrão do playonlinux abre direito...

Testei o sistema web que temos na empresa e é feito em .Net...NADA!

Até a página inicial que é super leve demora cerca de um minuto para abrir.

Quem sabe um dia...hehehe



[23] Comentário enviado por Win7User em 11/12/2009 - 19:55h:

vishi IE6 doe até a barriga hehehe é melhor ficar com firefox mesmo!!!
apesar de muitos sites bancarios dentre outros suportarem somente IE como navegador para alguns procedimentos...
Abraços


[24] Comentário enviado por renato.leite em 12/12/2009 - 09:02h:

Parabéns pelo o artigo.. otimo para quem precisa testar sites no internet explore.


[25] Comentário enviado por Teixeira em 12/12/2009 - 09:59h:

Acho que desenvolver um site que roda apenas em UM browser - seja ele qual for - é apenas mostra de incompetência, desatenção e falta de respeito para com os internautas.
E em se tratando de sites de instituições públicas ou de serviços voltados ao público, a coisa se agrava consideravelmente.

Sempre baterei na mesma tecla: Que se cumpram os padrões técnicos universais (leia-se W3C) e não os de uma única empresa em particular - seja ela qual for.

Outra coisa: IE 6.0 é uma volta ao passado, ao meu ver sem tanta utilidade assim.
Esse 6.0 já era tardigrado e meio-perneta, assim como o 5.1 ou como o 4.0 (hmm, vou parar por aqui...)
Isso porque para usar IE temos de ficar constantemente atualizando isso e aquilo, pois de outra forma seremos fatalmente importunados por mil mensagens dizendo que "está faltando" o plugin disso, daquilo e daquilo outro.
Sem contar no tal de Flash Player que evolui mais que Pokémon...
Minha opinião: Nossa preguiça - tanto física quanto mental - enquanto desenvolvedores, penaliza diretamente ao usuário. Será que isso convém?

É lamentável que se tenha de recorrer a expedientes como esse - embora engenhosos - para poder apagar incêndios causados por pessoas descompromissadas com o bem estar de toda uma comunidade de usuários.


[26] Comentário enviado por Win7User em 12/12/2009 - 11:02h:

concordo plenamente,acho que sites como estes tbm deveriam ser compativeis com outros browsers assim permitindo que todos os usuarios sejam beneficiados e possam realizar tarefas importantes sem correr risco de segurança no procedimento,Por exemplo instalar IE6 ta ai um grande problema...


[27] Comentário enviado por Win7User em 12/12/2009 - 11:03h:

acho que tbm o firefox deveria adotar o metodo Inprivate seria bem interessante ao inves de ter que apagar cookies de sessao toda vez assim prevenindo que eles se quer se instalem no pc.


[28] Comentário enviado por blackmarik em 12/12/2009 - 13:44h:

Concordo com todos, realmente tenho fé que o Firefox vai ganhar mercado forçando os desenvolvedores apoiadores do IE desistirem de apoia-lo, porem, não tenho condiçao de boicotar o IE, pois certos malditos sites, necessitam dele, e eu necessito destes sites...

[]'s


[29] Comentário enviado por Win7User em 12/12/2009 - 16:43h:

ahhahah caramba que revolta é essa pessoal,easy boyz ^^
abraços


[30] Comentário enviado por Teixeira em 14/12/2009 - 08:53h:

Quanto aos cookies, alguns são realmente necessários quando o seu intuito é de apenas melhorar a performance da conexão. Outros são perfeitamente dispensáveis, e outros ainda servem a finalidades escusas.
E ainda tem aquele outro tipo, do Oráculo da Matrix, que mais parecem uma cavacas... (Os biscoitinhos do Oráculo ninguém merece...)
Aliás, quem é que já viu ALGUÉM comendo aqueles biscoitos?...


[31] Comentário enviado por removido em 14/12/2009 - 21:39h:

Sou totalmente contra essa "Janelização" do GNU/Linux, ainda mais para usar IE. Softwares com Wine só trazem a sensação de que o Windows é indispensável, quando na verdade não o é. Se temos que usá-lo para acessar páginas que não aceitam outros browser que seja através de um pc com o windows, mas fazer tudo para deixar o Linux com cara de windows, me faz pensar que o mundo Linux vai ser sempre um coadjuvante, nunca vai galgar estatos de OS principal.


[32] Comentário enviado por Win7User em 14/12/2009 - 22:41h:

Bem quanto aos Cookies que tal um Spoofie?hehehe
quanto a função deles melhorarem a performance da conexao windows 7 tem um recurso novo na stack TCPIP chamado :
Direct Cache Access

netsh interface tcp set global dca=enabled
ai sim vc vai ver um boost hehe
nao tenho intenção de salvar minhas informaçoes no pc por isso nao usso cookies por mais beneficos que algun parecam ser ^^

Wine é muito ruim é o proprio Ruim do Ruindows hehe
Inprivate browsing nao tem só a função de nao salvar cookies mas como tbm nao fornecer informações importantes de uma sessao ou navegação...
Smart Filter só pesquisar para ver quantos milhoes de infecçoes impediu e queira ou nao queira a Firefox uma hora vai ter que implementar estes recursos para competir,só phishing nao esta sendo suficiente para a realidade de hj,ah é claro criar com um nomezinho diferente ^^
Abraços


[33] Comentário enviado por removido em 16/12/2009 - 08:54h:

O uso Opera talvez resolva seu problema, ele é freeware e tem versão nativa para linux. Ha alguns sites em que o firerfox não aparece todo o conteúdo, não reproduz rádios on-line, com o Opera resolvi meus problemas. Não custa nada tentar ;)


[34] Comentário enviado por Teixeira em 16/12/2009 - 09:19h:

Pois é. Tem uma importante indústria de cosméticos cujo site trabalha com vários formulários que somente funcionam no Internet Explorer e mais nenhum.
Ou seja, os milhares de usuários que usem Firefox, Iceweasel, Konqueror, Dillo, Opera, Crazy Browser ou aqueles browsers usados em lanhouses deverão ficar de fora...
Outra coisa: O dimensionamento dos tais formulários fica esquisito, um formulário não é totalmente exibido, nada adiantando mexer no zoom ou mesmo na resolução de vídeo.
Parece até que eles fabricam os tais cosméticos em Redmond...

A proposito do que o colega comentou sobre radios on line, já passei por uma distro (não me lembro qual) onde radio por streaming funcionava. Em outras não. Como eu não me ligo muito em radio, não dei importância ao fato.


[35] Comentário enviado por Teixeira em 16/12/2009 - 09:37h:

Cookies: Que ninguém se engane, todos eles se instalam, independendo da vontade do usuário.
O que os browsers fazem a respeito, é apagá-los automaticamente (ou ainda a pedido do usuário) no término da seção. Existem também dispositivos acessórios ao sistema operacional que fazem esse apagamento posteriormente, assim como programas avulsos especiais para fazê-lo.
Existem basicamente dois tipos de cookies, sendo um provisõrio e outro duradouro.
O provisório se chama "cookie de sessão" e dura apenas enquanto durar a sessão.
O duradouro se chama "cookie persistente" e poderá ficar gravado definitivamente ou até uma determinada data, horáio ou intervalo de tempo, por exemplo. E poderá implementar um contador e outras cositas mais...
Cookies fazem parte integrante de qualquer documento que trafegue pela internet - mesmo que não haja um cookie, existe o seu objeto.


[36] Comentário enviado por Win7User em 16/12/2009 - 12:53h:

Verdade Teixeira estou ciente disto!
sem puxar o saco mas ja puxando hehehe deem uma olha nisto:

http://blogs.msdn.com/ie/archive/2009/03/25/ie8-security-part-ix-anti-malware-protection-with-ie8-s-...

detalhe esta é a parte quatro mas vale a pena ler as anteriores...

agora sobre o inprivate browsing deem uma olhada tbm para ver como funciona para os que nao conhecem ainda:

http://blogs.msdn.com/ie/archive/2008/08/25/ie8-and-privacy.aspx

enfim sao recursos importantes aos quais o firefox poderia "facilmente" implementar assim deixando mais atual e para linux users mais seguros ainda....
abraços


[37] Comentário enviado por edgaroliveirace em 16/12/2009 - 13:15h:

Ola meu amigo blackmarik, gostaria de saber se tem como eu instalar o java, pois ja q tentei varias vezes e nao tive nenhum exito!


[38] Comentário enviado por Teixeira em 16/12/2009 - 22:13h:

Não sei como esse Inprivate realmente funciona.
Se ele negar os cookies de maneira absoluta, então não poderemos acessar sites como o da Receita federal ou qualquer outro onde precisamos usar formulários ou fazer logins, ou fazer treinamento baseado na web, por exemplo.
E se ele os aceita, então nada acrescenta da forma como é anunciada.
Pode ser que haja algum toque de genialidade na questão, que a minha limitada compreensão ainda não tenha alcançado.
Pelo que tenho visto, ele - como todos os outros - guarda algumas informações em cookies persistentes, que permitem que eu tecle a letra "T" e aqui no VOL ser reconhecido como "Teixeira", ser reconhecido no Orkut pela primeira letra de meu email, e outros fenômenos semelhantes.
Permite que eu tenha acesso àqueles sites sobre os quais comentei acima. Ainda bem.
O que ele deve realmente fazer é usar algum algoritmo inteligente para determinar quais os cookies mais relevantes e preservá-los, apagando os demais, bem como procurando algum código que facilite conexões não autorizadas, por exemplo.
Sendo isso, muito bem.


[39] Comentário enviado por Win7User em 16/12/2009 - 22:31h:

veja uma belo exemplo e um belo feature que deixam os usuarios do IE 8 mais seguros :

http://img192.imageshack.us/img192/8050/crosssitescripting.jpg

sei que muitos vao dizer ahh mais foi encontrada uma vulnerabilidade neste feature(ja foi corrigido diga-se de passagem)
entao veja a imagem do sistema de proteção em ação!
Abraços


[40] Comentário enviado por Teixeira em 17/12/2009 - 10:39h:

Esse mesmo efeito se consegue facilmente em Javascript e apenas nas páginas onde realmente se faz necessário.
Trata-se de uma imagem .JPG de 134kb e que tem um código inserido (que não faz parte dos dados da imagem), o qual não tive tempo de analisar.
Sua função em um browser, a meu ver, atrapalha mais do que realmente ajuda. Além do que, e se em lugar do código inserido vier um código malicioso executável?
Por enquanto nós os linuxistas estaremos isentos desse mal, porém nós mesmos quando usuários de Windows estaremos expostos da mesma maneira que antes.
Antes que veja a situação mais a fundo, ainda não me convenci de sua real eficácia, parecendo-me ser coisa de ordem meramente cosmética.
Isso não seria novidade nenhuma, afinal de contas.
Além do que, existem outras formas de burlar com facilidade esse tipo de segurança.
Na verdade, existe jeito para tudo.


[41] Comentário enviado por Pinguim Gigante em 17/12/2009 - 13:38h:

Muito bom o artigo. Parabéns


[42] Comentário enviado por renerica em 17/12/2009 - 15:02h:

olá kra amigo,estou precisando instalar o plungin jre exlporer no linux,por favor tem como vc explicar aguardo ....


[43] Comentário enviado por cesar em 17/12/2009 - 15:48h:

Muito boa a dica, mas realmente o Internet Explorer 6 é muito antigo, este procedimento também é funcional para instalar o Internet Explorer 8?

[]'s


[44] Comentário enviado por Win7User em 17/12/2009 - 16:08h:

Olá teixeira,
eu to ligado quanto a imagem jpg mas gostaria de passar uns links interessantes que explicam o XSS ou carinhosamente chamado CSS para formatar estilos e etc(velha epoca de web designer hehe)...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cross-site_scripting
http://www.houbysoft.com/papers/xss.php

espero que seje esclarecedor embora seja bem compacto o conteudo,quanto a Linux users nao sei ate quanto isto pode afetar o sistema mas quando me refiro tbm a firefox, eu digo no caso para windows users que usam firefox como navegador principal..
abraços


[45] Comentário enviado por L!N5X em 20/12/2009 - 12:15h:

Olá a todos,

Venho aqui somente esclarecer algo que talvez muitos desconhece caso nunca tenham utilizado de alguma gambiarra para o IE. Ressalvo também que a dica do colaborador e de extrema importância não querendo que com este comentário o mesmo ou alguém que venha utilizar da dica não comece uma discursão "infinita".

O que o PlayonLinux faz é somente rodar um script para o wine em modo gráfico facilitando o trabalho de quem utiliza a ferramenta, já que ele se encarrega de fazer todo o processo pré-selecionado.
Então podem ocorrer os mesmo erros que ocorrem em uma instalação convencional fazendo com que não seja 100% funcional.


[46] Comentário enviado por renato_pacheco em 14/01/2011 - 11:10h:

Ainda eu prefiro a máquina virtual. O VirtualBox é um excelente virtualizador doméstico, muito leve e prático. Chega d gambiarras!

Obs.: eu sei q o artigo é antigo e só agora eu resolvi comentar, mas não resisti! :p


[47] Comentário enviado por leonidasfilho em 19/11/2012 - 10:49h:

bem didático o post, abc, vlw


[48] Comentário enviado por andremoraisce em 21/10/2013 - 12:30h:

Ótima dica. Já usava o IE6 no trabalho pelo playonlinux e é muito necessário para quem desenvolve para a web.

Maquina virtual é ótimo, mas melhor ainda é rodar com wine, playonlinux ou alguma dessas ferramentas compatibilidade....
Pessoal, precisamos parar de orgulho, tem muitos programas ótimos do windows que faltam no linux... como seria ótimo se o projeto wine chegasse ao ponto em que os usuários do linux podesse dizer "programa do windows ou do linux, tanto faz".
O Linux como um todo só tem a ganhar quanto mais ele se aproximar de um sistema "universal" sem, claro, esquecer as origens e a estrutura.
Já imaginou poder oferecer o linux para um amigo e quando ele perguntar "mas o linux roda tal programa" você poder dizer "roda normalmente".

E máquina virtual sempre é máquina virtual. Um sistema rodando dentro de outro: o projeto wine é muito melhor quando se trata da sensação.

Ainda bem que seus desenvolvedores não dão ouvidos para muitos orgulhosos que tem na comunidade linux, e que só fazem impedir um potencial muito interessante desse ótimo sistema.



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.