Gnome sHELL + Slackware

Gnome Gnome sHELL + Slackware

Instalação manual dos pacotes do DropLine Gnome: https://www.vivaolinux.com.br/topico/GNOME/Como-instalo-Gnome-no-Slackware-142 / https://edpsblog.wordpress.com/2017/06/16/how-to-gnome-shell-no-slackware/

[ 254 hits ]

Publicado em: 17/06/2017

Enviado por edps




  

Comentários
[1] Comentário enviado por homemsemnome em 17/06/2017 - 11:09h

Alguns indivíduos irão ficar com sangue nos olhos ao ver que você teve a ousadia de instalar a "interface proibida" no Slackware. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas falando sério; notei que o seu hardware também é modesto. Rodou suave aí também? Muita gente diz que o Gnome 3 é pesado para caralh* e que não roda em máquinas mais humildes, porém não foi essa a experiência que eu tive no meu notebook fuleiro da Positivo (dual-core com 2 GB de RAM e placa Intel HD).

[2] Comentário enviado por ru4n em 17/06/2017 - 12:08h

A questão do GNOME 3.x ser pesado é devido ao alto consumo de RAM. Mas parece que o ambiente usa o "necessário", pois também testei em uma máquina com apenas 2GB e o consumo foi pouco mais que esse do edps.

Na verdade, se tem RAM de sobra, o GNOME faz uso dela, independente da quantidade máxima de RAM. A explicação técnica pra isso eu desconheço, rs!

Quanto ao Dropline, roda sem engasgos e sem systemd no Slackware? Lembro que testei o GNOME 2.32 no Slackware 13.0 - muito tempo atrás - e até que rodava liso, porém não existia ainda o systemd para atormentar nós linuxers...
--
Linux Counter: #596371

[3] Comentário enviado por edps em 17/06/2017 - 12:46h


[1] Comentário enviado por homemsemnome em 17/06/2017 - 11:09h

Alguns indivíduos irão ficar com sangue nos olhos ao ver que você teve a ousadia de instalar a "interface proibida" no Slackware. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas falando sério; notei que o seu hardware também é modesto. Rodou suave aí também? Muita gente diz que o Gnome 3 é pesado para caralh* e que não roda em máquinas mais humildes, porém não foi essa a experiência que eu tive no meu notebook fuleiro da Positivo (dual-core com 2 GB de RAM e placa Intel HD).


Sim, o hardawre é modesto, já foi "toalha de mesa" um dia, hoje é "pano de chao"! rsrs

Processador Athlon 64 3000+ (single-core), 4 GBs de RAM (só 3 éGBs é reconhecido, não sei o motivo... mas se inverter a ordem dos pentes todos estão funcionando) e uma VGA Geforce 9400GT.

[4] Comentário enviado por edps em 17/06/2017 - 12:52h


[2] Comentário enviado por ru4n em 17/06/2017 - 12:08h

A questão do GNOME 3.x ser pesado é devido ao alto consumo de RAM. Mas parece que o ambiente usa o "necessário", pois também testei em uma máquina com apenas 2GB e o consumo foi pouco mais que esse do edps.

Na verdade, se tem RAM de sobra, o GNOME faz uso dela, independente da quantidade máxima de RAM. A explicação técnica pra isso eu desconheço, rs!

Quanto ao Dropline, roda sem engasgos e sem systemd no Slackware? Lembro que testei o GNOME 2.32 no Slackware 13.0 - muito tempo atrás - e até que rodava liso, porém não existia ainda o systemd para atormentar nós linuxers...
--
Linux Counter: #596371


Aqui o sistema iniciava com pouco mais de 400MB, veja a shot:

https://edpsblog.files.wordpress.com/2017/06/gnome-slackware-012.png

E ainda está sem o systemd (mas vem com o PAM, Avahi, Clutter, Geoclue, PackageKit e todos os demônios já conhecidos)! kkkkk

O chato é o cuidado necessário para não quebrá-lo, pois deve-se adicionar os pacotes citados no artigo na blacklist para que não sejam atualizados.

Vou fazer um novo teste, dessa vez numa VM (aqui o fiz em minha instalação real num Slack64),onde retirarei o XFCE e os aplicativos da XAP para deixa-lo mais enxuto e depois tasco essa coisa nele.

[5] Comentário enviado por ru4n em 18/06/2017 - 09:41h

Pelo shot do blog, parece ser um gnome bem limpo, sem o network-manager. Diferente do gnome do Debian, que vem bem completo.

Acho que o pouco uso de quantidade de RAM é também pela ausência do systemd.

O PulseAudio oficial nos repos do Slackware deve ter facilitado o trabalho do pessoal do Dropline, já que era um fardo ter que instalá-lo e configurá-lo para poder rodar o gnome. Lembro que no gnome 2.32 só saia chiado nos fones com o PulseAudio do Dropline!kkk
--
Linux Counter: #596371

[6] Comentário enviado por homemsemnome em 18/06/2017 - 11:05h


[5] Comentário enviado por ru4n em 18/06/2017 - 09:41h

Pelo shot do blog, parece ser um gnome bem limpo, sem o network-manager. Diferente do gnome do Debian, que vem bem completo.

Acho que o pouco uso de quantidade de RAM é também pela ausência do systemd.


Realmente. Aqui no Debian 8 o Gnome 3 sobe com cerca de 600 MB (com todo aquele lance do cache e tal). São mais ou menos 200 MB de diferença.

[7] Comentário enviado por edps em 18/06/2017 - 11:12h

Estou testando numa VM limpa, sem os pacotes do XFCE e do XAP, ou seja do zero, para saber como ficaria... nesse caso o GDM será o Gerenciador de Login por padrão (quem sabe o mesmo não carregue um monte de treco?), no teste desta shot o Gerenciador de Login era o LXDM.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts