Guia rápido VI

Este artigo tem como objetivo mostrar os comandos mais usuais do editor "vi". É como o próprio nome diz, um guia rápido de consulta, bem simples, porém eficiente para achar aquele comando que às vezes esquecemos. Façamos bom proveito! :-)

[ Hits: 233.204 ]

Por: Alex Alves de Siqueira em 04/12/2004 | Blog: http://siqueira.alex.googlepages.com/


Guia rápido VI



Dispensa comentários a função dos "guias rápidos".

Este tem a função mostrar as principais funções do vi.

Estes comandos foram todos testados em Solaris e não tive tempo de testar no Linux ainda. Se alguém tiver alguma correção, por favor, entre em contato.

Funções de procura

  • /<expressão> => começa a procura pelo início do arquivo do termo "expressão"
  • ?<expressão> => começa a procura pelo final do arquivo do termo "expressão"
  • n => procura a próxima palavra
  • N => inverte o sentido da procura

Movimentação e inserção de texto

  • :3,9d => apaga as linhas de 3 a 9
  • :4,7m 11 => move as linhas de 4 a 7 para a linha 11
  • :2,6t 11 => copia as linhas de 2 a 6 para a linha 11
  • :2,7w <file> => escreve as linhas de 2 a 7 para o arquivo "file"
  • :r <file> => lê o arquivo 'file' e insere seu conteúdo no documento atual.

Adicionar/apendar texto

  • a => apendar texto depois do cursor
  • A => apendar texto no final da linha
  • i => inserir texto antes do cursor
  • I => inserir texto no começo da linha

Mudar texto

  • cw => muda uma palavra
  • 3cw => muda 3 palavras
  • C => muda uma linha
  • r => sobrescreve um caractere
  • R => sobrescreve a linha inteira
  • :%s/<old>/<new>/g => muda todas as ocorrências da expressão "old" para a expressão "new"

Cancelar uma função

  • u => desfazer a última operação
  • . => repete a última operação

Salvar arquivos e sair

  • :w => salvar da memória (buffer) para o disco (arquivo)
  • :q => sair do editor
  • :wq => salvar e sair do editor
  • :x => salvar e sair do editor
  • :e! => reeditar, desprezando as mudanças
  • ZZ => salvar e sair do editor

Movimentação de tela/linha

  • 0 => vai direto para o começo da linha
  • ) ou $ => vai direto para o final da linha
  • g (Linux) => vai para a primeira linha do arquivo
  • G => vai para a última linha do arquivo
  • 5G => vai para a linha 5

Copiar e inserir textos

  • yy => copia um linha
  • 5yy => copia 5 linhas
  • p => cola abaixo do cursor
  • P => cola acima do cursor

Adicionar novas linhas

  • o => abre uma nova linha para edição abaixo do cursor
  • O => abre uma nova linha para edição acima do cursor

Apagar texto

  • x => apaga um caractere
  • dw => apaga uma palavra
  • dd => apaga uma linha
  • 5dd => apaga 5 linhas
  • dG => apaga do cursor até o final do arquivo

Configurações da sessão

  • :set nu => mostra o número de linhas
  • :set nonu => desliga o comando acima
  • :set all => mostra todas as configurações
  • :set list => mostra os caracteres ocultos

Rolagem do texto

  • CTRL+f => rola uma tela para baixo
  • CTRL+b => rola uma tela atrás
  • CTRL+d => rola meia-tela (1/2) para baixo
  • CTRL+u => rola meia-tela (1/2) atrás

Agora é só se divertir!!!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Guia rápido VI
   2. Agradecimentos
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Zabbix 2.2 no CentOS 6 via repositório EPEL - Instalação e configuração

Configurando o Lopster

Instalando o Qemu + kqemu no Ubuntu Breezy 5.10

WindowMaker forever: instalando o fork -crm no Slackware 13.37

Apresentando a programação orientada a objetos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por daaugusto em 04/12/2004 - 11:44h

O Vi/Vim tem uma curva de aprendizado razoavelmente íngreme, mas todo esforço é compensado em dobro na produtividade e velocidade de edição. Simplesmente fantástico, uso-o para qualquer tarefa que envolva a edição de texto, das mais simples (como editar linha de comandos) até mesmo a programação ou escrita de uma tese em LaTeX.

[2] Comentário enviado por m4sk4r4 em 04/12/2004 - 14:29h

Olá Alex,

Cara muito bom o artigo, como o prórprio título do artigo diz, servi como um guia de referência, pois eu já usava o vim a um tempinho ai, mais não explorava todos esses recursos, fui lendo o artigo e praticando aqui, agora aprendi um pouquinho mais, tá de parabéns meu irmão.

t+
[]'s

[3] Comentário enviado por lacierdias em 04/12/2004 - 18:06h

Muito o o artigo

[4] Comentário enviado por pereira.celso em 04/12/2004 - 20:56h

ae muito bom o artigo kra!

VI é foda mesmo....o melhor!

falo

[5] Comentário enviado por hunz em 05/12/2004 - 15:05h

não é melhor um editor em X? com barra de rolagem, com praticamente as mesmas funções..
sei lá, nunca usei o VI/VIM.
até agora só usei Kate e PICO.. :)

ah, e qual a diferenca entre VI e VIM? pelo que eu notei, o VI é mais bonitinho, deixou meu código em C com um toque mais especial :)

abraços,
fiquem com Deus.

[6] Comentário enviado por vodooo em 06/12/2004 - 07:55h

Olá hunz, me diz ai como vc vai editar um texto ou arquivo de configuração com um editor em X se vc usa apenas o modo Texto?

Está mais que provado que embora seja mais díficil a aprendizagem dos comandos do Vi/Vim a suas funcionalidas e recursos vão muito além dos que os editores em X podem proporcionar!!!

Ae Alex, muito bom o artigo!!!

Parabéns

Abraços a todos!

[7] Comentário enviado por jllucca em 06/12/2004 - 11:31h

Olá,

realmente concordo com o que todos disseram até agora. O vim é o melhor. O artigo tá excelente, na minha opinião houve somente um probleminha em "Mudar Texto"(C, ele muda a linha apartir da posição do cursor). Mas, é irrelevante.

[]'s

[8] Comentário enviado por ale_tracy_linux em 06/12/2004 - 13:55h

Obrigado a todos!!!

1- Thiago,
O fato de um editor X ser melhor ou não, acho que vai de gosto. Mas tem uma coisa, quando você pega um servidor ou uma máquina Unix, ou está trabalhando remotamente, quando os gráficos começam a ficar "pesados" não tem melhor saída que o modo texto, e no modo texto o VI é muito bom cara!!! Acho que vale a pena você estudar um pouco e pelo menos saber os comando básicos.

2- Ricardo,
Obrigado pela correção e pena que não dá para modificar o artigo depois de publicado (ou pelo meno eu não vi como). Obrigado!!!

Se tiverem mais alguma correção ou comentário, por favor enviem!!!


Abraços!!!

[9] Comentário enviado por genioloco em 06/12/2004 - 20:58h

Muito bom mesmo. Eu mesmo achava que o Vi era um editor básico, mas não tão poderoso! Achava, até ler e guardar este artigo

[10] Comentário enviado por cleyton17 em 03/05/2005 - 12:42h

Muito Bom! agora sim eu consigo usar o Vi! até que em fim achei um artigo simples e direto ao ponto.

[11] Comentário enviado por gabrielmelo em 13/05/2005 - 11:53h

Alguem usa o VI para editar códigos PHP ? Será que é uma boa ? Gostaria de saber a opinião do pessoal.

[]'s

[12] Comentário enviado por tiagotavares em 22/02/2007 - 15:53h

Artigo fantástico! Meus parabéns, é realmente um guia nos momento de dúvida!

[13] Comentário enviado por GsXs em 24/02/2009 - 20:15h

Perfeito.Exatamente o que eu procurava

Obrigado ! ;D

[14] Comentário enviado por sonnykde2008 em 12/07/2009 - 12:35h

Olá gostaria de saber se quando se faz uma alteração e desliga a máquina com o editor aberto sem salvar nada se a alteração é salva ou se são ignoradas as mudanças feitas pelo fato de não ter colado os parametros que salvam.

[15] Comentário enviado por cientistamarcos em 29/03/2012 - 10:13h

Sempre achei chato o vi mas, quando precisei editar vários arquivos de medidas com 150MB de texto, aprendi a gostar. :P
Editar arquivos grandes em editores gráficos é um castigo. Apagar cabeçalho, mudar vírgula para ponto, no gedit é um trabalho sem noção. No vi foi rápido, 10s.

Ótimo artigo.. resolveu meu problema em poucas linhas.

[16] Comentário enviado por marxmonte em 25/01/2015 - 16:20h


Ótimo guia rápido, parabéns.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts