Otimizando a bateria em sistemas Android 2.2/2.3

Se você já usou um celular ou tablet com Android, já deve saber da dificuldade que se tem quanto a bateria. Nesse artigo vou apresentar alguns aplicativos que podem otimizar a bateria e melhorar a sua experiência com esse maravilhoso mundo.

[ Hits: 15.689 ]

Por: Cristiano Costa em 17/10/2011


Introdução, Advanced Task Killer e JuiceDefender



Nesse artigo, espera-se que o usuário tenha conhecimento sobre:
  • Uso de widgets;
  • Download de aplicativos pelo nome através do Android Market.

Advanced Task Killer

O Advanced Task Killer é um aplicativo que tem a finalidade de encerrar eventuais aplicativos que estão rodando em plano de fundo e não são desejados.

Instalação:
  • Efetue o download do aplicativo "Advanced Task Killer" através do Android Market;
  • Inclua o widget do aplicativo em alguma das áreas de trabalho.

Linux: Otimizando a bateria em sistemas Android 2.2/2.3
Configuração:
  • Através do menu, acesse o aplicativo do Advanced Task Killer;
  • Busque pelos aplicativos que não deseja que o Auto Task Killer encerre, como Messenger, Skype etc;
  • Em cada um deles, toque e segure, e toque em "Ignore", para adicioná-lo à lista dos ignorados.

Linux: Otimizando a bateria em sistemas Android 2.2/2.3

JuiceDefender

Esse aplicativo tem finalidade de reduzir o uso da rede e adaptar o sistema para um modo de economia de energia.

Instalação:
  • Efetue o download do aplicativo "JuiceDefender" através do Android Market;
  • Inclua o widget 1x1 do aplicativo em alguma área de trabalho.

Linux: Otimizando a bateria em sistemas Android 2.2/2.3
Configuração:
  • Acesse a aplicação JuiceDefender através do menu;
  • Mude para a aba Status;
  • Altere para "enabled".

Lembrando que o número que aparece no widget do JuiceDefender é uma estimativa do quanto a bateria está sendo poupada. Ex.: 1.4x, indica que a bateria está durando 1.4 vezes mais.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução, Advanced Task Killer e JuiceDefender
   2. 3G Auto OnOff e configurações extra
Outros artigos deste autor

Internet Explorer no Linux 100% funcional

Leitura recomendada

Removendo dependências desnecessárias no Debian

OpenVZ: Virtualização para servidores Linux

Tutorial de Instalação do Módulo Gerente em Servidor FreeBSD

Como instalar o Linux (Debian) no Libretto 50CT

Sincronizando o Linux com Palm USB

  
Comentários
[1] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 17/10/2011 - 16:53h

Cristiano,

Boa idéia alertar para os aplicativos de economia de bateria. Vou seguir pesquisando sobre as alternativas para BlackBerry, pois a baixa autonomia da bateria também é um problema grave, além da baixa de desempenho quando você esquece de "matar" algum aplicativo que esteja fora de uso e fica oculto.

[2] Comentário enviado por chipalinux em 18/10/2011 - 15:25h

ótima dica! parabéns! dicas sobre plataforma android linux sempre são bem-vindas!

[3] Comentário enviado por mslackv em 22/10/2011 - 00:43h

Olá, só uma ressalva, lembrem-se que o Android não é Windows e nem Windows Mobile, Android é baseado no Linux, sendo assim ele possui um excelente gerenciamento de memória. A memória existe para ser usada, se uma aplicação está na memoria consumindo-a, na hora que o vc abrir uma outra aplicação, o próprio SO se encarregará de retirar da memória o processo mais antigo (First-in-First-Out). Muita das vezes ocorre é o efeito contrario, ao invés de consumir menos bateria, acaba é consumindo mais, pois aquela aplicação que ele matou, precisará ser carregada novamente na memória na hora que vc precisar dela. A partir do android 2.2, esses task killer não funcionam a contento, pois o Android não permite mais que um processo seja morto por esses tipos de aplicações. Vale mais apenas desabilitar o acesso a rede por wifi ou 3g e desinstalar aplicações ruins que ficam consumindo cpu. Fonte:http://www.mestreandroid.com.br/task-killers-utilitarios-luxo-android/

[4] Comentário enviado por fmpfmp em 25/10/2011 - 17:12h

É como o colega acima comentou. Programas "gerenciadores de processos" no Android são inúteis e só servem apenas para aumentar o consumo de bateria. O sistema Android é bem agressivo ao exigir recursos dos programas. Se não houver memória livre disponível ele finaliza algum programa que não esteja em uso na memória sem perguntar. Se você precisar abrir o programa novamente ele é executado novamente, como se não estivesse na memória.

O que na prática esses gerenciadores fazem é matar de tempos em tempos processos que foram abertos. Acontece que estes programas voltam a abrir novamente com o passar do tempo, tornando o processo de matá-los completamente inútil.

[5] Comentário enviado por marcelohcm em 10/11/2011 - 10:25h

alguem ai sabe como configurar proxy em um tablet ibak 784? em configurações de wireless > avançado só tem configuração de ip fixo.......


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts