Como instalar o LAMP no Mageia 6

Nesse artigo vamos mostrar a instalação e configuração de um servidor LAMP (Linux, Apache, MySQL e PHP) na distribuição Mageia Linux em sua versão número 6.

[ Hits: 855 ]

Por: Carlos Filho em 08/10/2017 | Blog: http://opensusebr.blogspot.com.br/


Como instalar o LAMP no Mageia 6



Mas afinal o que é o LAMP?

Lamp é uma combinação de softwares livres e de código aberto. O acrônimo LAMP refere-se as primeiras letras de:
  • Linux (sistema operacional);
  • Apache (servidor web);
  • MariaDB ou MySQL (software de banco de dados) e;
  • PHP (linguagem de programação) ou Python.

Neste artigo, veremos como instalar o Apache, MariaDB e PHP na distribuição Linux Mageia em sua versão de número 6.

Primeiro passo

Acesse o terminal da Mageia.

Acesse como usuário root usando o seguinte comando:

su

Segundo passo

Instalar o Apache.

O servidor Apache (ou servidor HTTP Apache, em inglês: Apache HTTP Server, ou simplesmente: Apache, é o servidor web livre mais utilizado do mundo.

Digite o seguinte comando para instalar o Apache:

# urpmi apache

Habilite e inicie o serviço Apache usando o seguinte comando:

# systemctl enable httpd
# systemctl start httpd


Configure o firewall para permitir o acesso do servidor web a clientes remotos. Digite o seguinte comando:

# drakfirewall

Selecione "Servidor Web" e clique em OK.
Clique em OK para continuar.
Finalmente, selecione a interface de rede e clique em OK. Agora você pode acessar seu servidor web a partir dos clientes remotos.
Teste o Apache:

Abra seu navegador e digite http://127.0.0.1/ ou http://localhost/ na barra de endereços.

Você verá a seguinte página padrão do Apache.

Passo 3: Instalar o MariaDB

MariaDB é um banco de dados que surgiu como fork do MySQL, criado pelo próprio fundador do projeto após sua aquisição pela Oracle.

Instale usando o seguinte comando:

# urpmi mariadb

Habilite o serviço MySQL no momento da inicialização com o seguinte comando:

# systemctl enable mysqld

E inicie o serviço MySQL usando o comando:

# systemctl start mysqld

Defina a senha do root MariaDB:

Por padrão, a senha de root do MySQL está vazia. Portanto, para evitar o acesso não autorizado ao MySQL, vamos definir uma senha de usuário root:

# mysql_secure_installation
	NOTE: RUNNING ALL PARTS OF THIS SCRIPT IS RECOMMENDED FOR ALL MariaDB
	      SERVERS IN PRODUCTION USE!  PLEASE READ EACH STEP CAREFULLY!

	In order to log into MariaDB to secure it, we'll need the current
	password for the root user.  If you've just installed MariaDB, and
	you haven't set the root password yet, the password will be blank,
	so you should just press enter here.

	Enter current password for root (enter for none): ## Pressione Enter
	OK, successfully used password, moving on...

	Setting the root password ensures that nobody can log into the MariaDB
	root user without the proper authorisation.

	Set root password? [Y/n] y ## Digite 'Y' e pressione Enter
	New password: 
	Re-enter new password: 
	Password updated successfully!
	Reloading privilege tables..
	 ... Success!


	By default, a MariaDB installation has an anonymous user, allowing anyone
	to log into MariaDB without having to have a user account created for
	them.  This is intended only for testing, and to make the installation
	go a bit smoother.  You should remove them before moving into a
	production environment.

	Remove anonymous users? [Y/n] ## Pressione Enter
	 ... Success!

	Normally, root should only be allowed to connect from 'localhost'.  This
	ensures that someone cannot guess at the root password from the network.

	Disallow root login remotely? [Y/n] ## Pressione Enter
	 ... Success!

	By default, MariaDB comes with a database named 'test' that anyone can
	access.  This is also intended only for testing, and should be removed
	before moving into a production environment.

	Remove test database and access to it? [Y/n] ## Pressione Enter
	 - Dropping test database...
	 ... Success!
	 - Removing privileges on test database...
	 ... Success!

	Reloading the privilege tables will ensure that all changes made so far
	will take effect immediately.

	Reload privilege tables now? [Y/n] ## Pressione Enter
	 ... Success!

	Cleaning up...

	All done!  If you've completed all of the above steps, your MariaDB
	installation should now be secure.

	Thanks for using MariaDB!

Passo 4: Instalar o PHP

PHP (um acrônimo recursivo para "PHP: Hypertext Preprocessor", originalmente Personal Home Page) é uma linguagem interpretada livre, usada originalmente apenas para o desenvolvimento de aplicações presentes e atuantes no lado do servidor, capazes de gerar conteúdo dinâmico na World Wide Web.

Instale o PHP com o seguinte comando:

# urpmi apache-mod_php

Testar o PHP:

Crie um arquivo de amostra "testphp.php" na pasta raiz do documento Apache e acrescente as linhas como mostrado abaixo:

# nano /var/www/html/testphp.php

Adicione as seguintes linhas:

<? php
phpinfo ();
?>

Navegue para http://127.0.0.1/testphp.php ou http://localhost/testphp.php.

Ele exibirá todos os detalhes sobre PHP, como versão, data de compilação e comandos etc.
Procure e instale módulos PHP adicionais.

Procure os módulos PHP disponíveis usando o seguinte comando:

# upmf php

Agora instale os módulos necessários, por exemplo, php-mysql, usando o seguinte comando:

# urpmi php-mysql

Reinicie o serviço Apache.

Para verificar os módulos, abra o navegador da Web e navegue para http://127.0.0.1/testphp.php ou http://localhost/testphp.php.

Você poderá ver os módulos PHP recentemente instalados (ex.MySQL).

Gerencie bancos de dados MySQL usando phpMyAdmin

phpMyAdmin é uma ferramenta de interface web de código aberto gratuita usada para gerenciar seus bancos de dados MySQL. Está disponível nos repositórios oficiais da Mageia. Então instale-o com comando:

# urpmi phpmyadmin

Agora, acesse o console web phpmyadmin usando a URL http://127.0.0.1/phpmyadmin ou http://localhost/phpmyadmin.

Digite o usuário administrativo MariaDB (root) com senha.
phpMyAdmin Dashboard:
A partir de agora, você pode criar, modificar, excluir bancos de dados do console web phpMyAdmin, pois o seu servidor LAMP está pronto e pronto para usar.

Fonte dos conceitos utilizados no artigo: https://pt.wikipedia.org

   

Páginas do artigo
   1. Como instalar o LAMP no Mageia 6
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Como criar pacotes para o Arch Linux

Conceitos sobre o X-Window

FAI (Fully Automatic Installation)

BASH (Bourne - Again Shell) - De usuário para usuário

Interfaces Gráficas no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por xGrind em 12/12/2017 - 21:22h

Muito bom. Mas um urpmi task-lamp-php já resolveria o problema :D


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts