LPI - Mudanças na certificação

Publicado por Francisco Jarbas Teixeira Matos em 24/01/2007

[ Hits: 7.087 ]

Blog: http://www.jarbasteixeira.pro.br

 


LPI - Mudanças na certificação



A LPI é hoje sem dúvidas uma das certificações mais desejadas e valorizadas no mercado de TI e visando aperfeiçoar melhor o processo e qualidades, houve mudanças no tempo de validade do certificado. Veja a informação na íntegra:

"LPI muda sua política de recertificação
Ação visa assegurar que os conhecimentos em Linux mantenham-se atualizados

Tokyo, Japão: 1 de dezembro de 2006 - O Linux Professional Institute (http://www.lpi.org), o primeiro do mundo em certificação Linux, está mudando a Política de Recertificação da instituição para garantir que o conhecimento e as habilidades dos profissionais de Linux continuem relevantes e atualizados. Os candidatos que possuem as certificações LPIC terão que se recertificar a cada cinco anos ou, como alternativa, conquistar uma certificação maior. Anteriormente, a recertificação somente era obrigatória a cada dez anos.

Jim Lacey, presidente e CEO do LPI continua a aconselhar os profissionais de Linux a buscarem a recertificação a cada dois anos, devido às rápidas mudanças e às melhoras no sistema Linux, mas frisa que conversas com líderes da indústria indicaram que uma política de recertificação obrigatória a cada cinco anos é suficiente no momento: "Nós continuamos a melhorar os processos de desenvolvimento do nosso produto e programas por meio de um constante diálogo com líderes da indústria e profissionais de TI. Ao atualizarmos nossos exames com versões recentes do kernel do Linux, descobrimos ser necessário reexaminar nossa política de recertificação. É preciso lembrar que, porque somos neutros em relação à distribuição, não requisitamos que nossos candidatos se recertifiquem a cada nova versão de uma distribuição específica. No entanto, estamos interessados na tecnologia básica do sistema operacional Linux e em quais conhecimentos e habilidades um profissional de TI precisa ter para trabalhar com distribuições múltiplas em um ambiente empresarial. Nossa nova política de recertificação deve assegurar a relevância, a atualidade e o valor daqueles que possuem as certificações LPI".

A nova Política de Recertificação do LPI completa pode ser encontrada na página da instituição, em:
tem seus principais pontos transcritos abaixo:

Política de Recertificação

Uma vez certificado pelo LPI e tendo recebido uma certificação de nomeação (LPIC-1, LPIC-2, LPIC-3), é recomendado fazer a recertificação dois anos após a data de certificação de nomeação para manter-se em situação atualizada. No entanto, para MANTER uma situação de certificação ATIVA, o possuidor de certificação é OBRIGADO a se recertificar 5 anos após a certificação da nomeação.

A recertificação exige que o candidato passe em todos os exames atualizados necessários para a certificação mais alta que ele possuir. Após uma bem-sucedida recertificação, a situação de nomeação será atualizada para ATIVA por um período de CINCO anos.

Quando se consegue uma nomeação de nível superior, todas as outras de nível inferior são consideradas em situação ATIVA por CINCO anos após a data da certificação de nível superior. No entanto, os candidatos que não se recertificarem e deixarem a certificação prescrever serão obrigados a refazer a certificação atual e todas as certificações de nomeação de níveis inferiores e, subseqüentemente, procurar reativar a situação de sua certificação.

A inclusão da nomeação de situação ATIVA ou INATIVA na base de dados do LPI teve início em 1 de setembro de 2003. As certificações de nomeação (LPIC-1, LPIC-2, etc.) recebidas antes desta data (que eram consideradas lifetime) também serão sujeitas às estipulações da recertificação, como descrito acima. Portanto, todas as certificações de nomeação recebidas antes de 1 de setembro de 2003 não serão mais consideradas nomeações vitalícias e só serão consideradas ATIVAS por CINCO anos, a partir da data de certificação da nomeação. As certificações de nomeação recebidas antes de 1 de setembro de 2003 serão consideradas certificações ATIVAS até 1 de setembro de 2008. Todas as demais certificações serão consideradas ATIVAS por 5 anos a partir da data de sua obtenção.

Notícia enviada pelo Departamento de Comunicação do LPI:
http://www.lpi.org/ "

Fonte: http://www.lpibrasil.com.br/noticias/news211206_02.php

Outras dicas deste autor

Obtendo os CDs do Ubuntu "de grátis"

Download do Firefox 2.0

Acessando o Linux sem a senha do root

APT no modo texto com proxy autenticado

NTP prático com Linux, Windows 2000 e 2003

Leitura recomendada

Tudo o que você precisa para configurar sua placa de rede no Ubuntu

Criando seu próprio tema splash screen para KDE 4

Imperdível: 2º Linux Install Fest @ Rio de Janeiro x 24/06

Instalando o editor de texto Joe manualmente

Freedows: novo sabor de GNU/Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por agnaldo15 em 21/08/2009 - 17:33h

ai quem tiver interesse em fazer a prova tem um blog muito bom que fla a respeito da prova com simulados atualizados e artigos referente a prova acessa a ai http://certificacaolinuxlpi.blogspot.com

[2] Comentário enviado por mparada em 02/03/2010 - 01:24h

Mais uma certificção no mercado a Linux Training lançou sua certificação Profissional nos estados de Mato Grosso, Rondonia e Acre, onde vem suprindo em cheio a necessidade da região.
A Certificação CPLT (Certified Professional Linux Training) já nasceu grande, hoje reconhecida nos estados de Mato Grosso, Rondonia, Acre, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

“Este programa vem sofrendo apoio dos diversos segmentos, dentre eles faculdades, empresas privadas e orgãos públicos e não possui fins lucrativos, nossa intenção é apresentar a sociedade profissionais capazes, ou seja ensinamos e comprovamos a competencia do profissional”
diz Marcos Marrafão idealizador do projeto e socio fundador da Linux Training.

A Linux Training já participa de diversos programa de Certificação em diversas áreas, dentre eles Projetos da Fundação Getúlio Vargas, Senior Sistemas, AMPIMEC, Associação Nacional dos Bancos. O que abriu muitas portas e a credenciou a lançar no mercado mais esse Projeto de Certificação nessa área que tanto carece de profissionais certificadamente capazes.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts