Mageia Linux 8

Mageia é uma distribuição Linux recente, com lançamento em 2010. Embora suas verdadeiras origens sejam de 1998, ou seja, com o lançamento do Mandrake Linux. Conheça melhor o Mageia na sua versão 8 com o KDE Plasma.

[ Hits: 408 ]

Por: Diego Mendes Rodrigues em 11/01/2021 | Blog: https://www.linkedin.com/in/diegomendesrodrigues/


Introdução



Mageia é uma distribuição Linux recente, com o lançamento em 2010, embora suas verdadeiras origens sejam de 1998, ou seja, o lançamento do Mandrake Linux. A equipe de desenvolvimento do Mageia pretendia, inicialmente, dar continuidade aos projetos Mandrake e Mandriva, sendo que eles conseguiram disponibilizar uma distribuição sólida e muito bem aceita junto aos amantes Linux.

Apesar de ser recente, a distribuição Mageia tem uma história bem peculiar. Quando, em setembro de 2010, a Mandriva foi adquirida por uma empresa Russa, os desenvolvedores europeus sediados em França foram despedidos. Como ficaram sem emprego, eles fundaram uma pequena comunidade e com o início do Mageia, com o objetivo de dar continuidade aos projetos Mandrake e Mandriva. Atualmente, esta distribuição recebe boas críticas em suas avaliações, sendo apontada como uma excelente opção para o ambiente desktop.

Mesmo assim, a Mageia tem sido uma distribuição com uma aceitação impressionante, tendo recentemente, em novembro de 2017 atingido o 4º lugar do ranking da DistroWatch e atualmente está na 24ª posição.

Instalação

A Mageia tem fama de ter um excelente aplicativo de instalação, o que é uma realidade, disponível a partir do live-CD/DVD. Desta forma, para instalar basta realizar o download de uma imagem ISO do site Mageia.org e posteriormente, gravar este arquivo em um CD, DVD ou pendrive. Depois, inicie o seu computador, selecione o boot pelo CD/DVD/pendrive, seguindo na sequência a instalação.

Links de download da versão 8 Beta 2

Mageia 8 com GNOME, KDE Plasma ou XFCE:
Mageia 8 com KDE Plasma:
Mageia 8 com GNOME:
Mageia 8 com XFCE:

Novidades da versão 8

Dentre os ambientes desktop suportados pelo Mageia, podemos listar o KDE, GNOME, XFCE4, LXDE, Razor-Qt, Enlightenment, MATE, LXQT e o Cinnamon, atendendo os mais diversos tipos de usuários.

Já os principais aplicativos são o Firefox, LibreOffice, Gimp, X.org, PHP, Apache, MySQL, MariaDB, dentre diversos outros.

Ao instalar o ambiente KDE Plasma 5.20.4, você terá um desktop com esse visual:
Linux: Mageia Linux 8
Ao iniciar o Mageia, existe um assistente onde o usuário pode realizar a atualização do sistema operacional, instalar os aplicativos, ver as configurações, além de outras ações interessantes.
Linux: Mageia Linux 8
O Kernel do Linux instalado é na versão 5.9.12, além de diversas outras ferramentas:
Linux: Mageia Linux 8
Desenvolvedores podem instalar suas IDEs, para trabalhar com suas linguagens. Realizei a instalação do IntelliJ IDEA para o Java e do PyCharm para o Python.
Linux: Mageia Linux 8
Linux: Mageia Linux 8
A suíte de escritório LibreOffice já está instalada por padrão:
Linux: Mageia Linux 8

Conclusão

Esta é uma boa distribuição Linux, que pode ser utilizada para a navegação na internet, trabalhos de escritório, edição de imagens, ou no desenvolvimento de software.

E você, utiliza ou conhece o Mageia?

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

13 dicas de segurança para o Apache

Ubuntu Linux 20.04.1 LTS

Padrões Abertos e Interoperabilidade na Geotecnologia

DebEX - Debian 10 com o Budgie Desktop 10.5 e Linux Kernel 5.7

Storj - Armazenamento na Nuvem utilizando a tecnologia Blockchain

Leitura recomendada

Linus Benedict Torvalds

Ubuntu Studio 10.04 conheça e instale

Monitorando a saúde de HD e SSD com HDSentinel

OpenLDAP: Instalando um servidor de diretórios com replicação (SyncRepl)

Gerenciamento de pacotes Debian - principais comandos LPIC-1

  
Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 11/01/2021 - 20:16h


Já ouvi falar do Mageia. Mas nunca usei efetivamente.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[2] Comentário enviado por nandosilva em 11/01/2021 - 20:40h

Na passado usei o Mageia 4 durante um tempo, muito boa distro. E mais distante ainda já usei várias versões do Mandrake, que era a sensação na época sendo muito fácil o seu uso.

[3] Comentário enviado por caffilho em 11/01/2021 - 22:23h

Excelente artigo, utilizo o Mageia desde a versão 3, é uma excelente distribuição muito estável e tem um excelente KDE, vale a pena testar.

[4] Comentário enviado por pinduvoz em 12/01/2021 - 00:49h

Ele tinha as ferramentas de configuração do Mandrake, as famosas "Drac Tools". Elas ainda existem?

[5] Comentário enviado por apimente em 12/01/2021 - 13:47h

Eu uso Mageia desde o lançamento da primeira versão - usava Mandrake e depois Mandriva - para mim é a melhor.

[4] Comentário enviado por pinduvoz em 12/01/2021 - 00:49h

Ele tinha as ferramentas de configuração do Mandrake, as famosas "Drac Tools". Elas ainda existem?


Sim, existem e são usadas - o painel de controle herdado do Mandrake permanece firme e forte.

[6] Comentário enviado por diegomrodrigues em 12/01/2021 - 16:12h


[3] Comentário enviado por caffilho em 11/01/2021 - 22:23h

Excelente artigo, utilizo o Mageia desde a versão 3, é uma excelente distribuição muito estável e tem um excelente KDE, vale a pena testar.


Realmente muito boa com o KDE.

[7] Comentário enviado por clodoaldops em 12/01/2021 - 20:53h

Usei do 1ao 4


Contribuir com comentário