Alterar o gerenciador de login do openSUSE

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 29/07/2015

[ Hits: 3.672 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Alterar o gerenciador de login do openSUSE



Senhoras e senhoritas do Viva o Linux, aqui começa mais uma Dica do Dino® adicionando mais uma entrada no menu de fast-foods do Open McSUSE Tips para os senhores. Hoje veremos como alterar o gerenciador de login no Camaleão. Para quem não sabe, a ex-distro da Novell não usa o systemd para essa tarefa, então isso aí embaixo não funcionará:

# systemctl enable lightdm

O openSUSE mostra com orgulho que é um filho do Slackware neste momento, pois a alteração de gerenciador de login é feita por meio da edição de um arquivo de sistema. Quer saber como faz? Então corra atrás de uns calangos na caatinga, compre umas coleirinhas para eles e vamos nós lidar com o nosso camaleão virtual!

1. O arquivo

O arquivo a ser editado é o /etc/sysconfig/displaymanager, e não surpreendentemente isso deverá ser feito como root:

# vim /etc/sysconfig/displaymanager

Você pode usar o editor de textos de sua preferência, mas GNU/Linuxers de verdade usam o Vim. Cyberboys usam Emacs, enquanto winusers e ubunteiros ficam no Gedit ou em qualquer outra coisa que não rode no terminal. Mas enfim, nesse arquivo procure a seguinte linha:

DISPLAYMANAGER="gdm"

Isso diz ao sistema que ele deve usar o GDM como gerenciador de login. Se na hora da instalação do sistema você preferiu o KDE, nesta linha estará escrito:

DISPLAYMANAGER="kdm"

Se você usa outro gerenciador de login o nome dele estará aí bonitinho e todo em letras minúsculas. Altere a linha para usar o gerenciador de login mais adequado ao seu gosto. No meu caso, por exemplo, fica:

DISPLAYMANAGER="lightdm"

1.1. Feeling lucky, lad?

Se você sabe qual é o seu gerenciador de login atual e sabe qual é o que você deseja, por que diabos abrir o arquivo acima citado em um editor de textos quando você tem o terminal três vezes poderoso em nome de "Bob" Dobbs? Basta rodar o comando:

# sed -i 's/DISPLAYMANAGER="orig"/DISPLAYMANAGER="dest"/g'

Troque orig pelo gerenciador de login atual e dest pelo gerenciador de login desejado.

Conclusão: e assim termina mais um item no cardápio de fast-food do Open McSUSE Tips, uma cortesia do Dino® para todos vocês!

Outras dicas deste autor

Manipulando arquivos PDF pela linha de comando

Telegram Desktop parou de funcionar após atualização ou troca de idioma? Corrija isso já!

Instalando Pragha Music Player no Slackware

NetworkManager: corrigindo erro "DHCP failed to start"

Google Chrome Stable no CentOS 6.x

Leitura recomendada

Escondendo o hostname no GDM

Como ativar a função tap para clique no touchpad no Debian 9 Mate

Como atualizar Fedora 26 para 27

Flash no FreeBSD

Como configurar sua placa SIS900 onboard no Linux

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário