Instalando o Pidgin no Debian

Publicado por Jivago J. Alves em 22/07/2008

[ Hits: 12.366 ]

Blog: http://jivagoalves.blogspot.com

 


Instalando o Pidgin no Debian



Pessoas, esta é uma dica de como instalar o mensageiro multi-protocolo Pidgin no Debian.

O Pidgin pode trabalhar com os protocolos abaixo dentre vários outros (veja aqui):
  • AIM
  • Google Talk
  • ICQ
  • IRC
  • MSN
  • XMPP
  • Yahoo!

E o melhor, tudo na mesma aplicação. Legal, né?

Mas como instalar no Debian? É simples, vamos baixar algumas dependências pelo gerenciador de pacotes do Debian, o apt-get (necessário ser root, use su ou sudo):

$ sudo apt-get install libperl-dev libxml-parser-perl libnm-glib-dev libdbus-glib-1-dev libavahi-glib-dev libgtk2.0-dev libxss-dev libstartup-notification0-dev libxml2-dev libgstreamer0.10-dev libmeanwhile-dev libavahi-client-dev network-manager-dev tcl8.4-dev tk8.4-dev

Agora vamos baixar o código fonte da versão mais recente do Pidgin aqui ou com:

$ wget http://downloads.sourceforge.net/pidgin/pidgin-2.4.3.tar.bz2

Vamos descompactar o Pidgin com:

$ tar xvf pidgin-2.4.3.tar.bz2

Agora, vamos configurar e compilar e instalar:

$ ./configure && make && sudo make install

Por organização, vamos copiar a pasta do Pidgin para /usr/local/src, que é onde ficarão os códigos fonte de programas compilados. Você pode adotar outro lugar, aqui é por sua conta. Pra economizar espaço, limpe primeiro os arquivos que a compilação gerou e depois copie.

$ make clean
$ sudo cp -R ../pidgin-2.4.3 /usr/local/src/


Com o make clean eu economizei uns 55 MB, que é muito pra mim (rsrs)!

Depois apague a pasta original (já copiamos outra pra /usr/local/src):

$ cd ..
$ rm -rf pidgin-2.4.3


Como podem notar a instalação do Pidgin é simples. Você também ativar um plugin do Pidgin pra te avisar quando houver uma versão nova, já que ele não estará no banco de dados do dpkg.

Vá no menu Ferramentas > Plugins e ative Notificação de nova versão 2.4.3
Fonte:
Outras dicas deste autor

Dupla diabólica: find e xargs

Leitura recomendada

Ampliando resoluções no Remmina

WineXS - Simplifique seu Wine!

Instalando a última versão do Firefox no Slackware com AutoUpdate

Ksplice - Reboot pra quê?

Guia de instalação do VirtualBox no Fedora 23

  

Comentários
[1] Comentário enviado por fabiobarby em 08/08/2008 - 23:20h

aqui pra mim faltou a gtkspell...
nada que um "aptitude search gtkspell" não resolva...
curto muito esse im
[]s


[2] Comentário enviado por jivagoalves em 12/08/2008 - 14:42h

Oi fabiobarby, valeu pela dica!

[3] Comentário enviado por y4rk em 31/01/2010 - 13:15h

VIxxx... aqui teve uma "porrada" de dependências.

[4] Comentário enviado por lauro_4L1N3 em 28/12/2011 - 16:15h

depois de ter instalado dessa maneira, como faço pra desinstalá-lo completamente?

[5] Comentário enviado por jivagoalves em 03/01/2012 - 15:00h

@lauro_4L1N3,

Em geral, assim como existe a regra "install", existe também uma regra "uninstall" no Makefile usada pra desinstalar os programas.

Basta entrar no diretório fonte que você configurou/compilou/instalou (no meu caso foi /usr/local/src/pidgin-2.4.3):
$ cd /usr/local/src/pidgin-2.4.3

E executar o comando abaixo pra desinstalar:
$ [sudo] make uninstall



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts