Coisas para fazer após instalar Fedora 16

Publicado por Xerxes Lins em 08/11/2011

[ Hits: 20.825 ]

Blog: https://voidlinux.org/

 


Coisas para fazer após instalar Fedora 16



OK, você instalou Fedora 16, mas e gora? Primeiramente atualize o sistema:

# yum update

Depois coloque o sistema em português do Brasil. Para isso execute:

# yum install system-config-language
# system-config-language


Escolha português do Brasil.

Instale os pacotes RPM Fusion (free e nonfree) para aumentar a quantidade de pacotes:

# yum localinstall --nogpgcheck http://download1.rpmfusion.org/free/fedora/rpmfusion-free-release-stable.noarch.rpm http://download1.rpmfusion.org/nonfree/fedora/rpmfusion-nonfree-release-stable.noarch.rpm

Desabilitar SELinux:

# vi /etc/sysconfig/selinux

Troque “enforcing” por “disabled” deixando assim:

# This file controls the state of SELinux on the system.
# SELINUX= can take one of these three values:
#   enforcing - SELinux security policy is enforced. (default)
#   permissive - SELinux prints warnings instead of enforcing.
#   disabled - SELinux is fully disabled.
SELINUX=disabled
# SELINUXTYPE= type of policy in use. Possible values are:
#   targeted - Only targeted network daemons are protected.
#   strict - Full SELinux protection.
SELINUXTYPE=targeted

Instale o plugin que escolhe o mirror mais rápido:

# yum install -y yum-plugin-fastestmirror

Instale Flash Player acessando: E escolhendo a versão RPM. Após baixar dê um duplo clique no arquivo para instalar. Ou execute:

# rpm -i nome_do_pacote.rpm

Instale Java para acessar bancos pela Internet:

# yum install -y java icedtea-web

Por fim, instale o corretor ortográfico do Firefox: Com certeza essa dica não cobre tudo, mas ajuda em alguma coisa nas configurações iniciais do Fedora 16.

Abraço!

Outras dicas deste autor

Slackware Linux substituindo Windows

Alterando o cursor do mouse no LXDE

Gerenciador gráfico para Portage

Adwaita Dark no Linux Mint

Sbopkg - Gerenciador de Pacotes para Slackware que usa Slackbuilds

Leitura recomendada

Ubuntu: instalando programa local com gdebi

Configurando o AMaViS em servidor dedicado

Instalando Pacotes SNAP no Gentoo

Tunelamento usando SSH

Lançado o Debian Linux Mint Edition

  

Comentários
[1] Comentário enviado por pinduvoz em 09/11/2011 - 00:00h

Boa, Xerxes.

E uma outra boa dica para Fedora, mas ainda não para o 16 (deve ser lançado para ele em breve) é o easylife do Duli:

http://easylifeproject.org/

[2] Comentário enviado por pinduvoz em 09/11/2011 - 00:02h

Outra dica: abra seus vídeos e músicas com um duplo-clique e o pacote "packagekit-gstreamer" vai entrar em ação oferecendo a instalação do(s) codec(s) que falta(m). Em poucos cliques vc fica com suporte multimídia completo.

[3] Comentário enviado por telbatista em 22/11/2011 - 15:05h

Atualizei meu F15 para o F16 pelo prepugrade... tudo 100% =)

[4] Comentário enviado por MACOSX em 21/02/2012 - 15:40h

Na parte, Troque “enforcing” por “disabled” deixando assim: , eu consegui trocar mais não consegui salvar, qual botão teclar? E uma pergunta extra, é possivel usar openbox no fedora ao invez do gnome? se sim, como proceder?

[5] Comentário enviado por xerxeslins em 21/02/2012 - 20:43h

MACOSX, para salvar e sair usando o editor de texto VI, tecle ":wq" e enter. Mas você pode usar outro editor de texto por exemplo:

# gedit /etc/sysconfig/selinux

É possível sim instalar Openbox no Fedora, mas infelizmente não sei dizer a você como proceder porque eu não uso o Openbox e não saberia dizer os passos para configurar.

[6] Comentário enviado por clodoaldops em 25/02/2012 - 14:32h

fastestmirror >> já vem ativado por defaul no F16 >> informações no FAQ do F16 do projeto fedora brasil

[7] Comentário enviado por henriquecorbo em 25/02/2012 - 22:41h

Caro MACOSX,

Para fazer essas alterações, tu precisas ter privilégios de gravação nesse arquivo. Você poderá fazer isso entrando com o usuário de root com os seguinte passos:

Abra o terminal;
Digite "su -";
Digite a senha do root;

Com isso você conseguirá fazer as alterações no arquivo.

Um forte abraço e curta bastante essa nova versão do Fedora.

[8] Comentário enviado por jomadee em 12/06/2012 - 09:10h

Eu sempre segui um mini roteiro pós instalação do fedora então descidi fazer este artigo segue ai, espero que seja útil

10 dicas para fazer depois que instalar o Fedora

http://newsmade.grapestudio.com.br/linux/10-coisas-para-fazer-depois-que-instalar-o-fedora-312

[9] Comentário enviado por henriquecorbo em 12/06/2012 - 12:36h

Olá Jeison,

Eu segui rigorosamente os passos indicados no tutorial "http://newsmade.grapestudio.com.br/linux/10-coisas-para-fazer-depois-que-instalar-o-fedora-312", mas o PhpMyAdmin não está funcionando. Está apresentando o erro 500. Já dei a permissão 777 na pasta do phpMyAdmin que copiei para dentro da pasta /var/www/html, mas mesmo assim não funcionou.

A única coisa que percebi que está diferente é a mídia de instalação. Eu baixei o ISO de aproximadamente 700MB, diferentemente da mídia que você usou de 3.5gb.

Você tem alguma dica?

[10] Comentário enviado por jomadee em 12/06/2012 - 14:33h

Olá Henrique,

Apenas algumas dúvidas...

Qual a versão que você está usando, já desabilitou o SELinux e já configurou o http.conf?

esse é um artigo que falo sobre a instalação do LAMP no Fedora

http://newsmade.grapestudio.com.br/linux/instalando-apache-php-mysql-e-phpmyadmin-no-fedora-1615-cen...

[11] Comentário enviado por henriquecorbo em 13/06/2012 - 13:20h

Olá Jeison,

Eu estou usando o Fedora 16. Desabilitei o Selinux e fiz as configurações no http.conf exatamente como você orientou no artigo. Eu consegui instalar o MySQL, eu ele está funcionando e inclusive criei um banco de dados para outra finalidade. O Apache está funcionando também, pois eu criei o arquivo com aquele fragmento de código em PHP que executou sem erro. Só o PHPMyAdmin não funciona. Estranho, não?

De qualquer forma. eu vou revisarei tudo novamente para eu ver se está tudo certo. Aproveitarei e eu farei a leitura do seu artigo sobre o LAMP no Fedora.

A propósito, podemos conversar sobre o assunto em PVT? Como podemos fazer isso?

Um abraço e obrigado por sua resposta.


[12] Comentário enviado por jomadee em 14/06/2012 - 08:54h

Olá Henrique, ahh sim é para acessar por outra máquina da rede...
eu acabei me esquecendo de postar sobre... para isso você precisa alterar o arquivo phpMyAdmin.conf... eu atualizei a postagem sobre o phpMyAdmin, de uma olhada lá agora...

abraços

[13] Comentário enviado por henriquecorbo em 19/06/2012 - 21:23h

Olá Jeison,

Deu certo. Obrigado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts