SliTaz como distro do dia a dia (única distro) é viável?

1. SliTaz como distro do dia a dia (única distro) é viável?

Joao Damasceno
JoaoDamasceno

(usa Outra)

Enviado em 07/05/2019 - 11:12h

Bom dia senhores.
Bem, a questão é a seguinte:

Uma pessoa tem um computador já bem antigo, porém, completamente funcional, mas que devido a idade, já não convém usar sistemas mais recentes. Sobre uma distro bastante interessante, que segue o princípio Rolling Release (se não me engano), que tenha uma versão 64bits, com uma boa interface, pelas pesqusias que fizemos, praticamente tudo aponta para o SliTaz, mas há um "
porém
" aí... Seguinte: Essa distro seria realmente interessante para uma pessoa que precisa a utilizar como a única distro no computador, utilizar no dia a dia, para produtividade, alcance de metas?
Alguém saberia informar se o projeto está verdadeiramente ativo? Programas como o TexStudio e o compilador para a linguagem de marcação de texto LaTeX, estão disponíveis nos repositórios da distro?

Creio que de imediato sejam esses os pontos principais.


  


2. Re: SliTaz como distro do dia a dia (única distro) é viável?

Tadeu
T.D.Reis

(usa Mageia)

Enviado em 07/05/2019 - 13:11h

JoaoDamasceno escreveu:

Bom dia senhores.
Bem, a questão é a seguinte:

Uma pessoa tem um computador já bem antigo, porém, completamente funcional, mas que devido a idade, já não convém usar sistemas mais recentes. Sobre uma distro bastante interessante, que segue o princípio Rolling Release (se não me engano), que tenha uma versão 64bits, com uma boa interface, pelas pesqusias que fizemos, praticamente tudo aponta para o SliTaz, mas há um "
porém
" aí... Seguinte: Essa distro seria realmente interessante para uma pessoa que precisa a utilizar como a única distro no computador, utilizar no dia a dia, para produtividade, alcance de metas?
Alguém saberia informar se o projeto está verdadeiramente ativo? Programas como o TexStudio e o compilador para a linguagem de marcação de texto LaTeX, estão disponíveis nos repositórios da distro?

Creio que de imediato sejam esses os pontos principais.


Qual a configuração do pc em questão?

Já usei o Slitaz em um notebook antigo que tive. Para uso básico, músicas, vídeos e internet vai bem. Porém, o repositório é bem pequeno e muitos pacotes você terá que criar ou adicionar manualmente. Não é uma distribuição para usuário básico, não.

Distros com o Lubuntu ou o próprio Debian não serviriam?


3. Re: SliTaz como distro do dia a dia (única distro) é viável?

Joao Damasceno
JoaoDamasceno

(usa Outra)

Enviado em 07/05/2019 - 16:10h

T.D.Reis escreveu:

JoaoDamasceno escreveu:

Bom dia senhores.
Bem, a questão é a seguinte:

Uma pessoa tem um computador já bem antigo, porém, completamente funcional, mas que devido a idade, já não convém usar sistemas mais recentes. Sobre uma distro bastante interessante, que segue o princípio Rolling Release (se não me engano), que tenha uma versão 64bits, com uma boa interface, pelas pesqusias que fizemos, praticamente tudo aponta para o SliTaz, mas há um "
porém
" aí... Seguinte: Essa distro seria realmente interessante para uma pessoa que precisa a utilizar como a única distro no computador, utilizar no dia a dia, para produtividade, alcance de metas?
Alguém saberia informar se o projeto está verdadeiramente ativo? Programas como o TexStudio e o compilador para a linguagem de marcação de texto LaTeX, estão disponíveis nos repositórios da distro?

Creio que de imediato sejam esses os pontos principais.


Qual a configuração do pc em questão?

Já usei o Slitaz em um notebook antigo que tive. Para uso básico, músicas, vídeos e internet vai bem. Porém, o repositório é bem pequeno e muitos pacotes você terá que criar ou adicionar manualmente. Não é uma distribuição para usuário básico, não.

Distros com o Lubuntu ou o próprio Debian não serviriam?


Olá, rapaz, o desafio é justamente essa questão dos repositórios. Distros como o Lubuntu seriam excelentes, mas há o "porém" se serem Fixed Release e esse negócio de instalar uma nova distro a cada x anos, é um saco.
A máquina já é um i3 (o que pode chamar a atenção por não ser tãaaaao antiga assim) mas é a primeira geração dos "i.x", com 2 giga de memória RAM. O que fiz foi instalar o Ubuntu, mas com a chegada do Gnome, não deu, não sai do canto. Depois testei o Mint com o MATE, curiosaente foi até pior. Veio o Manjaro com o XFCE, a princípio as atualizações do seguimento Rolling Release não foram problema algum, mas novamente uma interface que seria reconhecida pela leveza, se mostrou um trator de pesadão, o XFCE.!!! Assim, continuo na saga de me deparar com uma distro leve e eficiente. Uma excelente descoberta e que desafogou muito a questão dos travamentos (aquela janela de "O Programa X não está respondendo") se foi desde que instalei o navegador Min e aproveitei pra "desligar" uns 400 mega de subprocessos no Chromium. Isso realmente valeu a pena. Mas ainda há a questão da interface + o Rolling Release (preferencialmente).



4. Re: SliTaz como distro do dia a dia (única distro) é viável?

Каша
Kacha

(usa Outra)

Enviado em 07/05/2019 - 19:14h

Recentemente houve um tópico semelhante ao seu, https://www.vivaolinux.com.br/topico/Tiny-Core/SliTaz-e-Puppy-Linux-podem-ser-usadas-como-distros-do...
Talvez te ajude.


5. Re: SliTaz como distro do dia a dia (única distro) é viável?

Tadeu
T.D.Reis

(usa Mageia)

Enviado em 07/05/2019 - 19:31h

JoaoDamasceno escreveu:

T.D.Reis escreveu:

JoaoDamasceno escreveu:

Bom dia senhores.
Bem, a questão é a seguinte:

Uma pessoa tem um computador já bem antigo, porém, completamente funcional, mas que devido a idade, já não convém usar sistemas mais recentes. Sobre uma distro bastante interessante, que segue o princípio Rolling Release (se não me engano), que tenha uma versão 64bits, com uma boa interface, pelas pesqusias que fizemos, praticamente tudo aponta para o SliTaz, mas há um "
porém
" aí... Seguinte: Essa distro seria realmente interessante para uma pessoa que precisa a utilizar como a única distro no computador, utilizar no dia a dia, para produtividade, alcance de metas?
Alguém saberia informar se o projeto está verdadeiramente ativo? Programas como o TexStudio e o compilador para a linguagem de marcação de texto LaTeX, estão disponíveis nos repositórios da distro?

Creio que de imediato sejam esses os pontos principais.


Qual a configuração do pc em questão?

Já usei o Slitaz em um notebook antigo que tive. Para uso básico, músicas, vídeos e internet vai bem. Porém, o repositório é bem pequeno e muitos pacotes você terá que criar ou adicionar manualmente. Não é uma distribuição para usuário básico, não.

Distros com o Lubuntu ou o próprio Debian não serviriam?


Olá, rapaz, o desafio é justamente essa questão dos repositórios. Distros como o Lubuntu seriam excelentes, mas há o "porém" se serem Fixed Release e esse negócio de instalar uma nova distro a cada x anos, é um saco.
A máquina já é um i3 (o que pode chamar a atenção por não ser tãaaaao antiga assim) mas é a primeira geração dos "i.x", com 2 giga de memória RAM. O que fiz foi instalar o Ubuntu, mas com a chegada do Gnome, não deu, não sai do canto. Depois testei o Mint com o MATE, curiosaente foi até pior. Veio o Manjaro com o XFCE, a princípio as atualizações do seguimento Rolling Release não foram problema algum, mas novamente uma interface que seria reconhecida pela leveza, se mostrou um trator de pesadão, o XFCE.!!! Assim, continuo na saga de me deparar com uma distro leve e eficiente. Uma excelente descoberta e que desafogou muito a questão dos travamentos (aquela janela de "O Programa X não está respondendo") se foi desde que instalei o navegador Min e aproveitei pra "desligar" uns 400 mega de subprocessos no Chromium. Isso realmente valeu a pena. Mas ainda há a questão da interface + o Rolling Release (preferencialmente).


Cara, por experiência o Debian com Xfce ou Lxde (instalado via netinstall, no meu caso) roda tranquilo nesse hardware. É só não abusar de abas nos navegadores e nem fazer muitas atividades ao mesmo tempo, isso, apenas pela questão da memória ram, porque, em relação o processador, tá tranquilo demais. E o Debian tem um suporte longo nas versões, então isso não será um problema. Confesso que não ando muito dado a distros rolling release :) E, se quiser, o Debian tem como mudar de versão sem reinstalar o sistema.

Enfim, tirando o Slitaz, não conheço nenhuma distro que seja realmente leve e rolling release. Você pode tentar o Arch com algum ambiente bem leve ou com algum window manager. Ou, se quiser, instale o Antergos e selecione a opção de instalar com Openbox, ficam bem leve e é rolling release, já que é baseada no Arch. O Manjaro também tem versões com i3 e JWM que são bem leves.


6. Re: SliTaz como distro do dia a dia (única distro) é viável?

Fábio Farias
Fabio_Farias

(usa openSUSE)

Enviado em 07/05/2019 - 20:02h


JoaoDamasceno escreveu:

Seguinte: Essa distro seria realmente interessante para uma pessoa que precisa a utilizar como a única distro no computador, utilizar no dia a dia, para produtividade, alcance de metas?
Alguém saberia informar se o projeto está verdadeiramente ativo? Programas como o TexStudio e o compilador para a linguagem de marcação de texto LaTeX, estão disponíveis nos repositórios da distro?

Creio que de imediato sejam esses os pontos principais.


O desenvolvimento da distro está ativo atualmente. A princípio dá para usá-lo normalmente para tarefas basicas e cotidianas. Dá para instalar navegadores mais novos e com mais recursos do que vem nativamente. bem como suítes de escritório completas como LibreOffice e OpenOffice ou versões mais leves para não pesar como o Abiword e Gnumeric ou ainda usar as versões online do MS-Office (gratuito) e do Google Drive. Também é possível instalar codecs, players de musica, programas de desenvolvimento, entre outras opções. PAra o caso do pacote não está disponível nativamente é possível converter pacotes .deb e .rpm para o formato .tazpkg, nativo do sistema. Já fiz isso algumas vezes e funcionou normalmente.

Mas seria bom testar antes. Instalar em uma maquina virtual simulando o ambiente onde se pretende instalar e verificar se atende as suas necessidades.







Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts