Não formate, arrume!

Publicado por Ruan em 20/09/2021

[ Hits: 367 ]

 


Não formate, arrume!



É muito comum você - seja usuário iniciante ou experiente - querer formatar a máquina após se deparar com um problema desconhecido jamais antes visto por você.

E porque isso acontece? Porque inconscientemente, achamos que formatar resolve todos os problemas. Da mesma forma, ocorre com equipamentos que compramos; é mais fácil e rápido comprar um novo quando o antigo/atual apresenta problemas.

Nessa dica, quero levantar 3 pontos para você pensar e refletir, antes de criar uma iso bootável para formatar a sua máquina após descobrir um problema o qual não conseguiu resolver.

1 - Entenda como funciona o seu sistema operacional

Esse ponto é importantíssimo. É necessário entender como funciona o Linux em geral; hierarquia de diretórios, permissões, gerenciador de pacotes, tipos de usuários, comandos básicos, utilização do terminal, e a diferença entre as principais distribuições.

2 - Deu erro! E agora?

A questão que você precisa colocar em mente é: Porquê? Porquê acontece esse erro?

Devemos ter um pensamento crítico, assim sendo, uma visão analítica a qual possamos nos aprofundar no problema em questão e descobrir o porquê das coisas. Um erro, seja qual for, é um problema, o qual precisa de tempo para pesquisar, compreender, e assim, encontrar uma solução.
  • É um problema envolvendo hardware?
  • É um problema com o gerenciador de pacotes?
  • É um problema com o pacote/software que instalei e não roda?

Seja qual for o problema, a resposta para todas essas questões é: investigue!

Leia, interprete, e entenda. As mensagens de erro foram criadas justamente para mostrar que algo não funcionou, e por isso, necessita de sua atenção para entender o que houve.

A mensagem não é clara? Veja os logs da aplicação, ou do próprio sistema operacional. Algumas aplicações fornecem opções de debug para mostrar mais informações ao rodar.

Às vezes, a própria mensagem de erro fornece a solução mastigada para você, bastando apenas seguir as instruções. Em outros casos - em sua maioria - precisamos entender e pesquisar.

De fato, existem problemas mais críticos e complexos, e outros que são relativamente mais fáceis de resolver. De qualquer forma, é importante você entender o porque de acontecer determinado problema. Isso ajuda você a filtrar melhor a pesquisa, tendo resultados mais precisos e diretos.

3 - Pesquisa

A pesquisa é o ponto onde você começa a investigação. Copiar e colar a mensagem de erro no Google e pegar o primeiro link que aparece, não é pesquisar.

Na pesquisa, você pesquisa e reúne os links que encontrar, analisa qual destes fazem mais sentido no seu caso, e tenta aplicar a possível solução encontrada.

Às vezes, o primeiro link pode resolver o seu problema. Em outros casos, pode até piorar aplicando algum comando ou alguma configuração que pode prejudicar o seu sistema como um todo.

Por isso, entenda o problema e não saia executando o primeiro comando que encontrar. Essa etapa pode ser entediante quando não encontramos o que precisamos. Se for o caso, peça ajuda em fóruns, grupos de Telegram, para que outros usuários possam te ajudar a encontrar alguma solução.

E o mais importante de tudo: pesquise em inglês! O material disponível em português é escasso, e dependendo do problema, você não encontrará nada que possa te ajudar a resolver.

Conclusão

Na próxima vez que encontrar algum problema em seu sistema: leia, entenda, pesquise, analise, e tente solucioná-lo da melhor forma possível.

Tendo esses pontos em mente, e com muita prática, você não precisará formatar a máquina, ou voltar para o Windows. :-)

Outras dicas deste autor

Bootsplash no Slackware

Dump e importação de banco em uma linha

Aplicativos portáteis no Linux

Instalando o Java 8 no Debian 10

Corrigindo o tema QT em ambiente GTK+ no Debian 11

Leitura recomendada

Ubuntu - Guia do iniciante

Testando um arquivo ISO

Vídeo explicativo sobre o artigo de otimização de WAN

Counter Strike 1.6

Acessando o Linux sem a senha do root

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 20/09/2021 - 23:24h


Essa é um conteúdo que não se encontra todo o dia. Muito bom.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]



Contribuir com comentário