Mais formatação especial no OpenOffice

Neste 6° tutorial, aprenderemos a utilizar um recurso muito útil do OpenOffice, que é a pré-formatação de texto (estilista), assistentes e o corretor ortográfico.

[ Hits: 38.156 ]

Por: Perfil removido em 11/06/2005


Estilista



É um recurso de formatação pré-determinada pelo OpenOffice, sem necessidade de focar item por item de nosso texto. Para ativar o estilista, você pode:

a. Clicar no ícone, na barra própria:


b. Clicar em "formatar -> estilista"

c. teclar F11

Veja a janela do estilista para você poder conhecer suas partes:


Com diversos estilos para parágrafo, caracter, moldura, página e numeração, preenchimento completo, novo estilo a partir da seleção, atualizar estilo, pré-formatações para cada estilo e modo de aplicação selecionáveis, clicando nos seus respectivos botões identificados na imagem acima. Clique neles e vá observando calmamente os sub-itens que eles possuem.

As combinações são inúmeras entre os diversos estilos, impossibilitando-nos de apresentar uma descrição detalhada. Porém, vamos dar alguns exemplos práticos.

Enfatizamos que este recurso pode ser utilizado antes ou depois do texto ter sido escrito. Neste último caso, deve-se selecioná-lo antes, para o estilista fazer as alterações necessárias.


Selecionamos o parágrafo desejado, pressionamos 'F11', escolhemos "estilo de caracter -> ênfase' e clicamos nele. O resultado fica assim:


Clicando em "estilos de numeração -> numeração 4", o resultado passa a ser esse:

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Estilista
   2. Assistentes
   3. O corretor ortográfico
   4. Criando um dicionário personalizado
Outros artigos deste autor

LookXP-IceWM - Linux leve e com cara de XP

Avaliando as dicas de segurança do Banco do Brasil

Backup automático em Shell Script

Customizando o DVD de instalação do Slackware

Xadrez no Linux - Os melhores programas para jogar e estudar

Leitura recomendada

Explorando o wget

Nagios - Um poderoso programa de monitoramento de rede (parte final)

Instalando e usando o GNUstep no Linux

Instalando o CACIC no Debian Linux

Desvendando o editor Vim

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário