Ubuntu mais rápido

Publicado por Juliao Junior em 14/09/2009

[ Hits: 19.478 ]

 


Ubuntu mais rápido



O Ubuntu é uma distribuição bem amigável. De tão amigável, mesmo usuários mais experientes usam o Ubuntu como distribuição principal. Mas também é "pesada", como todos nós sabemos. Há algum tempo venho pesquisando formas de tornar o (K,X,etc)Ubuntu mais leve. Aqui estão algumas ações a tomar para isso. Claro que o assunto não acaba por aqui e peço que acrescentem suas próprias sugestões para tornar o Ubuntu mais leve.

Primeira sugestão: controlar o uso da SWAP. Ela existe para o sistema não ocupar a memória RAM totalmente. Então, toda vez que o sistema "pensa" que isso vai acontecer, ele se previne gravando na SWAP. Mas podemos definir a frequência para isso. Note que nem todos concordam com esse controle, mas como já disse antes, é apenas uma sugestão.

Digite o comando abaixo e veja sua saída:

# cat /proc/sys/vm/swappiness

Tome o resultado e diminua seu valor. Por exemplo, se o valor for 20, diminua para 10, e seu Ubuntu deverá ficar mais rápido. Você pode fazer isso usando a linha de comando, mas isso terá efeito temporário. Para tal diminuição ficar gravada e iniciar já no boot, altere o arquivo /etc/sysctl.conf. Procure a linha com a opção vm.swappiness e mude para 10, por exemplo.

Segunda sugestão: altere o arquivo /etc/hosts. Esta alteração é bem simples, mas provavelmente será sentida quando você abrir seus programas. Primeiro você precisa saber qual o hostname da sua máquina. Poderá conferir isso quando abrir o terminal. O hostname aparece antes do "$" do terminal. De qualquer forma você poderá ter certeza usando o comando hostname:

hostname
maquina-ubuntu

No exemplo acima, o hostname é "maquina-ubuntu. Agora acesse o arquivo /etc/hosts e altere o arquivo. Eu uso o editor nano, mas você pode usar o que quiser:

# nano /etc/hosts

No arquivo, altere de:

127.0.0.1 localhost
127.0.1.1 maquina-ubuntu

para:

127.0.0.1 localhost maquina-ubuntu
127.0.1.1 maquina-ubuntu

Claro que onde você vê acima "maquina-ubuntu", deverá usar o hostname de sua máquina.

Terceira sugestão: diminua o número de terminais. Como quase toda distribuição Linux, o Ubuntu dispõe de vários terminais acessíveis com a combinação de teclas CONTROL+ALT+[F1-F6]. Se você não usa esses terminais com frequência, diminua seu número e economize alguma memória.

Para desabilitar os terminais 3 a 6, use o comando abaixo.

# sed -i "6,7s/^start/stop/g" /etc/event.d/tty[3-6]

Sugiro que deixe os terminais 1 e 2 funcionando, para uma eventual necessidade (problemas no X etc).

Quarta Sugestão: desabilite serviços desnecessários. Por questão de "generalização", o Ubuntu possui muitos serviços que iniciam automaticamente. Muitos desses você não precisa, então elimine. Não entrarei em detalhes de como fazer isso, pois basta uma pesquisa rápida no Google ou no próprio VOL. Abaixo, alguns serviços que provavelmente um usuário mediano pode desabilitar sem medo.
  • apache
  • apmd
  • identd
  • ip6tables
  • iptables
  • isdn
  • nfs
  • postfix
  • sendmail

Estas são apenas algumas sugestões, possivelmente as mais simples. Se quiser realmente deixar o Ubuntu mais leve, troque programas mais pesados por outros mais leves. Se quiser mais velocidade ainda, comece a instalação do sistema com o básico, talvez o Ubuntu Server, e depois instale apenas os programas necessários. Mas isso fica para outra hora.

Até a próxima dica.

Outras dicas deste autor

Login automático no Ubuntu

APPs Flutuantes no Android

Google Chrome para Linux

Downloads super rápidos com aria2

Hyper Video Converter - converta seus arquivos com qualidade

Leitura recomendada

Instalar XFCE 4.2 no Fedora Core 5

Desativar em definitivo o beep no Debian

Configurando corretamente o driver Intel em seu xorg.conf

Fedora como Linux Mint

Configurando Winmodens no Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por adrianoc em 23/06/2012 - 11:50h

o link do mencionado está quebrado.

[2] Comentário enviado por auridian em 15/10/2013 - 20:59h

Olá, gostaria de saber como fazer para reverter meu swap para como estava antes. Tentei seguir o tutorial (meu linux é o Mint 14) e acabei esvaziando totalmente a memória swap. kkkkk

https://www.dropbox.com/s/4g1l6sjaq9b738y/Screenshot%20from%202013-10-15%2020%3A42%3A26.png

E como eu tava tão louco, acabei mexendo com os drivers da minha placa de video [estava querendo aumentar o desempenho do meu pc a todo custo, mas acho que vou deixar pra fazer isso quando eu puder adquirir outra máquina...], o que deu ainda mais m**** pra mim. Mais isso consegui fazer com que voltasse ao normal.

Meu PC ficou travando, não durando muito sequer pra segurar o firefox (mais acho que isso tinha haver mais com a placa de video, pois quando eu colocava no gnome classic segurava um pouquinho mais).

Mais emfim, como eu deixo minha memória swap novamente em 4Gb?

Valeu pelo tutorial. O vacilo foi meu.


[4] Comentário enviado por auridian em 15/10/2013 - 22:11h

Acho que consegui normalizar. Tinha tentado seguir ALGUNS tutoriais (o que causou a instabilidade em meu sistema não foi o seu, era ALGUM a respeito da placa de video) ontem, e de lá pra cá fiquei sem pc. Mais consegui inclusive fazer o swap voltar!

VLW!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts