Protegendo e restaurando arquivos de configuração do Linux

Publicado por Alberto Federman Neto. em 03/12/2008

[ Hits: 7.444 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


Protegendo e restaurando arquivos de configuração do Linux



É uma dica simples, mas muito útil. Em seu Linux, todo configurado e rodando, é sempre boa prática fazer uma cópia, um backup completo, do conteúdo do diretório /etc.

Nesta pasta existem muitos dos seus arquivos de configuração, e muitas vezes basta restaurar a cópia para restabelecer o funcionamento do aplicativo ou do pacote.

Vou dar dois exemplos do que já ocorreu comigo....

1) O Compiz-Fusion parou de funcionar, a aceleração de vídeo não se mantinha, apesar do driver instalado e do comando para ativar a aceleração 3D. Nos casos normais, basta executar os comandos:

# eselect opengl list

Observar o driver como asterisco (*). No meu caso, NVIDIA, e ativar com o comando:

# eselect opengl set nvidia

No meu Sabayon porém, não funcionava mais. O problema foi resolvido apenas copiando o arquivo /etc/X11/xorg.conf da cópia sobre o arquivo danificado do disco rígido.

2) Há poucos dias, um GUI do Portage-Emerge, Portato, veja:

Gentoo: Interfaces gráficas para Portage/Emerge - substitutos do Kuroo

não abria mais, após sua atualização, e mesmo atualizando GTK, GLib, Python e Pygtk. Observando as mensagens de erro, ao abrir o Portato via terminal, verifiquei que haviam erros no arquivo /etc/portato/portato.cfg.

Bastou deletar o arquivo defeituoso e recopiar o do backup no lugar para o Portato voltar a funcionar.

Esses dois exemplos mostram a utilidade desse procedimento simples.

Muitas vezes é mais fácil que reinstalar e reconfigurar tudo, principalmente em Linux muito manuais e personalizáveis, como o Gentoo, o Arch, Slackware, Debian ou Zenwalk.

A seu critério, naturalmente, você pode refazer o backup a medida que atualiza a distro e também, se quiser, copiar o conteúdo de outras pastas vitais: /boot, /boot/grub etc, além dos seus arquivos do /home.

Com a capacidade de processamento, as mídias DVD atuais, e o tamanho dos HDs novos, o espaço e o tempo consumidos para copiar não são mais problemas.

Outras dicas deste autor

Forçando a montagem do sistema de arquivos e do disco rígido para corrigir problemas

Atualizando suporte ao Dropbox em Sabayon

Configurando aceleração 3D e Compiz-Fusion no Mandriva 2009.0

SPM - compilando programas-fonte com facilidade

Navegador/Suíte SeaMonkey em toda e qualquer distro

Leitura recomendada

Como fazer para o Linux reproduzir sons MIDI

FAN (Fully Automated Nagios) no CentOS 5

LimeWire e/ou FrostWire: Error unexpected token

Chromium no Fedora 22

Lançada aBíblia Software 1.1.0

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 16/12/2008 - 17:06h

Lembro que. em adição à dica, um procedimento util, é empregar um dos arquivos de configuração publicados aqui no VOL. Simplesmente copie o arquivo original da Distro, para salva-lo e substitua pelo arquivo adequado, publicado aqui no VOL.
Em muitos casos, isto resolve, principalmente no que se refere aos drivers de vídeo.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts