Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · SoftwareLivre.org · UnderLinux

Linux banner
Linux banner
Linux banner
Linux banner


» Screenshot
Linux: Gnome 2
Por pinduvoz


Artigo

23 distribuições Linux brasileiras
Linux user
robertlucas
25/02/2008
Aqui no Brasil pouquíssimas tiveram seu reconhecimento, onde podemos citar 2 que realmente ficarão e estão na memória de quem acompanha o crescimento do Linux, que foram a Conectiva (hoje Mandriva) e o Kurumin. Neste artigo introduzo outras que valem a pena citação.
Por: Robert Lucas | Blog: http://informando.wordpress.com
[ Hits: 439665 ]
Conceito: 9.8   15 voto(s)15 voto(s)15 voto(s)15 voto(s)15 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Distribuições de ' A ' à ' K '

Big Linux



O Big Linux é uma solução completa em informática com foco principal no uso em Desktops, unindo praticidade, segurança, estabilidade e beleza.

Com a versão 3.0 foi atingido um novo patamar em qualidade e usabilidade, tornando muito simples o uso do sistema por pessoas que nunca utilizaram um sistema Linux ou mesmo que estão iniciando o contato com computadores.

Site: http://www.biglinux.com.br/html/

Dizinha



A Dizinha Linux é uma das primeiras distribuições Linux baseadas no Kurumin Linux. Criada por "Lame_Duck", esta distribuição tem como atrativo a possibilidade de rodar em máquinas antigas, com processadores como Pentium 100 e até 16 MB de RAM. Possui gerenciadores de janelas simples, e aplicativos leves para os usuários que possuem PCs sem muito poder de processamento. Utilizando ferramentas do próprio Debian, a Dizinha Linux é de tão fácil utilização quanto outras distribuições baseadas em Debian.

Site: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dizinha_Linux

DreamLinux



DreamLinux é um moderno sistema Linux que pode ser executado diretamente a partir do CD e opcionalmente ser facilmente instalado no seu HD.

DreamLinux vem com uma seleção dos melhores aplicativos desenhados para satisfazer grande parte das suas necessidades diárias.

DreamLinux é baseado no Debian e Morphix, o que significa que leva vantagens das suas melhores características e acrescenta suas próprias ferramentas de desenvolvimento.

Sendo um sistema modular DreamLinux permite-lhe adicionar novos módulos compreendendo suas aplicações preferenciais e construir uma nova Distro que atendam às suas necessidades, através de sua revolucionária ferramenta MKDistro.

Site: http://www.dreamlinux.com.br

Dual O/S



Dual O/S é um sistema operacional completo e amigável. Feito para ser instalado em equipamentos novos, ou antigos que necessitem de atualização ou estejam sem licença de sistema operacional. Em caso de dúvida basta acionar o suporte técnico, de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, por e-mail, MSN ou telefone e resolver na hora a sua dúvida. O Dual O/S é acompanhado ainda da Dual Training Alive (DTA), ferramenta que permite visualizar e executar de forma simples e tutoriada qualquer passo necessário para o uso do sistema e de suas aplicações. Além disso, todos os softwares são atualizados automaticamente por 12 meses, garantindo a segurança e o melhor funcionamento do seu PC.

Site: http://www.dual-softwares.com/dual_os.htm

Ekaaty



O projeto Ekaaty é um sistema operacional livre, seguro e amigável baseado no Linux. O Projeto Ekaaty enfoca o uso em desktops, provendo uma versão mais leve do sistema, que consome menos espaço em disco e menos recursos da máquina.

Ele é lançado sob a GPL, ou "General Public License", que o classifica sob a categoria de Software de Código Aberto (OSS), melhor conhecido como Software Livre. Dessa maneira os usuários podem ter liberdade de modificar e redistribuir o software com seu código-fonte e uma cópia da licença, possibilitando a uma comunidade internacional de desenvolvedores a oportunidade de melhorar e inovar o sistema operacional.

O Ekaaty é um atrativo para estudantes, pequenas empresas e entusiastas de Linux. Ele vem com o KDE, a mais completa e estável plataforma desktop para Unix, com o Projeto BrOffice.Org, que é uma das mais completas suítes multiplataforma para escritório e que suporta os formatos do Microsoft Office e o OpenDocument e com a suíte groupware Kontact, que apresenta assistentes para filtros antivírus e anti-spam..

Site: http://www.ekaaty.com.br/wiki/

Famelix



Famelix GNU/Linux é uma distribuição criada com a finalidade de oferecer um ambiente similar ao Windows XP ("Linux com cara de XP"), de tal maneira que facilite a migração de usuários do sistema operacional proprietário a um sistema livre, e que se possa aproveitar os conhecimentos já adquiridos pelos usuários.

As versões até a 2.0 utilizam elementos presentes em outras distribuições como Debian, Knoppix e Kurumin.

Já a versão 2.1, utiliza em seu todo apenas a base do Sistema Operacional Debian GNU/Linux. Uma novidade implementada pelo GDU, com sistemas de pacotes do Famelix, onde será possível atualizar sua distribuição sem a necessidade de reinstalar todo o sistema a cada lançamento de novas versões.

Site: http://www.famelix.com.br/

Fenix



Sistema baseado na plataforma debian testing com interface KDE 3.5.5, Amsn 0.96, Beryl AIXGL, OpenOffice 2.1, Firefox, Thunderbird, + 26 softwares do projeto computador para todos do Governo Federal.

O novo FeniX é o que podemos chamar de Revolucionário, pois com seu sistema inteligente de detecção de hardware, ao detectar aceleração em placas de vídeo (mesmo onboard) o Beryl AIXGL é ativado automaticamente, transformando seu sistema numa máquina em 3D com telas que ao fecharem pegão fogo e muito mais.

Somos hoje o único Linux no mundo que suporta a utilização de controles remoto para placa de TV do modelo MSI TV@nywhere Plus, e também o Linux que possui a maior quantidade de hardwares homologados do planeta, incluindo as impressoras Canon IP 1200 e 1300.

Site: http://www.sistemafenix.com.br/

Goblinx



GoblinX completo possa ser executado sem instalação no é uma distribuição Linux baseada em Slackware Linux. É um live CD, propiciando que um sistema operacional rode sem disco rígido. Segundo o seu website, ela é voltada para o usuário interessado em utilitários e aplicativos de grande qualidade, bem como para aquele que se interessa em um ambiente de trabalho o mais belo e prático quanto possível.

Site: http://www.goblinx.com.br/

Gobolinux



GoboLinux é uma distribuição alternativa, que redefine toda a hierarquia do sistema de arquivos. O principal enfoque desta hierarquia alternativa é armazenar todos os arquivos pertencentes a uma aplicação em sua própria árvore de diretórios com caminhos como /Programs/GCC/2.95.3/lib. Para possibilitar que o sistema encontre esses arquivos, eles são agrupados de forma sistemática em diretórios como System/Links/Executables, que contém os links para todos os arquivos executáveis dentro da hierarquia dos programas.

Este modelo contrasta com a estrutura tradicional dos sistemas Unix, que contém caminhos como /usr e /etc, mas existem links para garantir a compatibilidade do sistema com a estrutura tradicional.

Site: http://gobolinux.org/

Kalango



Kalango é uma distribuição GNU/Linux nacional baseada no Debian desenvolvida por voluntários. O Kalango é um Live-CD, ou seja, o sistema roda inteiramente do CD sem necessidade de instalação, apesar disso pode perfeitamente ser instalado no HD, como qualquer distribuição tradicional.

O sistema conta com um grande acervo de programas para atender as necessidades dos desktops de qualquer meio, seja ele residencial, corporativo ou governamental.

Ao dar boot com o CD, ele reconhece automaticamente todo o hardware do computador e o configura automaticamente, não importa qual a configuração, se os componentes forem compatíveis com o GNU/Linux o sistema o reconhecerá e se encarregará de deixá-lo funcionando sem exatamente nenhuma intervenção do usuário. Além disso caso esteja conectado em uma rede com um servidor DHCP, após o carregamento do sistema já poderá navegar na internet sem nenhuma configuração adicional.

O foco é sempre a facilidade de uso, para isso simplificamos ao máximo a distribuição de modo que um usuário inexperiente possa realizar tarefas do dia-a-dia como: navegar na internet, receber e-mail, bater papo, escutar músicas, ver vídeos e muito mais. Os programas são fáceis de achar devido a organização e padronização dos menus.

O ambiente padrão é o KDE (K Desktop Environment), que é um completo desktop, acompanha um painel de controle com muitas opções de personalização e configuração, apelo visual e um conjunto de programas que juntos formam uma solução completa para os desktops em geral.

Site: http://kalangolinux.org/site/

Kurumin



O Kurumin é a distribuição Linux desenvolvida pela equipe do Guia do Hardware e colaboradores, que se tornou rapidamente uma das distribuições Linux mais usadas no país. Todos os componentes do sistema são abertos, permitindo que além de usar, você possa redistribuí-lo, ver e modificar os scripts de configuração e desenvolver versões modificadas do sistema.

Site: http://www.guiadohardware.net/gdhpress/kurumin/

    Próxima página >>




Páginas do artigo
   1. Distribuições de ' A ' à ' K '
   2. Distribuições de ' L ' à ' Z '

Outros artigos deste autor

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por juliaojunior em 25/02/2008 - 16:32h:

Gostei. Simples, mas gostei.


[2] Comentário enviado por kalib em 25/02/2008 - 16:39h:

Show de bola cara...
O Brasil realmente tem bom conteúdo neste sentido...o Brasil por sinal está muito bem no quesito usuários de Software Livre se comparado a outros países...
O que apenas acho triste é que existam tantos esforços dispersos..o que resulta em termos hoje centenas de distribuições...algumas muito parecidas mudando apenas um menu ou uma funcionalidade..
Claro..é sempre bom termos opções com sistemas diferentes como debian, fedora, slack, ubuntu... Mas...ter centenas..já é muito exagerado...e acho que isso infelizmente as vezes dificulta para o usuário iniciante...

Parabéns pelo artigo cara...show de bola e apresenta as opções brazucas ;]


[3] Comentário enviado por mateusbarsotti em 25/02/2008 - 16:39h:

E o Insigne? Além de minha máquina com placa de tv funcionar o controle remoto e minha Cannon IP1300 funcionar perfeitamente, os usuários ainda ganham um curso grátis para utilização do sistema.
Isso que é inclusão digital.

http://www.linuxnewmedia.com.br/lm/noticia/insigne_oferece_inclusao_digital/

Valeu

Mateus


[4] Comentário enviado por Grobsch em 25/02/2008 - 16:51h:

Interessante, algumas poderiam ter uma citação maior. Algumas nunca ouvi falar e discordo da Mandriva que considero ser francesa, afinal a Conectiva foi vendida.
O GoblinX utiliza o sistema modular do Linuxlive.


[5] Comentário enviado por vick em 25/02/2008 - 17:22h:

Pow..gostei..
maneiro mesmo...


[6] Comentário enviado por izavos em 25/02/2008 - 17:33h:

Bom trabalho !
Sem aquela historia desta ou outra ser melhor.
O melhor e aquilo que voce gosta de usar.
Essa e o gande feito do Soft. Livre "conhecimento para todos e tudo se adpta a todos".
At +


[7] Comentário enviado por versurix em 25/02/2008 - 17:53h:

Adicione o Epidemic Linux na lista, um SO super estável e com design primordial.
www.epidemiclinux.org

Abraços
Versuri


[8] Comentário enviado por cruzeirense em 25/02/2008 - 19:09h:

Parabens! Ótimo artigo. Melhor forma de divulgar linux sem ficar atacando outros sistemas...


[9] Comentário enviado por removido em 25/02/2008 - 20:01h:

não sou muito fã das distros nacionais,
mais gostei do seu artigo........


[10] Comentário enviado por lino_35 em 25/02/2008 - 20:16h:

Amigo, muito bom! Esse é o caminho dividir a informação.

Parabéns e sucesso.


[11] Comentário enviado por kaizers2li em 25/02/2008 - 20:26h:

è mesmo.. o insigne demais criticado foi pra mais elogiado, a "revolução" do 4.0 pro 5.0 foi animal.... Bom artigo! Muita distro eu nem conhecia, rsss


[12] Comentário enviado por f_Candido em 25/02/2008 - 21:11h:

Caramba, nunca imaginei tanto Linux Tupiniquim.

Parabéns,

Abraços


[13] Comentário enviado por removido em 25/02/2008 - 21:36h:

Obrigado Robert, simplesmente nota 10!!!


[14] Comentário enviado por fulllinux em 25/02/2008 - 21:44h:

Broder ótimo artigo!

Gostei muito mesmo...isso mostra a força que o Brasil dispõem quando o assunto é software livre...também mostra que nenhum esforço é em vão quanto a arte de desenvolvimento livre, o tal do "Open Source"...pois se tem tantos OS livres assim é porque tem quem os use...

Agora uma resalva, porque não juntar essa força para um embasar um só "OS" logicamente que todos poderiam continuar com seus projetos paralelos, mas isso com certeza iria alavancar muito mais o nosso GNU/Linux, se juntasemos essa força!

Kara, gostei mesmo de seu artigo, quero dizer, de mais um artigo seu, como o Soyuz citou 10.

Parabens.


[15] Comentário enviado por removido em 25/02/2008 - 21:46h:

Só mais uma coisa ( uma pequena observação ): você se esqueçeu do Debian BR-CDD:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Debian-BR-CDD

http://cdd.debian-br.org/

Mas é uma pena o site estar em manutenção, mas é isso aí, talvez eles venham com uma distribuição arrebentando por aí...


[16] Comentário enviado por robertlucas em 25/02/2008 - 22:38h:

Fala Galera!!!

Muito obrigado pelas opiniões de todos vocês... Pra mim conta muito... ;]

Bem, no Brasil temos ainda algumas mais distribuições que não citei neste artigo por estarem com seus websites oficiais fora do ar...

Mas podemos citar aqui...

Insigne
Debian-BR-CDD
Epidemic
Definity
TechLinux
Metasys

e tem algumas outras mais...
Devemos ter ai algo em torno de 40 distribuições Tupiniquins...

É muuuuuuita coisa pra um individuo só... hehehe
Mas vamos citando aqui que uma hora conseguimos catalogar todas...

Abraços galera!!!!


[17] Comentário enviado por rgmmelo em 25/02/2008 - 22:49h:

cara, legal o seu artigo. A quase 3 anos eu comecei no mundo linux e comecei com o Fenix. muito legal essa distro, ainda tem uma mania de grandeza igual a nós, pernambucanos, mas é muito boa! Está de parabéns.....


[18] Comentário enviado por isaque_alves em 26/02/2008 - 00:06h:

Tem uma outra, destinada a uso em telecentros...
Sacix := http://www.sacix.org.br/


[19] Comentário enviado por albertguedes em 26/02/2008 - 00:54h:

Rapaiz, que garimpada ! PArabéns pelo artigo.
Eu sabia que existiam mais distros nacionais, mas uma tabela assim é a primeira vez que vejo.
Gostei muito.


[20] Comentário enviado por nando_1413 em 26/02/2008 - 08:13h:

Legal este artigo, mas faltou uma distro que também é muito completa, o Insigne, que embarca computadores do Projeto Computador para todos, ele também faz toda a detecção de hardware, periféricos, placa de tv, tudo automaticamente, além de uma gama de aplicativos muito bons, e os caras ainda dão suporte para os usuários..

ABraços a todos

Nando_1413


[21] Comentário enviado por eduardo em 26/02/2008 - 08:22h:

Nota 20 pra você, muito bom o artigo. Simples, prático e eficiente.

abrçs


[22] Comentário enviado por robertlucas em 26/02/2008 - 08:27h:

Isaque (Aluno)

Cara, essa SACIX eu ainda não conhecia, mas obrigado pela dica. Vou dar uma garimpada nela depois...

Valeu...

Obrigados a todos pelos comentários... ;]


[23] Comentário enviado por ro.cardoso em 26/02/2008 - 09:35h:

?comentario=usuária Insigne

Tenho em meu pc o sistema Insigne Momentum 5.0, que no começo tive um pouco de dificuldade (por ser leiga), mas as dificuldades foram todas sanadas com o suporte técnico, que aliás são pessoas muito atenciosas e super qualificadas, hoje tudo é tranquilo, os periféricos foram instalados automaticamente - sem ajuda. Muito prático.
Você bem que poderia colocá-lo na sua lista.


[24] Comentário enviado por josef em 26/02/2008 - 10:48h:

Robertlucas, belo trabalho, muito bem explicado e de forma rápida...este seu trabalho vou utilizar para mostrar aos amigos as distros, o que muitas vezes acontece é que um novo usuário não consegue entender o que significa as distros e o proque de tantas...

Legal mesmo...hoje utilizo o Kurumin 7...e o BIGLINUX 4 beta que por sinal tá matando a paul...nota 1000


Valeu


[25] Comentário enviado por O Kara em 26/02/2008 - 11:07h:

Valeu Robert

Realmente, eu ñ fazia a menor ideia q tinha tantas distros nossas.... isso mostra q o brasileiro é inteligente, criativo e trabalhador.... é isso ahí, gostei

Muito bom


[26] Comentário enviado por Teixeira em 26/02/2008 - 12:02h:

Muito bom o seu trabalho.

É claro que alguma coisa teria que ficar de fora do artigo, porque tem muita gente com uns "linuxes" com tempero extremamente caseiro...

Quanto ao Mandriva, consta como sendo uma distribuição fancesa - Mandrake - que "fez um gesto hipnótico" (no bom sentido) e conseguiu prevalecer sobre o excelente projeto brasileiro da Conectiva.

Também concordo com o Kalib no sentido em que a coisa anda muito dispersa.
Veja-se por exemplo o monte de projetos derivados - nem digo do Debian - mas do Kurumin! Não poderiam estar esses projetos anexados ao próprio Kurumin? Esses projetos assim de forma fragmentada são difíceis de manter. Sendo um projeto só, teoricamente, haveria mais gente disponível para atacar os problemas comuns.

É claro que em casa vamos colocar o NOSSO tempero, vamos mudar uma coisinha aqui, outra ali.

Parabéns!


[27] Comentário enviado por rikatz em 26/02/2008 - 21:57h:

Deixar o meu pitaco entao ;P

Vi muitas (se não todas) as distros voltadas exclusivamente para Desktop. No entanto, a distro mais importante que eu considero hoje em dia, é o BrazilFw (www.brazilfw.com.br).

Derivado do antigo Coyote Linux, a sua principal intenção é transformar máquinas antigas (486 em diante), em roteadores e Firewalls (com interface de controle WEB), apenas com o uso de um disquete, e caso queira instalar módulos adicionais, um HD (nada muito grande, no máximo 1Gb, caso queira rodar Cache também).

Vale dar uma conferida, projeto muito bem desenvolvido ;P



[28] Comentário enviado por aline.abreu em 26/02/2008 - 22:21h:

Bom, o pessoal já comentou, mas vou falar também, acho que faltou o Insigne...
Você comentou que o site deles está fora do ar, mas eu consegui acessar normalmente.
O site é esse: http://www.insignesoftware.com/default.php
Nesse link tem algumas screen legais da versão 5.0 que está show de bola!
http://www.insignesoftware.com/recursos/screen.php

Aline


[29] Comentário enviado por fedorafloripa em 26/02/2008 - 22:34h:

É meu amigo este sistema cresce cada dia mais. A única coisa que acho sem graça nisso tudo é o fato de algumas distribuições ficarem com visual semelhante aos sistemas microsoft. Acho que não precisamos disso. Somos únicos.


Abraço a todos


[30] Comentário enviado por robertlucas em 26/02/2008 - 22:35h:

rikatz

Cara, lógico, como pude não lembrar do Coyote, ou melhor BrazilFW... Eu usava o Coyote em casa, tinha um firewall de testes aqui com ele, era um Packard Bell, Pentium 133, 40mb de ram, HD de 2 gb... Era legal o bichinho... Eu acho que conheci ele foi depois de ler algo aqui no VOL, a alguns anos atrás...

Mais 2 a serem lembradas aqui então...

Coyote Linux
BrazilFW

E tem maisssss... Vamos descobrir quais são... =]


[31] Comentário enviado por robertlucas em 26/02/2008 - 22:47h:

aline.abreu

Sim, desculpas por não ter colocado o Insigne na lista...
Foi um quase esquecimento...
Eu cheguei a entrar no site deles (não estava fora do ar), só não lembro o porque diabos eu não peguei informações dele... =/
Eu já testei o Insigne em alguns computadores que passaram por minha mão e realmente é um sistema bem legal... Principalmente para quem esta iniciando, bem fácil de lidar e com muitas facilidades de configurações, lembro até mesmo de ter contatado o Suporte dele e fui bem atendido, não tinha dúvidas não, era só pra saber se eles saberiam resolver um probleminha (que 2 suportes de distribuições não me deram respostas e olha que estou esperando a mais de 4 meses... e não, eu não fico fazendo hora com o Suporte, só fico curioso em saber se eles estão ou não capacitados a sanarem as dúvidas que seus clientes tem, afinal, pagam por aquilo). Mais um ponto positivo pro Insigne, o seu suporte...
Otimo trabalho vem fazendo o Insigne...

É isso né...
Acho que deu pra me redimir da falha... =]

Abraços a todos... ;]


[32] Comentário enviado por igorcemim em 26/02/2008 - 23:06h:

Não sei vcs mas a distribuição que eu acho mais maneira é o Gobolinux, até
ja assisti uma palestra sobre ele (porem na é poca eu era MUITO leigo e não entendi quase nada :p).

Abraços


[33] Comentário enviado por PCMasterPB em 27/02/2008 - 08:47h:

Massa o artigo, reuniu várias distros, algumas nem tinha ouvido falar, vai ser bom para quem quer conhecer novas distros. ;D


[34] Comentário enviado por maran em 01/03/2008 - 22:46h:

Cara muito show o artigo.
Mas eu concordo com Kalib, se todos esses brasucas se unissem para fazr apenas uma ou duas distros, ia se muito mais massa...

Mais é isso aee...

Muito bom o artigo...


[35] Comentário enviado por douglascrp em 02/03/2008 - 14:57h:

Muito legal o artigo.
Coloquei uma referência dele no meu blog.

http://douglascrp.blogspot.com

falou


[36] Comentário enviado por cassimirinho em 06/03/2008 - 16:44h:

Parabéns.


[37] Comentário enviado por cvv em 29/05/2008 - 16:03h:

E o pQui???

http://site.pquilinux.org/

--

Excelente artigo, parabéns!


[38] Comentário enviado por albfneto em 05/06/2008 - 12:33h:

legal, ótima revisão de distros brasileiras, testei várias delas tb! parabéns!
Cito Epidemic Linux, o Resulinux, O Poseidon, O Muriqui, O Satux, O Librix (ITAUTEC), o Litrix e o Tutoo (UNICAMP). Esssa três últimas dão Gentoos!
Insigne (financiamnto CNPq), tb testei, distro bonita e rápida, porém seu instalador e perigoso. Aparentemente todas as opções são formatadoras, qualquer descuido, e lá vão embora suas partições!


[39] Comentário enviado por albfneto em 09/06/2008 - 11:19h:

A partir do Tutoo Linux, a Unicamp desenvolveu o Litrix.
O Tutoo é um bom Linux. rápido, leve, customizável e poderoso, em suas ultimas versões,
que são posteriores ao litrix, é diferente deste
è fácil de trabalhar,mais que o Sabayon, mas é mais poderosa e profissional do que o Litrix.
Recomendo aos, que como eu, gostam de Gentoos.
Também estou re-testando a versão nova do GoboLinux.
Quanto ao Mandriva, é uma distro Francesa realmente, não é brasileira. ele compraram a Conectiva. O Mandriva é o sucessor do Mandrake, mas tem muito mais do Mandrake do que do Conectiva.
Mandrake, se me lembro, é baseado no Red Hat. O Conectiva, não me lembro, não cheguei a usar.
Linuxes muito antigos, usei um pouco o Debian antigo, mas a uns dez anos, os Linux eram outra coisa, muito menos aperfeiçoados!
Alguém citou o Coyote.
O Coyote é norte-americano, não brasileiro, e é voltado mais pra servidores do que para micros pessoais.
A idéia do Libertas é interessante, pq. metapacotes completos facilitam muito, e os do Libertas, rodam em outras distros Debian, como o Ubuntu.


[40] Comentário enviado por removido em 22/10/2008 - 15:34h:

Legal, mas prefiro o meu fiel FEDORA!

Otimo artigo parabens!

flw


[41] Comentário enviado por M4conheiRoX em 28/10/2008 - 12:09h:

muito bom mesmo
=D
ftz


[42] Comentário enviado por Scoober em 11/11/2008 - 09:18h:

Apenas para atualizar... o Coyote era norte-americano, mas o projeto foi abandonado pelo seu criador e adotado por brasileiros, e hoje se chama BrazilFirewall. Como servidor de internet é simples e fácil de configurar, não exigindo um grande poder de processamento, além de ser extremamente estável (utilizo ele em 2 máquinas aqui na empresa - uma na matriz e uma na filial).

A partir da versão 2.31.10 não aceitará mais rodar a partir de disquete, sendo necessária a instalação em hd.

[]s


[43] Comentário enviado por willcarlosnx em 12/01/2009 - 18:00h:

qual destas distribuições é menos leve pra rodar nu servidor de telecentro?
quem me ajuda meu email willcarlosnx@gmail.com ou msn willcarlos_nx@hotmail.com
e urgente


[44] Comentário enviado por wesfonseca em 26/02/2009 - 00:06h:

cara,muito bom não sabia q haviam tantas distros brasileiras,show de bola e viva o linux!


[45] Comentário enviado por fernandgoncalves em 13/03/2009 - 23:55h:

Paz e Bem, Comunidade.

Acessa Livre é uma solução da Companhia de Desenvolvimento do Estado de São Paulo que roda nos infocentros do Programa Acessa SP de inclusão digital.

http://www.prodesp.sp.gov.br/acessa.htm

A PRODESP jura de pé junto que é Software Livre. Entanto, os Usuários dos infocentros não tem acesso ao Sistema Operacional Acessa Livre.

Pergunto: Se o Acessa Livre é Software Livre qual a avaliação daComunidade Viva O Linux sobre aquela distribuição GNU/Linux que não aconteceu?!!!!

Fernando,
organizador do InfoCentro São Vicente, Amigos e Usuários Associados (entidade em formação) para cobrar responsabilidades
dos gestores do Programa Acessa SP.




[46] Comentário enviado por magnolinux em 23/09/2009 - 09:59h:

bacana o tutorial..



[47] Comentário enviado por genoverley em 02/10/2009 - 23:46h:

Do Famelix existe o BRLix que está na sua versão 1.1.


[48] Comentário enviado por doradu em 28/01/2010 - 13:50h:

não li todos os comentários mas faltou a SucciLinux (baseada no Puppy)


[49] Comentário enviado por landex em 10/06/2010 - 08:52h:

Nossa legal, tem umas que eu nuca tinha ouvido falar...


[50] Comentário enviado por GersonSena em 06/01/2011 - 18:02h:

Tchê, te esquecestes do Pandorga e do Linux Educacional (que já deve estar saindo na versão 4.0). São versões brasileiras educacionais


[51] Comentário enviado por dantonrenato em 04/02/2012 - 20:00h:

Tem mais uma distribuição linux brasileira voltada para multimídia, áudio, vídeo e artes gráficas. É o Junta Dados.

O JuntaDados é baseado no gnome e já está em português.
O DVD é LIVE. Você só precisa baixar a imagem ISO, gravar num DVD, colocar no seu computador e reiniciar. Pronto! O computador vai reiniciar direto do JuntaDados e você poderá testa-lo à vontade - sem mudar nada do seu computador.
Se você resolver instalar o JuntaDados lembre-se que ele é linux, livre e grátis.

O JuntaDados foi desenvolvido pelo pessoal do Pontão de Cultura Digital da Bahia, sediado na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), conveniado pelo Ministério da Cultura atráves do Programa Cultura Viva.
É um projeto sério que vale a pena conhecer e testar!

Para conhecer melhor o projeto entre em:
https://juntadados.org/

O JuntaDados tem apenas 1,7 gigas. Para baixa-lo entre em:
http://www.juntadados.org/sites/default/files/juntadados/3.04r1/juntaDados-3.04r1-i386.iso

Não se assuste se o seu navegador disser que há riscos no site. Esse aviso apareceu aqui pra mim no Firefox e deu tudo certo. Não sei porque sempre aparece esse aviso quando o site é https.


[52] Comentário enviado por matheusunitt em 11/04/2012 - 15:59h:

Viish, é por isso que o Brasil não cresce tanto em distros linux, simplesmente são muito semelhantes em design com o Windows!



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.