Como se tornar root no Ubuntu com 2 comandos

Publicado por Mário Mayerle Filho em 10/07/2010

[ Hits: 63.915 ]

Blog: http://m2f0.com

 


Como se tornar root no Ubuntu com 2 comandos



Uma das dicas mais visitadas no Viva o Linux é como se tornar root ou como usar a conta root no Ubuntu. Como a técnica que utilizo não está explicada nessa dica, resolvi compartilhar com todos criando outra.

Para se tornar root no Ubuntu, abra um terminal de usuário normal e digite:

sudo bash

Será pedida a senha do usuário root, que por sua vez é a mesma senha do usuário normal. Pronto!

Agora vamos a explicação: o Bash é o shell padrão do usuário root no Ubuntu (interpretador de comandos). Se você executa o comando "bash" como root, usando o sudo na frente, você tem acesso ao shell do root e pode fazer tudo que o root faz na máquina. Os logs gerados pela utilização do bash também serão os logs do root.

Abraços a todos.

Outras dicas deste autor

OpenDNS FamilySHield - Aprenda, em 10 passos, a barrar a pornografia no seu navegador

Instalando a impressora LexMark x1270 no Ubuntu Lucyd

Utilize SD cards no Aspire 5050 (com adaptador ENE Technology Inc) no Ubuntu

Leitura recomendada

Exibindo lista de arquivo TXT em uma única linha no terminal

Alterando endereço MAC da interface de rede

Repositório local do apt-get

Comandos de manipulação de terminal

Extrair a data de uma fotografia

  

Comentários
[1] Comentário enviado por tiagoalam em 10/07/2010 - 09:34h

O "sudo su" é ainda mais simples...

[2] Comentário enviado por franciscosouza em 10/07/2010 - 16:59h

$ sudo -i

Só ler o manual do sudo :)

[3] Comentário enviado por izaias em 10/07/2010 - 18:54h

Todas são bem-vindas e quanto mais conhecimento MELHOR!!!

Gostei da dica!

[4] Comentário enviado por mariomayerle em 10/07/2010 - 19:17h

Opa! Beleza. Parece que virou uma competição. Mas essa não foi a minha intenção. Valeu os comentários galera. E o sudo -i vale abrir outra dica.
Abraços a todos !!!

[5] Comentário enviado por beijer em 10/07/2010 - 23:37h

Hehehe no slack and debian nós não temos isso!

[6] Comentário enviado por PerryWerneck em 11/07/2010 - 11:23h

Pode até ter virado competição mas que foi instrutiva foi. Eu sempre usei o sudo su mas essa é uma idéia diferente; o sudo -i então eu nem sabia.

Parabéns por levantar o assunto.

[7] Comentário enviado por andreaszaia em 11/07/2010 - 11:26h

O interessante eh que mesmo vc impedindo o login do root nos terminais ( editando o /etc/securetty ) se consegue um shell root com o "sudo bash" enquanto que com o "sudo su" não!

[8] Comentário enviado por deni em 12/07/2010 - 11:09h

ola Mário.se tua intenção era dar uma dica te garanto que foi bem alem disso.sou novo no Linux e isso me esclaraceu uma duvida que tinha.leio bastante mas nem sempre consigo entender.parabens.um abraço

[9] Comentário enviado por Cristiano Faria em 12/07/2010 - 15:43h

Como comentário posso deixar uma dúvida?

Estava nessa página http://www.vivaolinux.com.br/topico/QEMU/USB-no-Virtual-Box/ pra configurar a USB do sistema convidado XP por meio do virtualbox no meu Ubuntu 9.10 e segui as dicas abaixo (postei lá também pra ver se alguém sabe o que houve...)


"antes de acrescentar a linha:
none /proc/bus/usb usbfs devgid=46,devmode=664 0 0
no ficheiro fstab. Verifique o GID do seu usuário, faca um.
#cat /etc/group
verifique qual o número que aparece na linha do seu usuário, substitua este número pelo número 46, e siga os passos do naldin.
se não funcionar de uma olhada aqui. http://www.miguelarcanjo3.4mg.com/cgi-bin/blog";

Não funcionou e fui para a página indicada. Ali segui os passos:

"1.Criar um novo groupo, chamado usb. Ex: #groupadd usb
2.Adicionar-se a esse grupo. Ex: #usermod -G usb nome_usuario
3.Descubrir o ID do grupo. Ex: #grep usb /etc/group o resultado sera identico a "usb:x:502:aluno" onde 502 é o ID do grupo.
3.Acrescentar a linha none /sys/bus/usb/drivers usbfs devgid=502,devmode=664 0 0 no ficheiro /etc/fstab
4.Reiniciar o pc e desfrute."

Não funcionou o USB do Virtualbox (convidado XP) e ainda BLOQUEOU o meu próprio usuário, e agora aparece uma mensagem dizendo que ele não faz mais parte da lista dos SUDOERS. Bloqueou tudo, internet, drive de DVD/CD, etc
Poderia corrigir fácil com a senha do ROOT, mas não me lembro dela...
O que eu posso fazer agora?

[10] Comentário enviado por mariomayerle em 12/07/2010 - 16:12h

Cristiano, eu começaria resolvendo problema alterando a senha do root. Faça o seguinte:
1 - Quando a máquina bootar e aparecer o menu do grub, selecione o kernel que desejas usar e precione a letra "e". Você entrará em modo de edição da linha;
2 - na linha central que começa com kernel, digite no final da linha o seguinte: init=/bin/bash;
3 - de um enter seguido da letra "b" para bootar o sistema;
4 - isso irá retomar o boot do sistema em modo root;
5 - o sistema estará em modo somente leitura então remonte o sistema com: mount –o remount,rw /
6 - apague a senha atual do root no arquivo /etc/shadow. A linha deve ficar assim: root::0:0... ou seja, apague o conteúdo entre o primeiro delimitador e o segundo delimitador (:);
7 - salve o arquivo e de um reset a quente, só dessa vez heim ;-D
8 - a maquina irá bootar e você poderá logar como root sem senha;

To tentando lembra de uma outra forma (mais fácil) de bootar como root pra mudar a senha, mas fugiu no momento. Quando elmbra vou postar aqui tb.
Abraços a todos.
Espero ter ajudado

[11] Comentário enviado por mariomayerle em 12/07/2010 - 16:24h

Lembrei de outro modo:
1 - Edite a linha de boot do grub apertando "e"
2 - No final da linha apague do "ro" (read only) em diante;
3 - Digite "rw 1 init=/bin/bash" (read write);
4 - dê enter e depois "b";
5 - pronto, você entrou como root. Procure o arquivo /etc/shadow e retire o conteúdo dentro dos delimitadores: root::0:0...

O interessante de comentar é que o número 1 depois do rw indica que o sistema irá iniciar em init1, ou seja, em modo manutenção.

Abraços a todos

[12] Comentário enviado por Cristiano Faria em 13/07/2010 - 07:51h

Olá Mário!

Muito obrigado pela presteza na ajuda. Queria responder ontem mesmo mas o notebook estava em casa.

Enfim, tentei a corrreção pela segunda dica (a primeira não tentei porque no meu grub não tem uma linha que começa com "kernel")
Troquei a linha do "ro" (read only) em diante; e digitei "rw 1 init=/bin/bash" (read write).
O meu boot ocorre com ctrl+x.

Isso realmente funcionou: entrei como root e capaz de editar os arquivos do sistema. Ao entrar na pasta etc digitei o comando
#nano shadow
e o arquivo abriu para minha edição. Fiz uma cópia do mesmo antes de editar, o que é muito aconselhável...

No entanto a sintaxe final da linha que vc descreveu (de todas as linhas, na verdade) terminava com ::: em vez de ... . Tentei das duas formas root::0:0... e root::0:0:::

Salvei em ambas e dei o reset "a quente" como vc disse. Boot e tentativa de login como root, mas nada aconteceu. Continuava a pedir senha de root.
Vi que existe também o arquivo shadow- na mesma pasta. Fiz a mesma coisa com e ele e nada aconteceu.

Talvez posso ter feito algo errado...

[13] Comentário enviado por Cristiano Faria em 13/07/2010 - 15:53h

Sim, eu fiz algo errado. O meu erro é ser noob. :( O que eu achava ser uma senha errada de root era na verdade a ausência dela. :(

A entrada como root funcionou perfeitamente (Troquei a linha do "ro" (read only) em diante; e digitei "rw 1 init=/bin/bash" (read write), boot com ctrl+x)
Após isso reestabeleci os arquivos shadow e shadow- originais. (pelo menos me preocupei com o backup).

Em seguida:
passwd root (cria senha do root, confirme, enter, exit, exit)
boot usuário bloqueado (gráfico)
sistema
administração
usuários e grupos
logar root (chavezinha) para alterações (entra com senha do root)
liberar usuário bloqueado.

Minhas desculpas Mário , apesar de poder dizer que antes de perguntar pesquisei bem no fórum.
Um grande abraço!

[14] Comentário enviado por dede-pb em 25/10/2010 - 16:15h

Profº, gostaria de saber pq toda vez q eu faço o login no winpx, aparece uma tela com dizendo q não consegue grarvar o arquivo *.pwl?
Uso servidor linux susi



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts