JOOMLA no openSUSE em 10 passos

Esse artigo tem a função de auxiliar quem encontra dificuldades em instalar o Joomla no openSUSE. Ele não irá aprofundar na instalação do Joomla em si, pois citarei um artigo que o faça, mas trabalhará os pré-requisitos para a mesma. O Joomla está na sua versão 1.6 e o sistema operacional openSUSE em sua versão 11.3.

[ Hits: 9.395 ]

Por: Leandro Gregory em 10/02/2011


Início



Esse artigo ajuda quem está tendo dificuldades para instalar o Joomla no openSUSE. É uma contribuição ao artigo Instalando o CMS Joomla que diga-se de passagem, foi um dos melhores, ou o melhor que encontrei na internet.

Supondo que esse artigo que citei já auxilia e muito na instalação, vou colocar aqui apenas algumas características para a instalação no openSUSE.

Observação: Antes de prosseguir, para quem está se aventurando no openSUSE (meu xodó :D ) e é marinheiro de primeira viagem, por favor verifique os repositórios da comunidade, se estão instalados e atualizados, ou terão dificuldades. Além disso a atualização do sistema operacional e software é muito importante para correção de erros.

Passo 1: Baixe o Joomla do site:
# wget http://joomlacode.org/gf/download/frsrelease/13869/60198/Joomla_1.6.0-Stable-Full_Package.zip

Passo 2: Instalando os componentes necessários.

# zypper install apache2 mysql php5 php5-mysql php5-zlib

Passo 3: Extraia a instalação do Joomla no diretório default de arquivos do apache2:

# mkdir /srv/www/htdocs/site_da_vizinha
# unzip Joomla_1.6.0-Stable-Full_Package.zip -d /srv/local/www/htdocs/site_da_vizinha/


Passo 4: Verificando se o Apache fez referência ao PHP:

2.1) Abra o arquivo /etc/apache2/sysconfig.d/loadmodules.conf e verifique se ele possui essa linha. Caso não possua, coloque manualmente no final.

LoadModule php5_module    /usr/lib/apache2/mod_php5.so

Atente-se para a pasta /usr/lib/apache2/ e não /usr/lib/apache2-prefork/, pois a maioria ou todas que estarão lá será nessa segunda.

2.2) Abra o arquivo /etc/apach2/httpd.conf e inclua na linha DirectoryIndex as palavras:

index.cgi index.php index.php4

2.3) Abra o arquivo /etc/sysconfig/apache2 e inclua (provavelmente já esteja) na linha ApacheModules="actions..." a palavra:

php5

Passo 5: Iniciando os serviços necessários:

# service mysql start
# service apache2 start


Dessa forma manualmente, o serviço irá se encerrar no logoff, é necessário configurá-los para inicializar junto com o SO. Procure como fazer isso manualmente aqui no Viva o Linux caso tenha um servidor em modo texto.

Caso não, basta ir yast2 > System Service (runlevel)* > selecione os serviços mysql e apache2 e os habilite. Além de inicializar os serviços no mesmo instante, eles vão inicializar com o sistema. É necessário dar ok na confirmação que vier posteriormente.

* System Service (runlevel) no openSUSE traduzido creio eu que chame serviços de inicialização. Ele fica na subdivisão do yast denominada SISTEMA e seu ícone são três barras verticais verde, laranja e vermelha.

Passo 6: Colocando senha para o root no MySQL e criando um usuário com os mesmos privilégios (para fins de desenvolvimento):

# mysql -u root

Atribuindo senha para o root:

mysql> use mysql
mysql> UPDATE user SET Password=PASSWORD('senha') WHERE User='root';
mysql> FLUSH PRIVILEGES;
mysql> quit

Testando a senha e criando um usuário para o Joomla:

# mysql -u root -p 'senha do root criada'

mysql> use mysql
mysql> CREATE USER 'user_joomla'@'%' IDENTIFIED BY 'senha';
mysql> GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO 'user_joomla'@'%' WITH GRANT OPTION;
mysql> FLUSH PRIVILEGES;

Mas para que isso? No meu caso, eu criei um servidor de testes para o Joomla, usando uma máquina virtual em modo bridge. Às vezes o MySQL por questões de segurança não deixa a instalação do Joomla acessar o banco de dados. O @'%' garante o acesso do user_joomla de qualquer host. Portanto o usuário a ser utilizado na instalação do banco de dados do Joomla é o user_joomla e não o root.

Passo 7: Criando o banco do Joomla

mysql> create database Joomla;

Passo 8: Dando permissão ao Apache acessar a pasta do Joomla:

# chown -R wwwrun /srv/www/htdocs/site_da_vizinha/

Passo 9: Configurando a instalação

Acesse:

http://Ip-do-Servidor-Joomla/site_da_vizinha/

e siga as dicas do artigo já citado: Instalando o CMS Joomla

Passo 10 - Seja feliz!

Agora acesse sites como www.joomla.com.br e aprenda mais sobre essa ferramenta. Boa sorte!

Fontes:
"A emoção da caça fica comprometida quando a presa tem pernas curtas" - Calvin & Hobbes.

   

Páginas do artigo
   1. Início
Outros artigos deste autor

Serviço alternativo de baixo custo: Samba + Windows XP + registros de bloqueio

Leitura recomendada

A simples classe Date Operations

Solução open source para clínicas médicas

Debian com Apache, PHP4, PHP5 e MySQL

Instalação do MediaWiki em uma Project web do SourceForge

Uma introdução à biblioteca GD

  
Comentários
[1] Comentário enviado por paulorvojr em 11/02/2011 - 02:02h

muito bom, sempre é bom ajudar os com dificuldades e tudo mais.

mais isso é mais um artigo de como criar um ambiente(serviços e servidor) para hospedar o cms joomla,
instalar joomla que é bom nada.

mas ta valendo, belo trabalho.

Abraços

[2] Comentário enviado por [gregory] em 11/02/2011 - 21:27h

O artigo é voltado para os pré-requisitos no OpenSuse. É uma contribuição muito modesta ao artigo de Hermes Nunes. Desde a criação do ambiente, até o processo organizacional requerido dentro do cms, na minha opiniao, faz parte do processo de instalação.
Obrigado pelo comentario
Abraços.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts