Mamãe, quero Slack! (parte 1)

Esse artigo é um resumo simples e básico de instruções para usuários iniciantes em Linux que querem começar a usar a distribuição Slackware Linux, especificamente as versões 12.0 e 12.1.

[ Hits: 155.492 ]

Por: Xerxes Lins em 10/12/2008 | Blog: https://goo.gl/uu8OUX


Prefácio



Aviso do autor

Todas as informações apresentadas neste artigo são produtos da minha escassa experiência com o Linux e do meu esforço em buscar respostas na internet. Isso quer dizer que o artigo pode conter informações não muito eficientes.

Peço ao leitor que, por gentileza, contribua com o artigo apontando caminhos alternativos, mais eficientes que os aqui apresentados. O artigo é muito simples e básico por dois motivos: um, eu não tenho muito conhecimento sobre Linux. Dois, o artigo foi feito para iniciantes. Quando digo iniciantes, porém, quero me referir à usuários que tenham noções de informática, que saibam o que é uma partição de HD.

Introdução

Além de servir como uma espécie de guia para iniciantes do Slackware, esse artigo tem como segundo objetivo contribuir para desmistificar a falsa idéia de que Slackware é distribuição para quem "manja de Linux".

É verdade que o Slackware não foi concebido para atrair novos usuários, como o Ubuntu por exemplo. Mas nem por isso ele deve ser considerado um sistema inacessível para novatos. Eu sou novato e uso Slackware!

A dificuldade que usuários podem encontrar ao iniciar o uso do Slackware surge da falta de informação sobre comandos e explicações sobre o sistema Linux em geral. Nada que boa vontade e paciência para pesquisar não resolva.

Talvez alguém argumente: "mas eu não quero saber comandos de Linux, eu só quero utilizar". Ok, se é assim, meu conselho é: não use Linux, pois mais cedo ou mais tarde, usuários de Linux vão precisar entender como o sistema funciona e quanto mais cedo vier esse entendimento, melhor. Por tanto, viva o Slackware para iniciantes!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Prefácio
   2. Mini-resumo da história do Slackware e informações adicionais
   3. Slackware vs outras distros
   4. Filhos (e netos) do Slackware Linux
   5. Mamãe, quero Slack!
   6. Instalação do Slackware Linux
   7. Na próxima parte...
Outros artigos deste autor

A Origem dos Nomes

Dando uma nova cara ao Ubuntu

Três distros inspiradas no Mac OS

Tem Facebook? Então tem Joli OS

Um pouco sobre Budgie Desktop

Leitura recomendada

Concatenação, conexão e recursividade de comandos no GNU/Linux

Um pouco sobre transição Windows/Linux

O que é o Linux

Ferramentas Linux indispensáveis no reparo de computadores

Migrando para Linux sem medo

  
Comentários
[1] Comentário enviado por iescodeiro em 10/12/2008 - 17:05h

Muito Bom Artigo!

Eu comecei pelo SLACK, e sofri muito com a configuração...

Mas foi uma boa experiência..

[]'s

[2] Comentário enviado por femars em 10/12/2008 - 17:31h

Já usei vááárias distros, mas slack é a que eu sempre mais gostei, principalmente pela simplicidade!

[3] Comentário enviado por joaofpr em 10/12/2008 - 17:45h

Sou um novato, menos de um ano, comecei com o Ubuntu 7.04, fiquei uns três meses com ele, e pulei direto para o Debian GNU/Linux Unstable.
Estou MUITO satisfeito com ele, mas não sou xiita, vou terminar de ler o seu artigo, que achei excelente (não tenho experiência para saber se há erros, desculpe) e vou experimentar o Slackware sim.

[4] Comentário enviado por removido em 10/12/2008 - 17:59h

Sou mais um dos que ja testou varias distribuições e acabou encontrando no Slackware aquilo que nao foi encontrado em outras distribuições. O Slackware é muito estavel e nao exige muitos requisitos de hardware, eu mesmo rodo ele em um Duron 900 com 256 de Ram e funciona perfeitamente. É claro que pra poder usar ele é necessário perder um tempinho pra fazer toda a configuação no braço, mas isso não é problema, pois até hoje tudo o que prescisei encontrei tudo aqui.
Ao autor deste artigo meus parabens, o artigo foi bem escrito e na votação da minha nota para este artigo não resta dúvida alguma, é nota 10. Desde já estou no aguardo para a segunda parte do artigo.
Parabéns.

[5] Comentário enviado por fabiomattes2011 em 10/12/2008 - 18:03h

Cara sem palavras, quase chorei de emoção ao ler esse artigo, meus parabéns muito bom mesmo, digo isso pq foi a primeira distro que usei na minha vida, e se puder ainda voltarei para ela. Novamente parabéns...

[6] Comentário enviado por renato.leite em 10/12/2008 - 18:09h

Otimo artigo, slackware é muito bom mesmo....

Escrevi a pouco tempo um artigo sobre configuração do slackware:
http://vivaolinux.com.br/artigo/Configurando-o-Slackware-12/

se alguem quizer olhar... so achei estranho a parte em que vc falou em que o slackware 12.1 vem com o kde 4.1 ( não sei se entendi bem ), mas não vem nao cara eu tive, que instalar ele separado para testar ( mas não gostei muito )

mas ficou otimo mesmo o artigo...

[7] Comentário enviado por removido em 10/12/2008 - 18:09h

muito bom,
um dos melhores que já vi aqui !!!!!!!

[8] Comentário enviado por vsmoraes em 10/12/2008 - 18:16h

Ótimo artigo, conquistou minha nota 10.

Slackware é, sem dúvidas, o "queridinho" de muita gente. Mesmo quem não usa, gosta =P
Só uma correção, o Slack possui sim um gerenciador de pacotes. Com o camando "pkgtools" você tem várias opções. A própria instalação faz o uso dos pacotes (.tgz), os famosos pré-compilados. Só que tal gerenciador é muito simples (instala, desinstala e mostra informações), sem as opções de repositórios ou resolulção de dependências.

Dica para o próximo artigo: Dê uma visão geral sobre os outros gerenciadores de pacotes oferecidos. Como o "slapt-get" ou o "swaret".

[9] Comentário enviado por roberdson em 10/12/2008 - 18:32h

Muito bom o artigo, ajuda bastante, to com o Slack instalado aqui, e com o kurumin, bom, o Slack, é sem duvidas melhor e mais estavel, embora o kurumin é meu chodo *-*

[10] Comentário enviado por albfneto em 10/12/2008 - 18:44h

o artigo é muito bom. e passo a passo.
acredito que deva ser colocado entre aqueles artigos principais para iniciantes, do Fábio.
Fica a sugestão!
apenas um esclarescimento, mas não é de slackware.
Gentoo novo tem instalador gráfico que funciona, e o ambiente gráfico atual, default é XFCE.
Slackware não é exatamente a minha praia.
entre os linux manuais, gosto mais de Arch e Gentoo.
testei slackware, mas gosto mais de distros que tem gerenciador de pacotes.
acho slackware trabalhoso, e só tem 32 bits no momento.
e também é um pouco... antigo, um pouco Unix like demais, pro meu gosto, pelo menos
Zenwalk, slackiz, eu testei também, até acho mais fácil.
mas a preferência por uma distro é totalmente pessoal, linux é legal por causa disso.
Slack é um grande linux, é rápido e é estável como pedra

[11] Comentário enviado por pinduvoz em 10/12/2008 - 18:59h

Bom artigo.

Agora, uma grande coincidência: o cara que vende o Slack no ML e foi indicado pelo autor colocou minha screenshot do Slack rodando "guest" no Vista no anúncio. Ele a tirou daqui:

http://vivaolinux.com.br/screenshot/KDE-Slack-no-Vista/

Acham que eu posso cobrar cachê? (rssrrsrs).



[12] Comentário enviado por xerxeslins em 10/12/2008 - 19:34h

Fico feliz por ter conseguido agradar alguns usuário. É muito bom receber palavras de elogio e de incentivo.

diluviorh,

Obrigado por mencionar o seu artigo! Sobre o KDE4.1, realmente ele não vem por padrão, mas ele está presente da versão current. Eu não queria dizer que ele vem por padrão, desculpe pelo mal entendido e obrigado pelo incentivo!

vsmoraes,

Obrigado pela explicação sobre o pkgtools e pela dica!

albfneto,

Legal! Valeu! E obrigado por mencionar que o ambiente padrão do Gentoo é o XFCE.

pinduvoz,

Realmente, uma grande coincidência! Quem sabe ele te dá um desconto na venda de algum produto =P

Abraço a todos

[13] Comentário enviado por albfneto em 10/12/2008 - 21:32h

Pinduvoz, comigo foi parecido... O site distribuicoeslinux, que vende Linux, ao falar do Sabayon, usou o verbete, o texto do Sabayon Linux, em Português do Brasil, tirado da wikipedia...
eu sou o autor do verbete da Wikipedia do sabayon Linux, ep Português! rsrsrrsrs

[14] Comentário enviado por slackrichard em 10/12/2008 - 21:39h

só uma correção o slackware possui sim um gerenciador padrão de pacotes que é o tgz bem como uma serie de ferramentas para seu uso sendo installpkg, removepkg, upgradepkg. na ultima versão ele tem agora o aplicativo slackpkg ( e aqui agradeço ao Piter Punk) como gerenciador padrão, que é capaz de baixar os pacotes via net e atualizar sua distro. O que o slack não tem sobre pacotes em relação aos outro é a resolução de dependencias, pessoalmente não sinto falta disso e até prefiro que seja assim.
No mais Parabéns pelo artigo continue assim.

[15] Comentário enviado por vergil_sparda em 10/12/2008 - 23:22h

Parabéns pelo artigo, gostei muito. Coincidência, acabei de ver no slackware.com slackware 12.2 está oficialmente lançado, vou baixar.

[16] Comentário enviado por fco em 10/12/2008 - 23:26h

Slackware!? - falar o que mais?

Very good! Parabéns ao Xerxes Lins e a nós Slacker - afinal, Slackware 12.2 saído do forno!!!

http://www.slackware.com/announce/12.2.php

Abraço.

[17] Comentário enviado por xerxeslins em 10/12/2008 - 23:51h

huhuhu mal o artigo foi publicado ja ficou desatualizado =P

[18] Comentário enviado por pinduvoz em 11/12/2008 - 00:30h

Ao que eu saiba, é possível atualizar o Slack para "current" (ou 12.2) com o slapt-get.

Não seria preciso fazer uma instalação nova e assim se aproveita o artigo sobre o 12 (e também a ISO baixada).

[19] Comentário enviado por gnu em 11/12/2008 - 03:07h

Quanto mais uso outras distros.. mais eu gosto do slack!!

[20] Comentário enviado por luisneto em 11/12/2008 - 09:07h

ainda não li !!! mas já uma boa iniciativa !!!

[21] Comentário enviado por removido em 11/12/2008 - 09:32h

Boa iniciativa..
...a matéria tá 10, mas apenas 1 erro que eu apontaria.


>BACKTRACK
>Distribuição Linux suíça para Servidores, especificamente.

A Backtrack é uma distro com ferramentas específicas para PENTEST.


============
Quanto a gerenciador de pacotes, eu usei bastante o "slackpkg", e recomendo ele para o Slackware.

[22] Comentário enviado por xerxeslins em 11/12/2008 - 09:36h

Valeu Ironmaniaco! E obrigado pela correção sobre o BackTrack! =D

[23] Comentário enviado por leandromoreirati em 11/12/2008 - 09:50h

O slackware é a PIOR distribuição no quesito administração, se você tem apenas e somente apenas um servidor pra tomar conta é uma beleza, mas se tem três, quatro, cinco servidores a falta de uma arvore de pacotes e de uma ferramenta confiavel de atualização te deixa vendido nos momentso de crise, eu comecei no slackware ainda uso slackware mas para os iniciante ae vai o minha sugestao, usa o slackware como laboratório, pois pra isso ele é otimo pra entender a estrutura do linux o funcionamento do sistema e principalmente a parte de compilação, mas na hora de operar vários servidores o que um administrador relamente precisa e de uma distribuição que de produção, ou seja, consiga alcançar os objetivos de forma rápida e o slackware ainda nao ta preparado pra isso, ele ainda é muito braçal, muito manual.

Att.

Leandro Moreira

[24] Comentário enviado por femars em 11/12/2008 - 10:22h

Leandro Moreira,
Acredito que vc está completamente equivocado, o meu antigo professor de redes, (quem me mostro slack), tem uns 10 server no escritório dele e adivinha, é tudo slack, ele tb monta servidores para outras empresas e adivinha novamente, sim, tudo slack. Se vc não tem conseguido trabalhar com slack, então meu amigo, é problema é com vc!

[25] Comentário enviado por joserribeirojuni em 11/12/2008 - 10:31h

Slackware é simples, otima distro para se conhecer bem um sistema, no momento eu estou usando o mandriva, que em minha opnião é simples é pratica, pra quem não tem muito tempo a perder com configurações basicas do sistema, agora usei durante um bom tempo o slakcware e ainda é minha distro preferida, é realmente uma otima distro.
Muito bom seu artigo, e vou esperar por novos artigos seus, sobre o slackware e é claro que será sobre o 12.2 acabou de sair do forno.
e para quem nõa gosta do slackware ¬¬ ( ca entre nós, tem ausencia de capacidade ).
Abração parabéns !

[26] Comentário enviado por removido em 11/12/2008 - 10:35h

Acredito que vc está completamente equivocado, o meu antigo professor de redes, (quem me mostro slack), tem uns 10 server no escritório dele e adivinha, é tudo slack, ele tb monta servidores para outras empresas e adivinha novamente, sim, tudo slack. Se vc não tem conseguido trabalhar com slack, então meu amigo, é problema é com vc!
===================================================


Cara...devo concordar com o colega acima quanto a facilidade para administração(pois em servers Debian vc utiliza o apt-cacher como cache de pacotes, usa o Spacewalk para gerenciar servidores RPM-based), agora não chega a ser tãaaaaaaaao trágico como ele rotulou de "o pior no quesito administração"...

DISTRIBUIÇÃO é FERRAMENTA. Isso o pessoal esquece as vezes. Não interessa o sistema de pacotes...interessa é se vc sabe utilizar as ferramentas que possui direito ;)

[27] Comentário enviado por fredcrs em 11/12/2008 - 10:37h

excelente
mal posso esperar pela parte2

[28] Comentário enviado por jaimejr1987 em 11/12/2008 - 12:47h

Otimo artigo, sempre são bem vindas contribuições afim de despertar o interece de novos usualios de linux. Alem do mais esse artigo é um bom tutorial a ser seguido por principiantes em linux que querem conhecer o slackware.

[29] Comentário enviado por albertoaalmeida em 11/12/2008 - 12:55h

Bom o artigo..Gostei..

esse link abaixo mostra a instalação do slack

http://www.albertoalmeida.blogspot.com/2008/06/instalao-do-linux.html

Abraços

Alberto

[30] Comentário enviado por eldermarco em 11/12/2008 - 14:11h

Obrigado pelo artigo. Eu estava pensando em mudar para o Slackaware e sair do Fedora. Mas como adoro o Fedora, fica complicado! Esse artigo foi bem esclarecedor!


[31] Comentário enviado por willian.firmino em 11/12/2008 - 14:37h

eldermarco eu tb uso o fedora e o slackware, manda um dual boot ai e pronto,

[32] Comentário enviado por GuilhermeCunha em 11/12/2008 - 16:33h

Só um comentario importante!

A lista do Slackware é uma das melhores na minha opinião... tem sempre muitos profissionais para responder a qualquer duvida relacionada ao sistema... o link é o seguinte:

http://groups.google.com/group/slack-users-br

Viva o Linux!

[33] Comentário enviado por nicolo em 11/12/2008 - 16:38h

Eu rodei o slack, instalei, testei, coloquei o gerenciador de dependência slapt-get e o gslapt, re-compilei, o kernel para High System Timer Definition,
instalei o gnome, configurei internet, escrevi um artigo "slackware descomplicado para iniciantes".
Instalei todos os drivers necessário inclusive o nvidia 3D, multimedia, rosegarden, dvd e muito mais que nem me lembro.
Complilei alguns pacotes que não estavam disponíveis pra programas de criptografia, etc.
O Slack é bonito e charmoso, mais leve que o ubuntu, comparando os dois rodando gnome,mas requer um razoável conhecimento
conceitual da estrutura do linux e instruções específicas para a configuração.
Dizer que é bom é uma coisa, recomendar para principiantes é outra bem diferente. A variedade de pacotes prontos é mais restrita que o
*.deb. As conversões de rpm para tgz, além de maçantes, nem sempre funcionam, mas tem um razoável sucesso.
O melhor site de repositório é o www.slacky.eu é ótimo mas é enrolado. O site é bilingue, metade em inglês e a outra metade em italiano.
Como leio as duas (ou leio o ingles e escaceteio o italiano) não foi problema, mas isso assusta os pricipiantes.
Recomendar o slacky, eu acho legal, agora dizer que é bom para principiante é paixonite aguda.
O artigo poderia ter ido mais fundo na configuração, mas tá charmoso, como o slack.

[34] Comentário enviado por IrioMk em 11/12/2008 - 18:33h

Xerxes Lins, realmente, meu parabéns. Sou usuário novato também (1 ano usando Kurumin e Ubuntu, nessa ordem) e resolvi partir para o Slackware faz alguns dias, desde que eu li um livro que nos "desafiava" a usá-lo para aumentar a experiência.

Esperando pelas outras partes!

[35] Comentário enviado por xerxeslins em 11/12/2008 - 18:37h

Obrigado nicolo,

Realmente... talvez seja paixonite minha! rsrsrsrs
sim, o artigo carece de profundidade e eu deixei isso bem claro na ultima parte quando disse:

"Peço desculpas pela falta de profundidade nos assuntos apresentados, relembro que o artigo foi feito para iniciantes e que eu não entendo muito de Linux."

Além disso, desde o início informei que não tenho grande conhecimento em Linux.

Minha opinião é de que se pode ir a fundo em qualquer distribuição, e dessa forma se pode aprender Linux com qualquer uma. Inclusive com o Slackware. Existe muito para se aprender além desse artigo e eu não sonharia em dizer que meu artigo é completo.... ele é mais tipo um "resumo simples e básico de instruções para usuários iniciantes" como diz a descrição.

Uma coisa que sempre me preocupou desde o início do artigo, enquanto o fazia, era a reação dos que realmente entendem de Linux, como você e que usam o Slackware.... O artigo poderia dar a impressão de menosprezar a dificuldade e o trabalho duro dos que se esforçaram para aprender e usar Slackware.. Me desculpe se causei essa impressão!

Meu objetivo foi o de encorajar o uso do Linux, de quebrar essa idéia de que tudo é muito difícil, afinal todos podem aprender.... mas por onde começar? devemos começar pelo básico e pelo superficial antes de irmos para o avançado.. mas essa parte de ajudar os avançados não é comigo.. nao tenho conhecimento para isso, fiz apenas o que eu pude.

Eu sou iniciante... e uso o Slackware. Nunca compilei um kernel e nunca senti necessidade disso. me dou bem com os pacotes pre-compilados e com alguns repositorios do slapt-get - inclusive o slacky.com. E sei que os repositorios do debian e do ubuntu sao incrivelmente maiores. Uso XFCE, nao gosto do Gnome, mas já instalei o dropline e o Slackbuid e isso é muito fácil de fazer. Mas estou satisfeito com minha distro mesmo sem ter grande conhecimento de Linux.

O que impede o iniciante de usar Slackware? acho que nada... ele só precisa de instruções e boa vontade. Por isso eu recomendo sim para iniciantes, como qualquer outra distro - a ideia de falar sobre o slack eh pq eu gosto mais. Mas qualquer distro pode ser o ponto de partida, isso é o menos importante.

No SENAI aqui na minha cidade existe um curso de Linux - para quem nunca usou Linux - e a distribuição utilizada para ensinar o Linux é Slackaware!

Penso que é um pouco de preconceito achar que o Slackware deva ser uma distro para ser utilizada depois que o usuário passar por outras distros mais amigáveis... como se fosse um novo estágio de evolução. Assim como tem gente que manja de Linux e prefere usar Ubuntu, tem gente que não manja muito e pode usar Slackware. É questão de gosto, de curiosidade de cada um.




[36] Comentário enviado por nick em 12/12/2008 - 08:43h

Quero ver instalar Slack com 16MB de Ram. Vai rodar o que? Só bash né? KKKKKKKKK
Teve um cidadao ali em cima que o Slack é pessimo em administração de servidores quando a gama é maior. Ok, temos um cage no datacenter onde trabalho, veja bem, eu disse UM CAGE de centenas, que só de servidores de PRODUÇÂO (Exim-Qmail) tem uns 80. Nunca deu problema no quesito administração. Usei Slack da versao 8, suas atualizações, até a 9, quase chegando na versao 10 e te digo uma coisa: Nao volto mais pro Slack nao. To usando Debian, to feliz, chega de ficar se matando e é isso ai.

[37] Comentário enviado por nicolo em 12/12/2008 - 12:07h

Xerxelins. Numa situação em que o iniciante tem professor para ensinar, minha opção também seria o Slack, porque
nele os fundamentos do linux são evidenciados. Noutra situação em que o jovem inciante peita a coisa somente
com a cara e a coragem uma distro mais suave seria preferível.
Como você escreveu só a primeira parte ficamos aguardando a senda parte.
Parabéns

[38] Comentário enviado por xerxeslins em 12/12/2008 - 12:12h

nick,

obrigado pela correção. O mínimo para o Slackware é 64MB RAM de acordo com a página oficial =)

nicolo,

é tem a questão professor... não pensei nisso. Valeu!

[39] Comentário enviado por CerberusBH em 12/12/2008 - 15:40h

Comecei no Conectiva, passei também por Mandrake, Kurumin, Red Hat, e um belo dia resolvi encarar o Slackware com a cara e a coragem.
Resultado: me apaixonei pelo Slackão!!!
Uso o Slackware desde a versão 10. E aprendi muito mais no Slackware do que em qualquer outra distribuição que usei.
Para quem quer aprender Linux, recomendo o Slackware.
Outra coisa: Hoje em dia, qualquer servidor, proxy, firewall que implanto, só uso Slackware.
Abraços!

[40] Comentário enviado por marcos.ramos em 13/12/2008 - 11:00h

já usei Slackware, Debian,Ubuntu, Fedora, openSuSE, PCLinuxOS, Gentoo, Kurumin, Kubuntu, centOS.

slack é uma ótima distro, sim. mas ainda prefiro meu bom Arch Linux ;)

Pra usar o arch vc tem que sabe bastante coisa, mas depois de configurado é mandar um pacman -Syu e esqueça esse negócio de baixar CD pra nova versão :P

parabéns pelo artigo :P

[41] Comentário enviado por dbahiaz em 13/12/2008 - 12:22h

Muito bom o seu artigo, servira de ótima referência para que for iniciar slack, parabéns!
Mais concordo com o nicolo!

[42] Comentário enviado por riesdra em 13/12/2008 - 14:59h

Olha já usei Conectiva, Kurumin, Mandrake [hoje Mandriva], Fedora, Ubuntu, Slackware, Debian e Arch Linux.
Reconheço a estabilidade, segurança, leveza que Slackware tem, mas não o achei nada prático por isto resolvi conhecer Debian e estou com ela até hoje. Vejo no Arch uma ligação dos dois mundos [Slackware/Debian], mas tive alguns problemas no sistema usando Arch, pelo que eu vi eles andaram fazendo algumas mudanças que agradaram alguns e desagradaram outros, teve a questão de implantarem o kdemod4 quando ainda não estava tão testado, que acabava quebrando o sistema, problema já resolvido, e algumas outras coisas, tenho em mente testar novamente um dia, mas por enquanto fico com Debian no Desktop/Servidores, e tenho como opção para servidores também Slackware.
pois na minha opinião eu vejo estas distros para servidores, Debian, Slackaware e CentOS. # minha opinião.
é isso ai abraços, e estou esperando a segunda parte.

[43] Comentário enviado por xerxeslins em 13/12/2008 - 15:20h

Realmente... o bom do Debian, Arch Linux, Ubuntu.... é que possuem uma forma fácil de instalar programas e de atualizar o sistema. Mesmo após instalar o slapt-get no Slackware (gerenciador idêntico ao apt-get do Debian para Slackware), ele não conta com tantos repositórios... porém, para quem prefere estabilidade e simplicidade, e não se importa com o trabalho braçal.. o Slackware é perfeito - minha opinião.

[44] Comentário enviado por fulllinux em 14/12/2008 - 00:25h

Aew xerxeslins,

Belo trabalho...e deixa de se fazer de vítima com tanta modéstia, rss... você é um dos caras deste forum que vejo que mais se dedica a estudar esse apaixonante mundo Unix/Linux...portanto você manja sim senhor.

Já faz algum tempo que vejo seu artigo aqui na home do VOL, mas tinha tido tempo para comenta-lo, portanto meus parabéns por esse sucesso que você fez com esse seu artigo, e assino em baixo em cada palavra que declarou, só a minha preferencia que é diferente da sua, pois amo o Slackware e você o Zenwalk, portanto somos irmãos (ou melhor vc é meu filho), rss...

E chega de falar que Slackware é o cara, pq quem o configura uma vêz pode perceber como ele é simples em tudo...

Ótimo artigo, e agora estou ansioso para ver o próximo ao qual você promete no seu artigo.

Abraço, meu filho de distros XP

[45] Comentário enviado por xerxeslins em 14/12/2008 - 00:47h

fulllinux, hauehuaehuahe!

Obrigado pelo incentivo =]

Verdade que eu passei por um período em que o Zenwalk era a minha distro principal, apesar de tê-la conhecido depois do Slackware, só que isso mudou. O Zenwalk é muito bom - o netpkg é show!, mas ultimamente tenho preferido o Slackware. Deixei o Zen como segunda opção. Hoje eu uso o Slackware com o XFCE. Pode ser que eu mude novamente... mas não por enquanto.

Isso quer dizer que somos irmãos! =D

E é você quem é um conhecedor de Unix/Linux. Seu conhecimento é bem abrangente. O meu é muito restrito.

Abraço, irmão!




[46] Comentário enviado por Marcus-RJ em 14/12/2008 - 13:31h

Bem bacana o artigo, dá uma espairecida para quem é inciante e acrescenta informações aos mais antigos. valeu a inciativa e que continue a sua "trilogia". Bom as pessoas saberem que há vida no linux por de baixo das novas ferramentas gráficas de configuração, e do seu verdadeiro poder.

Entretanto não entendi de onde você tirou a informação bastante presente no item 3 (Slackware vs outras distros).

"Bugs: considerado livre de bugs. "

Sinceramente, não sei de onde você tirou isso, mas com certeza a informação está incorreta. Até mesmo a informação que o Arch e o Ubuntu possuem alguns "bugs" estão em desacordo com a realidade.

Todo sistema operacional/distribuição possuem bugs, e não são poucos. Dizer que o slackware, zenwalk ou quem quer seja não tem bugs, é mais do que eufemismo, é loucura.

Se fosse assim não existiria a seção errata (know issues) em lançamento de cada distribuição, atualizações de segurança e o própio bugzilla. Até mesmo um dos sistemas considerados mais seguros, que é o OpenBSD, possui vulnerabilidades e bugs. Mínimas, mas possue, que dirá o slackware! Seria bom que na segunda edição deste seu artigo você corrigisse isso, pois não é um erro qualquer. Seria um bug do artigo?? rsrsrs...


Abs, fiquem com Deus!

[47] Comentário enviado por xerxeslins em 14/12/2008 - 21:56h

Marcus-RJ, valeu pelo elogio! Sim, minha intenção era fornecer um conjunto de dados sobre o Slackware para incentivar o uso do Linux. E sim, você acertou, pretendo fazer uma trilogia =)

Tentarei justificar de onde retirei as informações sobre os bugs.

Eu sei que nenhuma distro é perfeita... mas quando se lança uma distro que não é beta, imagino eu que ela possa ser considerada livre de bugs, pois foi previamente testada. Mesmo que tenha bugs, ela é considerada livre deles. Porém, dentre essas consideradas livres de bugs, algumas são mais estáveis que outras, isso é fato. Encontrei pequenos problemas em outras que não encontrei no Slackware. Para essas mais estáveis, como o Slackware, resolvi dizer: "completamente livre de bugs", e para as outras escolhi dizer: "considerada livre de bugs". Foi uma forma de destacar que algumas são mais estáveis que outras. Na prática mesmo não existe nada perfeito...

Eu fiz uma sessão errata para a segunda parte do artigo sim, mas infelizmente não posso mais modificar porque eu já enviei o artigo para fila de espera.

E você está certo, meu artigo possui bugs! Muitos dos leitores contribuíram com comentários me corrigindo, e eu acho isso ótimo! Espero que descubram mais erros. Na terceira parte do artigo tentarei lembrar de fazer uma errata geral, englobando os erros da primeira e da segunda parte.

Obrigado e abraço!



[48] Comentário enviado por vitoleandro em 15/12/2008 - 21:09h

Cada vez mais se tornando um expert em slack e derivados, meus parabens

[49] Comentário enviado por xerxeslins em 15/12/2008 - 21:11h

Valeu pela força Leandro! =]

[50] Comentário enviado por GilsonDeElt em 20/12/2008 - 19:57h

parabéns pelo artigo, xerxeslins

eu cheguei no Linux há uns 2 anos, no meu 1º PC, com o Conectiva 10.
3 meses depois, botei Slack 11.0 e fui aprendendo
não sei tudo, mas aprendi bastante =)

artigos como esse ajudam quem está chegando
se você quiser uma ajuda pra "parte 3" desse artigo, é só me falar =)
flw

[51] Comentário enviado por xerxeslins em 20/12/2008 - 23:57h

Valeu GilsonDeElt!

A terceira parte vai ser lançada com um intervalo um pouco maior de tempo, pois eu irei viajar. Mas assim que voltar irei me dedicar novamente no artigo. Que bom saber que você está disponível para ajudar!

[]'s

[52] Comentário enviado por M4we1s em 25/03/2009 - 15:36h

Muito bom o Slack

eu que não tinha quase nada de experiencia com linux baixei uma apostila e instalei passo a passo um pouco complexo para quem não conhece agora não o largo


abs

[53] Comentário enviado por eddye00 em 04/04/2009 - 15:00h

xerxeslins, ótimo artigo. Bem completo e objetivo.
Esses passo-a-passo que me ajudaram na instalação/configuração do slackware quando comecei.

Parabéns !

[54] Comentário enviado por xerxeslins em 04/04/2009 - 15:12h

Valeu edsandro :)

[55] Comentário enviado por Lisandro em 08/07/2009 - 08:35h

Ótimo

[56] Comentário enviado por silvadouglas em 04/10/2009 - 13:34h

Cara na real, esse foi um dos melhores artigos (se não o melhor) que eu li aqui no vol. Sem desmerecer a nenhum outro.

Sou um usuário - ou + intermediário no linux, mas sempre tive vontade de utilizar o Slack mas tinha "medo" dessa instalação em tela preta. Achava que ele era o "DIABO" em forma de S.O. Eu estive pensando a algum tempo sobre as formatações freqüentes que tenho que fazer na minha máquina porque, uso Rwindows pra jogar e Ubuntu pras tarefas do dia-a-dia, até jogo nele também. Faço as formatações pra testar uma distro ubuntu nova e no windows porque zoa mesmo só com jogo (pra variar). Estou esperando meu HD novo chegar pois o meu atual só falta explodir de tanto badblock.

Enfim, Estava pensando em uma distribuição que eu configurasse mas que ficasse 100% durante muitos anos, sem ter que ficar formatando e acabando com meu HD.

Estou decidido agora a usar o Slack!!!!! Eu só precisava de um empurrão pra trocar de distro.

Parabéns.

[57] Comentário enviado por annakamilla em 19/12/2009 - 21:46h

só acho que voce faltou abordar o debian na comparação entre sistemas.

mas to morrendo de vontade de instalar o bt3, ainda mais que reconhece a minha máquina inteira, ate a geforce.

[58] Comentário enviado por removido em 25/08/2012 - 17:47h

Achei interessante a interpretação do cachimbo. Só adicionando que o termo "Slack" se refere à igreja dos SubGenius, a qual Patrick Volkerding faz parte. O cachimbo faz parte desta simbologia também. :)
Vejam só:
http://www.slackware.com/~msimons/slackware/grfx/shared/slack-penguin-color.gif
http://www.slackware.com/~msimons/slackware/grfx/shared/slack.cannibal.banner.jpeg
http://www.subgenius.com/

[59] Comentário enviado por aleroxac em 26/02/2015 - 17:10h

Realmente muito bom o artigo.Estou envolvido com Linux faz cerca de 1 ano, então não tenho muita experiência, fiz um dual boot do Windows 7(Não consigo largar so games) com Ubuntu 14.04 LTS no meu notebook, estava pensando em começar a brincar com o Linux From Scratch, mas depois de ler este artigo(e com certeza ler os outros 2, além do "O Guia do Slackware"), creio que primeiro eu vá me dedicar um pouco mais na linha de comando e entender como funciona as "entranhas" do Linux através do Slackware, mesmo que, por enquanto, seja em uma VM.E então quando eu perceber que estou realmente amaldiçoado por Patrick Volkerding, começarei a criar minha distro do zero com o LFS..seria interessante usar as qualidades do Slackware para tapar os "buracos" do Debian, em uma nova distro.

Mais um fragmento para contruir o quebra-cabeça do conhecimento....Rumo ao LPIC-1 \o/

[60] Comentário enviado por listeiro_037 em 08/06/2015 - 00:39h

Excelente. Deste ponto vou ler as próximas duas partes.
Eu diria que deveria ter um artigo falando sobre quais pacotes não instalar. Mais para quem está conhecendo.
A instalação Full do Slackware pode deixar muitos daemons ativados e muitas portas abertas.
Deve-se desativar estes daemons ou remover seus pacotes, exceto se forem usados, por exemplo, um serviço de e-mail ou um servidor HTTP. Quem sabe um SSH.
Isto não é bom.

--
Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden

[61] Comentário enviado por xerxeslins em 08/06/2015 - 08:01h


[60] Comentário enviado por listeiro_037 em 08/06/2015 - 00:39h

Excelente. Deste ponto vou ler as próximas duas partes.
Eu diria que deveria ter um artigo falando sobre quais pacotes não instalar. Mais para quem está conhecendo.
A instalação Full do Slackware pode deixar muitos daemons ativados e muitas portas abertas.
Deve-se desativar estes daemons ou remover seus pacotes, exceto se forem usados, por exemplo, um serviço de e-mail ou um servidor HTTP. Quem sabe um SSH.
Isto não é bom.

--
Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden


Obrigado pelo comentário! :D


[62] Comentário enviado por removido em 13/04/2017 - 16:42h

Parabéns! Ótimo artigo.

Não sabia que tinha slackware live - 2.6G

http://bear.alienbase.nl/mirrors/slackware/slackware-live/


[63] Comentário enviado por xerxeslins em 14/04/2017 - 08:34h


[62] Comentário enviado por meianoite em 13/04/2017 - 16:42h

Parabéns! Ótimo artigo.

Não sabia que tinha slackware live - 2.6G

http://bear.alienbase.nl/mirrors/slackware/slackware-live/




Eu ainda não usei!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts