ZSH - Personalizando seu Terminal

Este artigo busca explorar um pouco sobre a personalização do terminal, tanto sendo um Gnome Terminal, Tilix etc. Personalização geral, principalmente sobre a mudança de Shell, do BASH para o ZSH.

[ Hits: 4.135 ]

Por: Irova em 18/12/2019


Introdução



O terminal é uma ferramenta muito útil no dia a dia do usuário Linux (avançado ou intermediário, geralmente), ele ajuda na velocidade e produtividade das nossas ações no sistema, mas, será que você já personalizou e deixou o seu terminal "com sua cara"?

Por quê personalizar meu terminal?

O terminal, por ser uma ferramenta muito famosa (tanto faz se for o Gnome Terminal ou Tilix, estou falando de forma geral) e complexa, muitas vezes pode ser muito personalizável, desde as cores até partes funcionais para aumentar sua produtividade, logo, neste artigo irei discorrer como personalizar o seu terminal.

Não é um passo a passo, a função é que você tenha ideias de como aumentar a produtividade e beleza da ferramenta.

Começando os trabalhos

A primeira coisa que é importante de pensar na personalização do terminal, é o seu Shell. O Shell, que a maioria das pessoas usam é o BASH, ele é muito funcional, mas, em minha opinião o melhor Shell é o ZSH, ele é bem mais produtivo que o BASH, principalmente o TAB, fica elevadamente mais poderoso.

Não consigo descrever em texto o que ocorre, mas use o ZSH e pelo menos teste ele, a instalação é fácil. Irei simular com um Ubuntu (Debian) apenas para servir de exemplo, adapte os comandos á sua distro.

sudo apt install zsh
zsh

Pronto! O ZSH já está funcionando e caso goste dele, para deixá-lo como Shell padrão, é:

sudo chsh --shell /bin/zsh $USER

Depois reinicie a máquina. Não coloque a reinicialização junta, pois pode haver um apressadinho que esteja colocando os comandos sem ler.

Mas o ZSH, por padrão, é um Shell muito feio em minha visão, mas há o Oh My ZSH, que é um gerenciador de plugins e temas para o ZSH. Para instalá-lo é com os comando:

sh -c "$(wget https://raw.github.com/ohmyzsh/ohmyzsh/master/tools/install.sh -O -)"

Agora, você pode modificar os temas e plugins do seu ZSH. Irei te mostrar 1 plugin e 1 tema para você personalizar o seu ZSH, a sua tarefa de casa é encontrar mais plugins e temas.

Para demonstrar a mudança de tema, irei usar o tema Spaceship para exemplo, aplicar ele no seu ZSH é assim:

sudo apt install git && git clone https://github.com/denysdovhan/spaceship-prompt.git "$ZSH_CUSTOM/themes/spaceship-prompt" && git clone https://github.com/denysdovhan/spaceship-prompt.git "$ZSH_CUSTOM/themes/spaceship-prompt"

Depois desses 2 comandos, será necessário mudar o arquivo ".zshrc", que é o arquivo de configuração do ZSH. Na parte de "ZSH_THEME", será necessário colocar:

ZSH_THEME="spaceship"

Essa configuração, bem no começo do arquivo, com essa mudança, seu terminal ficará assim:
Linux: Personalizando o seu Terminal

Plugins

Agora vamos adicionar um plugin funcional ao nosso ZSH. O plugin que eu escolhi é o "zsh-syntax-highlighting", ele marca em verde quando o comando existe, ou está correto, e em vermelho quando ele não existe ou está incorreto; além disso, se um diretório digitado existir, ele deixa sublinhado.

Para usá-lo é dessa forma:

git clone https://github.com/zsh-users/zsh-syntax-highlighting.git ${ZSH_CUSTOM:-~/.oh-my-zsh/custom}/plugins/zsh-syntax-highlighting

Depois desse comando, será necessário colocar na parte de plugins do seu ".zshrc" o plugin, essa parte já existe por padrão, então procure-a:

plugins=(zsh-syntax-highlighting)

Logo depois disso, se você abrir e fechar o terminal, este plugin já estará funcionando. Agora, o seu trabalho e pesquisar mais plugins e temas para seu ZSH, para assim, o seu terminal ficar personalizado à sua maneira.

Você, inclusive, tem a liberdade para pesquisar outros recursos produtivos, que da mesma forma podem ser personalizados, como o Tmux (multi-terminais na tela) e o Vim (editor de texto via terminal). Conhecendo mais ferramentas e configurações, a beleza e a produtividade vão aumentar.

Muito obrigado por ler!

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Ubuntu Minimal para Usuários Comuns

UNIX - Definição e História

Leitura recomendada

Tutorial de instalação do H3270 (sources) com SSL no RHEL5 (s390x)

MySQL, Apache2, PHP5, phpMyAdmin e o driver de conexão com o NetBeans no OpenSUSE 11.2

Como instalar o SopCast e sua interface QT no Linux

Arch Linux com LVM e encriptação na raiz - Instalação

Mais formatação especial no OpenOffice

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 18/12/2019 - 22:12h


legal seu artigo.
eu uso ZSH, favoritado.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].

[2] Comentário enviado por sacioz em 23/12/2019 - 16:48h

Muito bom ... tentei mas por algum bug de config por aqui naum deu bem...mala suerte...um Feliz Natal e Prospero Ano Novo a todos Admins , usuarios e todos os demais...obrigado mais uma vez...

[3] Comentário enviado por mgustavo em 10/02/2020 - 18:26h

Essa linha que ele pula no tema do "spaceship", me dá uma agonia... -_-

Para retirá-la, com editor de texto acesse o arquivo: ~/.zshrc
No final dele digite: SPACESHIP_PROMPT_ADD_NEWLINE=false

Ah, parabéns pelo artigo.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts