Configuração de servidor DNS no Linux

vop

Artigo demonstrando como configurar o serviço de DNS utilizando os arquivos named.conf, named.localhost e named.loopback. Neste artigo coloco passo a passo como configurar e testar o serviço de DNS. A distribuição Linux usada foi o Fedora 8.0.

[ Hits: 55.298 ]

Por: Victor de Oliveira Pinto em 27/12/2008 | Blog: http://sites.google.com/site/voliveirap/


Configuração do named.conf



O nome do arquivo de configuração do DNS no Linux é o named.conf, localizado em /etc/named.conf.

Antes de qualquer alteração neste arquivo, faça uma cópia de backup:

# cp named.conf named.conf.bkp

Segue abaixo o arquivo named.conf e detalhamentos das linhas alteradas identificadas por números entre parênteses.

// named.caching-nameserver.conf
// Provided by Red Hat caching-nameserver package to configure the
// ISC BIND named(8) DNS server as a caching only nameserver
// (as a localhost DNS resolver only).
// See /usr/share/doc/bind*/sample/ for example named configuration files.
// DO NOT EDIT THIS FILE - use system-config-bind or an editor
// to create named.conf - edits to this file will be lost on
// caching-nameserver package upgrade.
//

options {
   listen-on port 53 { 192.168.1.172; }; //(1)
   //listen-on-v6 port 53 { ::1; };
   directory    "/var/named";
   dump-file    "/var/named/data/cache_dump.db";
   statistics-file "/var/named/data/named_stats.txt";
   memstatistics-file "/var/named/data/named_mem_stats.txt";
   //allow-query     { localhost; };
   recursion yes; //(2)
};

logging {
   channel default_debug {
      file "data/named.run";
      severity dynamic;
   };
};
zone "." IN {
   type hint;
   file "named.ca";
};

zone "uno.caprede.br" IN { //(3)
   type master;
   file "uno.caprede.db";
   allow-update { none; };
};
zone "1.168.192.in-addr.arpa" IN { //(4)
   type master;
   file "uno.reverso.db";
   allow-update { none; };
};
include "/etc/named.rfc1912.zones";

(1) A linha identifica a porta padrão do serviço de DNS e o número de ip que o serviço de DNS estará rodando. No meu caso o ip 192.168.1.172, é o ip que esta configurado no meu adaptador de rede.

(2) A linha significa que o meu DNS é recursivo, ou seja, as consultas que serão resolvidas por um DNS mandatório. Caso queira ter um DNS mandatório, deverá colocar da seguinte forma:

allow-query { localhost; };
recursion no;

(3) As quatro linhas são referentes a criação da zona direta. Observe que o nome do meu domínio é "uno.caprede.br", isso significa que é um DNS recursivo e que ele depende do DNS mandatório que é o "caprede.br". A terceira linha define o arquivo de consulta de DNS direto. Logo a frente explicarei como criar e configurar este arquivo.

(4) As quatro linhas referem-se a criação da zona inversa. Na primeira linha deve-se colocar a faixa de ip que seu DNS está configurado de trás para frente, sem colocar o último octeto. A terceira linha define o arquivo de consulta reversa/inversa que o DNS estará consultando. Logo a frente explicarei como criar e configurar este arquivo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Configuração do named.conf
   2. Configuração do named.localhost
   3. Configuração do named.loopback
   4. Fazendo testes
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Tema com cores vivas para Xfce no Xubuntu 12.04

Instalação da placa TRENDnet TEW-421PC Wireless com ndiswrapper Debian

Fazendo o sistema de peticionamento do TJSP funcionar no Arch Linux (2018)

Configurando o CACIC (parte 2)

Clusters de alta disponibilidade (HA - High Availability)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por grandmaster em 29/12/2008 - 08:54h

Ficou simples e prático para quem quer começar a lidar com o Bind.
---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[2] Comentário enviado por carlosxtec em 30/12/2008 - 20:28h

Está muito bem explicado em poucas linhas!!!

Parabéns!

Abraços!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts