Mplayer - Configurações muito úteis

Publicado por Juliao Junior em 05/04/2009

[ Hits: 9.076 ]

 


Mplayer - Configurações muito úteis



O Mplayer é um software poderoso, porém com muitos recursos desconhecidos pelos seus usuários. Vejamos algumas opções simples, mas muito úteis.

Controles no teclado

Avanço e retrocesso no vídeo:
  • Para 10 segundos, teclas direcionais "direita" e "esquerda";
  • Para 1 minuto, teclas direcionais "para cima" e "para baixo";
  • Para 10 minutos, teclas direcionais PgUp e PgDown;
  • Pausa: tecla "espaço".
  • Aumentar/diminuir volume: teclas "/" e "*";
  • Eliminar som (efeito mute): tecla "m";
  • Tela cheia: tecla "f";
  • Avançar/retroceder legendas em +- 0.1 segundos: teclas "x" e "z".

Arquivo de configuração

É possível configurar o Mplayer para ajustes específicos para cada tipo de arquivo que você quiser. Por exemplo, ao ler um DVD ou executar um arquivo .flv, você pode especificar como o Mplayer se comporta para cada arquivo. São os chamados "profiles", definidos em um arquivo de configuração. O arquivo normalmente é o ~/.mplayer/config para cada usuário.

Em tal arquivo, as configurações gerais podem ser especificadas, bem como criados vários profiles para cada tipo de arquivo. Veja abaixo um exemplo de profile incluindo no arquivo de configuração:

[protocol.flv]
profile-desc="profile para flv:// streams"
vf=pp=hb/vb/dr/al/fd
flip=yes
alang=pt

Para mais informações, nada melhor que as páginas de manual. Até a próxima.

Outras dicas deste autor

Configurando impressora Samsung ML-2010

Kdenlive - Editor de vídeo

Unindo vários vídeos em um único arquivo

KSmoothDock - Painel para KDE estilo MAC

Debris - Iniciação do X (gráfico)

Leitura recomendada

Como criar um pendrive bootável no Linux [Vídeo]

MS Office 2000 com wine

Única lixeira para todos os compartilhamentos no Samba

Utilizando abreviações no Vim

Usando o Mathematica 7 com 2 monitores

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Teixeira em 05/04/2009 - 15:21h

Meu primeiro contato com o mplayer foi através do Basic Linux (existe um compilação para essa distro).
Fiquei impressionado com a excelente qualidade, a versatilidade, e sobretudo a leveza desse player.
Contudo, para pessoas que não gostam de ter trabalho de configurar nada, ele pode não ser muito agradável.
O manual é imenso MESMO, mas acho que vale a pena fazer algumas experiências, e com base nelas, até procurar fazer alguns scripts.
Cada um descobrirá as configurações que mais lhe agradam ou que mais lhe atendem.
Que dá trabalho, isso dá.
Mas depois de devidamente configurado, não há nada igual.

[2] Comentário enviado por albertguedes em 05/04/2009 - 15:44h

O Mplayer possue uma interface gráfica, o gmplayer, para aqueles que não querem usar linha de comando.

[3] Comentário enviado por jborda em 06/04/2009 - 08:57h

Adoro o mplayer, por essas características(leveza, versatilidade, etc...).
Eu gosto mesmo é de usar a interface gráfica aterm (heheeh).
Uma coisa que sinto falta nele é a recursividade(poder tocar pastas e subpastas).

Ele tem muita opção mesmo, valew e aquele abraço...



Contribuir com comentário