Blogs de mais, conteúdo de menos

Neste artigo relato um fenômeno que está ocorrendo atualmente na Internet. As pessoas passaram a ser apenas transmissoras e não só receptoras. Mas será que essa "transmissão" indiscriminada tem sido benéfica à cultura?

[ Hits: 15.172 ]

Por: flavio ferreira hespanhol em 02/12/2009


Blogs de mais conteúdo de menos



Neste artigo relato um fenômeno que está ocorrendo atualmente na Internet. As pessoas passaram a ser apenas transmissoras e não só receptoras.

Com a facilidade de montar um blog ou site gratuito e na ilusão de que com isso vai tornar-se famoso e ganhar dinheiro, principalmente com os anúncios chinfrins que irão veicular em seu site ou blog patrocinados pelo Google, as pessoas simplesmente resolveram tornarem-se todas transmissoras, ou seja, ninguém se limita mais a apenas usar a internet e sim gerar conteúdo para ela. Porém sem base nenhuma para isto.

O que estamos vendo atualmente são milhares de blogs e sites com exatamente o mesmo conteúdo. As pessoas montam os sites e simplesmente copiam o conteúdo de outros para colocar nos seus. Em um site por exemplo temos conteúdo de TV online, este link utilizado para acessar os canais neste site é copiado por milhares de outros sites de jogos.

Temos um site que disponibiliza jogos, milhares de sites e blogs surgem, copiam estes links de jogos e colocam em suas páginas. Com textos acadêmicos, filmes, músicas e tudo mais acontece o mesmo.

Com textos acadêmicos e tutoriais técnicos a coisa torna-se mais relevante, pois ao termos milhares de sites copiando conteúdo de um para o outro sem que o dono do site ou blog tenha conhecimento técnico ou acadêmico necessário para avaliar aquela informação, gera-se um problemão. Pois se milhares de sites simplesmente copiarem conteúdo errado e colocarem este conteúdo na internet, como avaliar qual está certo?

Com isto uma rede de conhecimento empírico surge onde respostas como eu acho... e creio que é assim... aumenta cada vez mais, aumentando a ignorância das pessoas ao invés de diminuí-la. Já é grave o fato de termos uma geração de jovens que passam suas vidas ligados ao Orkut e MSN sem produzir nada de útil no computador.

E no Youtube, cujas possibilidades são imensas, nossos jovens poderiam aproveitá-lo para denunciar questões sociais, mostrar situações e divulgar informação, mas ao invés disto temos vídeos como o do Jeremias, Pedro me dá meu Chip e do Ronaldo que não acrescentam nada a coisa nenhuma e que viram grandes sucessos e que também passam a serem copiados infinitamente, dando margem a outros conteúdos fracos.

Conclusão

Será que a humanidade nunca vai evoluir? Afinal a internet somos nós e se nós somos isto que vemos, então realmente uma grande reforma cultural e moral são necessárias no mundo.

   

Páginas do artigo
   1. Blogs de mais conteúdo de menos
Outros artigos deste autor

A Internet torna as pessoas inteligentes?

Internet 3G no GNU/Linux

Entretenimento no Linux

O futuro e o Linux

Finalmente consegui tirar o Windows do meu computador!

Leitura recomendada

Software Livre - GNU x LPG e o Governo x Economia (parte 2)

Distros para quem ama a liberdade

I Semana de Capacitação e Desenvolvimento em Software Livre

LPIC 1 - É difícil passar nos exames 101 e 102?

O Mercado Obscuro da T.I. Brasileira

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rony_souza em 02/12/2009 - 15:34h

Concordo
Tem tambem os construtores de sites,
ou seja não é preciso criar nada, já vem tudo pronto. ...
Por exemplo, é comum a página ter o mesmo conteúdo de outra,
já existem bilhões de páginas na internet com o mesmo conteudo...



[2] Comentário enviado por Ed_slacker em 02/12/2009 - 17:14h

E é justamente por isso que estou enrolando para criar o meu site. Fugir do ponto comum. Usar a rede de forma mais cognitiva. Transmitir conhecimentos novos, pontos de vista. Incitar a comunidade internética a debater. E não apenas reproduzir conteúdos de outras mídias (cansei de ver artigos aqui no VOL que eram cópias descaradas de livros e revistas).
Só que fazer um portal de alta qualidade como este dá um trabalho tremendo. Mas chegaremos lá...

[3] Comentário enviado por alevian em 02/12/2009 - 17:50h

Discordo, parcialmente.

As pessoas descobriram que podem ser, além de destinatários, emissores também. Nem sempre iludidas, nem sempre com vistas à fama ou ao dinheiro...

De fato, quanto à parte técnica, é preciso um pouco mais de cuidado. Mas, por outro lado, se a questão for de saúde, por exemplo, não é bom ir para uma consulta com mais informações, até para fazer as perguntas corretas?

Tenho um blog. Escrevo nele só quando quero, sobre os mais variados assuntos. São projeções de minhas dúvidas e, ao mesmo tempo, uma forma de divulgar o que considero ser útil ou prazeroso; só isso.

No blog, entra quem quer, quando quer, às vezes por direcionamento das ferramentas de busca, outras vezes por minha própria indicação.

Há muitos blogs com informações que você não terá a partir dos meios de comunicação de massa - simplesmente porque são contrárias ao interesse dos anunciantes.

Sem contar que a credibilidade dos meios de comunicação de massa também é bastante duvidosa. A "FOLHA", por exemplo, mudou a ordem de grandeza de suas tiragens, de centenas para dezenas de milhares.

Por quê?
Parece um caminho sem volta...

Revelação de incertezas ("eu acho...", "creio que...") pode ser visto também de forma positiva; um ponto de partida para a necessária elucidação!

No entanto, é preciso reconhecer que há muitos escritores (prostitutas escrevendo suas memórias e muito mais coisas com valor...) e poucos leitores.

Eu mesmo tô com "O Muro", do Sartre, para ler já há algumas semanas, mas fico aqui atrás do Linux! Verdade que lendo e escrevendo; interagindo...


[4] Comentário enviado por edsonmsj em 02/12/2009 - 20:42h

Aconteceu comigo a um tempo atráz, quando escrevi meu primeiro e único artigo para o "viva o linux"; Este artigo tinha caracter social em relação ao Soft. Open Source, mas para o meu espanto nunca foi online;
Será que fui censurado!
Puxa! Logo um site que vem estanpado "Porque nós amamos a Liberdade"!!! Bom está lá até hoje como sendo avaliado.

Bom pelo menos eles não barram as resposta como faz o site da Globo!!!

Uma pessoa física tem o direito de se exprimir, mesmo que de uma maneira incoerente, pois apenas representa a si própria.

Já a imprensa é um meio de expressão da sociedade e não o meio de expressão de uma pessoa física. Logo democraticamente, não poderia ser propriedade nem de particulares e nem do governo; Por exemplo: Um particular proprietário de um jornal; Ora se o jornal é dele, ele exprimirá unicamente o ponto de vista dele ou de algum grupo, partido, classe ... afim de ganhar dinheiro.

Portanto não é democraticamente admissível que uma pessoa física controle os meios de difusão ou informação. Mas ela tem o direito natural de se expressar seja por que meios for.

A Imprensa democrática teria que ser governada por um comité popular composto por todas as categoria sociais, isto é, por associações de operários, de mulheres, de estudantes, de ruralistas, funcionários etc...

Neste caso, acredito, somente neste caso nós teríamos uma imprensa realmente democrática.



[5] Comentário enviado por junior em 02/12/2009 - 23:36h

o que o alevian disse de certa forma é correto, ao meu ponto de vista.

Tenho um blog também, e nele expresso opiniões pessoais sobre temas relativos a tecnologia.
Entra quem quer, comenta quem se sente a vontade. Não gostou? ALT + F4 e você ficará feliz.

Concordo com o fato de termos mais emissores, e consequentemente "formadores de opinião" do que antigamente, porém, somos seres sensatos e sabemos o que lemos. É nossa decisão sermos absorvidos e envolvidos por aquilo que lemos ou não.

Leio outros blogs de tecnologia porque gosto (MeioBit, GizModo) e até participo. Se algum dia não gostar de um post, simplesmente não leio, não comento.

Os casos de "maldita inclusão digital" com conteúdos irrelevantes para sociedade, infelizmente é uma verdade que não pode ser ignorada.
Não há como você proibir um cara de publicar um vídeo como o "pedro me dá o meu chip". Assim como eu tenho direito de publicar um "Hand's On" do último aparelho celular da Nokia, o sujeito tem direito de publicar um vídeo de humor para entretenimento.

A ferramenta está disponível, faz bom uso quem quer.
Não poderemos censurar nem limitar o que um usuário deve ou não colocar no youtube, ou no seu blog.

ALT + F4 pode nos privar de muit coisa sem conteúdo, como este comentário.

[6] Comentário enviado por Teixeira em 03/12/2009 - 08:45h

Tenho verificado com um certo pesar o surgimento e o desenvolvimento desse fenômeno.
Começando pelo Orkut (tem de começar por ALGUM lugar, afinal de contas), onde pessoas abrem comunidades sem um tópico sequer, ou onde duas ou três pessoas dão um "alô mundo" e pronto.
Ficam ocupando espaço ad eternum e sem finalidade ou proveito algum.

Estamos cheios de sites totalmente sem conteúdo, especialmente nos "hosts" gratuitos.
Em alguns, nem mesmo um "alô mundo". Em outros, pessoas insípidas se preocupam em atacar a isso ou aquilo, sem uma base, sem uma razão de ser.

É a experiência do mais puro e cansativo ócio.
E o pior de tudo é a manisfestação do ócio precedido pela falta de assunto e continuado pela preguiça pura e simples.

Falta de uma cultura acadêmica básica não seria desculpa para as pessoas postarem ordeira e pacificamente seus pensamentos.
Todos nós, independentemente de nosso nivel cultural podemos e até devemos contribuir com os nossos pensamentos, com a nossa ação.
Tenho encontrado por vezes em blogs humildes alguma coisa de útil e que não foi necessariamente copiada de outros lugares. Outros ainda que foram copiados, mas que ali fizeram uma melhor composição que em seus lugares originais, que tornaram algum assunto mais compreensível, mais agradável.

É comum constatarmos erros de grafia até mesmo onde jamais seriam imaginados.
Mas não são os erros por si só o mal que nos assola.
O problema é quando esses erros estão associados à discórdia, ao escárnio, à futilidade, à falta de assunto, à falta de respeito, à falta proposital de frequência aos bancos de escola.

Tenho encontrado maior incidência de erros em jovens que atualmente frequentam escolas - inclusive faculdades - que entre adultos que não tenham concluído o ensino fundamental e que foram apartadas das escolas por algum motivo relevante. Considero isso algo muito grave, e que deveria ser melhor percebido e tratado pela sociedade e por nossos governantes.
Será que estamos formando um exército de jovens ignorantes em todos os aspectos da palavra?

Como o pior cego é aquele que não quer ver, o pior ignorante é aquele que não quer saber, que não quer entender.

A internet, apesar de todas as besteiras, inutilidades, mentiras e inconveniências, é um campo bastante frutífero para pesquisas pois com bastante calma e critério, podemos conhecer várias faces de um assunto.
No entanto, trabalhos escolares vêm sendo simplesmente copiados a partir da primeira url que a primeira pesquisa ao Google indicar.
Isso porque a busca pelo Google já é o padrão para a maioria.
Pouquissimos são aqueles que buscam outros mecanismos que não o Google ou o Yahoo, a menos que outro mecanismo esteja previamente instalado no PC.
Menor ainda é o número de pessoas que acessam da segunda página da pesquisa em diante.

Não é que esse procedimento esteja errado, contudo o erro está nos motivos que levam alguém a agir dessa forma, por mero comodismo.
Nada contra um ou outro mecanismos aqui citados - ambos são excelentes - e eu mesmo tenho minha preferência pessoal, porém quando pesquiso sobre um determinado assunto, recorro a todos os mecanismos que puder, e se não vou até a última página será porque após haver lido algumas dezenas de textos já terei tido a oportunidade de me situar bem.

Os blogs são o reflexo de nossos tempos. Ok, mas será que são o reflexa também de nossa mentalidade?

[7] Comentário enviado por fabio em 03/12/2009 - 09:07h

edsonmsj:

Acabei de conferir aqui, seu artigo ainda não foi avaliado porque o mesmo ainda está em construção. Você precisa enviá-lo para a fila de espera para que a moderação tenha acesso ao texto. Você encontra essa explicação na interface de criação de artigos.

Faça o seguinte, logue-se no site, clique em "Contribuir com > Artigo", clique no artigo que está em construção e em seguida no link "Enviar para fila de espera".

Um abraço.

[8] Comentário enviado por usrlinux em 03/12/2009 - 09:34h

Isso acontece não somente na internet, televisão, rádio, jornais, revistas , etc... . Tem o mesmo conteúdo que leva as pessoas do nada pra lugar nenhum.
Esses fatos se ocorrem porque as pessoas não são críticas daquilo que elas vêem, a maioria das pessoas não sabem apurar se aquilo que estão recebendo (informação) tem qualidade. É por isso que a quantidade dessas revistas de FOFOCA tem aumentado.

É mais fácil a gente se importar com conteúdos sem sentido que não acrescentam nada, do que se preocupar com assuntos que levam nós a pensarmos.

Maldito ctrl + c , ctrl + v.

[9] Comentário enviado por RCoimbra em 03/12/2009 - 12:45h

Bom, concordo com seu ponto de vista, e em outubro acabei falando "quase" a mesma coisa em meu blog ( http://warpcoe.com.br/2009/10/comunidade-social/ ) apesar de não ser muito bem visto, acabei por criticar a forma como o conglomerado de informações e comunidades se espalham e multiplicam-se mais rápido que ácido liscérgico na mente de um viciado.
Sei que é extremamente difícil manter a qualidade de um site/blog hoje em dia, visto que existem equipes especializadas em "fazer antes de você", verifico isso nos próprios RSS e tweets que leio, tudo vem devidamente "Kibado", eu mesmo procuro colaboradores mas todos estão ocupados.
Se existe tanta gente ocupada (os multiplicadores de idéias) e tanta gente ociosa (aqueles que somam kibes) na internet, como, quando e onde vamos parar? Se no Brasil temos a maior elite tecnológica de fuçadores, porque não diminuir espaços, estreitar laços e novas amizades, se para cada grupo de três pessoas uma comunidade fosse criada em pouco tempo muito pouco espaço, físico e ambiental pode ser prejudicado.
Excelente artigo.

[10] Comentário enviado por fhespanhol em 03/12/2009 - 14:14h

coimbrawarpcoe tocou em outro tema de igual relaevância. A pessoas apesar de estarem todas online não interagem nem se comunicam de forma eficiente e construtiva, só ficam perdendo tempo com futilidades. É claro que lazer é necessário, mas levar a vida sarcasticamente e fazendo pouco das pessoas é algo prejudicial dou um exemplo de 2 vizinhas que tenho me chamaram para consertar o computador delas pois não estava funcionando, ao chegar na casa das duas liguei o computador e o mesmo estava funcionando perfeitamente ao perguntar porquê elas achavam que o computador não estava funcionando elas me disseram que não conseguiam entrar no Orkut nem no MSN, pois a mãe delas bloqueou ambos então para elas como não conseguiam usar rkut e nem MSN o computador simplesmente não funcionava, elas nunca tiveram sequer a curiosidade de pesquisar nada na internet nem produzir algo de útil só usar sites de relacionamento e alienar-se do mundo cada vez mais.

[11] Comentário enviado por Teixeira em 03/12/2009 - 23:22h

Também outro fato lamentável, e que comento na condição de evangélico, é que praticamente todos os forums que tratam de assuntos de"fé", "religião" e "espiritualidade" estão superpovoados de pessoas contenciosas, de escarnecedores de todo o tipo, de tipos que sentem prazer em contrariar, ofender, lançar dúvidas, dissoluções e contendas de toda espécie.
E é exatamente nesses locais onde ocorrem as maiores demonstrações de desamor, de uma total falta de respeito e consideração para com o próximo.
Até mesmo aqueles que se dizem religiosos são os primeiros a se fechar em facções contrárias à religião ou crença alheia.

[12] Comentário enviado por antoniojbs em 04/12/2009 - 09:44h

flavio gostei muito do seu artigo parabéns !

Em partes realmente é verdade a maioria dos blogs tem contudos muito parecidos um dia desses eu vi um artigo em tres blogs o interesante e que era a mesma postagem do mesmo geito cara. sabe o que é isso ?

Falta de conhecimente do que eles tem em mãos,na verdade muita gente não conhece o poder da internet e o pior que nem procuram entender, porque caramba o cara tem em casa o maior meio de comunicação onde ele pode estudar e aprender realmente como tudo funciona e como eles pode aprender as coisas.

Sabe o que mais acontece nos blogs por ai ?
O cara instala uma distribuição (linux) e cria um blog sobre linux, parece uma piada mais é verdade me digam qual a experiencia que ele tem, agora fica perdendo tempo procurando o conteudo dos outros pra copiar pro seu blog ao inves de estar realmente aprendendo isto é normal aqui no brasil, eu gosto de me atualizar em otimo blog que é o guanabara.info quem não conhece não sabe o que esta perdendo acabaram de postar um artigo sobre as pesquisas mais populares no google no brasil... vejam o resultado

Emergentes
1. twitter
2. enem 2009
3. controlar
4. lady gaga
5. emprega sp
6. BBB9
7. youtube videos
8. concursos 2009
9. lua nova
10. vagalume ouvir musica

Mais Populares
1. orkut
2. youtube
3. hotmail
4. baixaki
5. yahoo
6. globo
7. uol
8. tradutor
9. jogos
10. msn

Esportes
1. globo esporte
2. jogos de futebol
3. corinthians
4. lancenet
5. palmeiras
6. flamengo
7. gazeta esportiva
8. sporTV
9. esporte interativo
10. futebol ao vivo

Personalidades mais buscadas
1. michael jackson
2. sandrinha
3. barbie
4. ana maria braga
5. joao bidu
6. victor e leo
7. robert pattinson
8. mulher melancia
9. marcelinha
10. lady gaga

Entretenimento
1. orkut
2. youtube
3. jogos
4. jogos de meninas
5. vagalume
6. kboing
7. habbo
8. meebo
9. ebuddy
10. frases de amor

Google Maps mais buscados
1. campinas
2. sao paulo
3. santa maria
4. belo horizonte
5. curitiba
6. cuiaba
7. porto alegre
8. joinville
9. brasilia
10. vitória

me digam isto é cultura?
Outra coisa flavio indiquei o seu artigo lá viu cara se quiser vê esta ai parabéns eu gostei do seu ponto de vista e continui escrevendo seus artigos aqui no vol que eu vol estar aqui sempre para comentar !!!!!!!


[13] Comentário enviado por Teixeira em 04/12/2009 - 15:06h

O desejo de copiar é tão grande que no princípio deste ano tive uma grande surpresa ao ver em uma comunidade do Orkut referente ao GIMP, uma foto apresentada como se tivesse sido tratada através do gimp por um determinado cidadão.
Acontece que a foto em questão foi postada POR MIM no meu album de fotos particular, e não teve nada de gimp.
Foi simplesmente clareada através de um programa chamado xnview.
E olha que o trabalho não ficou tão bom assim para justificasse que alguém viesse a dizer "fui EU que fiz"...

[14] Comentário enviado por antoniojbs em 04/12/2009 - 15:37h

Teixeira conta ai o que você fez quando viu sua imagem em outro lugar!!!

Cara isto é incrivel como o cara tem cara de pau !!!! mai conta mais ai!!!

[15] Comentário enviado por fhespanhol em 04/12/2009 - 19:34h

O teixeira foi vítima do que estou abordando, copiar conteúdo indiscriminadamente de outros sites ou blogs sem nenhum critério ou avaliação e dando informações erradas ao usuário aumentando a massa de ignorantes que irão divulgar aquela informação errada como se fosse certa, quer dizer temos que tomar muito cuidado, principalmente se temos filhos, pois a probabilidade deles estarem recebendo informações e conteúdo errados sobre os mais diversos temas é muito grande.

[16] Comentário enviado por jeferson_roseira em 04/12/2009 - 20:50h

estava fazendo uma busca no GOOOOGLE sobre meu nome "Jeferson Roseira" essa é forma que assino na internet.. achei em outros foruns duas dicas que postei aqui no VOL.. façam um teste.. jogue seu nome "como vc assina na internet" e olhe o resultado...

O que achei mais estranho " estranho nem tanto" que todos faziam referencia [fonte] aqui para o vol, nao sei se é algo referente a tags.. nao sei se estou falando certo nao manjo muito desta tecnologia chamada internet "risos"

Prestando atenção nos links vi que grande parte dos adms, efetuaram uma pesquisa sobre determinado problema. Ou simplesmente com bel de um ctrl+c ctrl+v aqui do vol.. tem uma que o cara mesmo disse qualquer duvida ou reclamação favor entrar em contato comigo kkkk


Putzs internet é uma merda, achei a copia da minha certidao de casamento.. kkkk
Jeferson Roseira


[17] Comentário enviado por removido em 05/12/2009 - 00:07h

hum, por isso que nao assisto tv (não consigo), mal ouço radio ((não consigo) e tampouco fico vendo youtube, etc... Volta e meia venho aqui no VOL e só. Meu blog é quase defunto...

Henry David Thoureau escreveu sobre isso em Walden, algo como: havera um cabo de telégrafo (decada de 1860, ok?) entre a europa e a america e nao havera nada pra dizer.Talvez contar que alguma princesa teve resfriado e ficou espirrando (alguma semelhança com os canais de celebridades?)

estamos hoje diante da maior revolução da informatica, qualquer idiota tem acesso a banda larga e computadores absurdamente velozes (caras, eu usei Windows 3.11 em cima do DOS 6.22, com Office 4.3 em um 386 com 4MB e HD de 120MB -- e era bom!!!).

E pra que usam? Orkut e msn... e um pra falar do outro, pra marcar balada e briga de rua!

Existe TV digital (Não se diz "você tem TV", como todo o mundo diz na TV ou rádio) e não há conteúdo para se exibir. Somente estupidez e sacanagem em alta definiçao. Acho bacana animal planet, coisas de ciência e história, mas como que um macaco territorialista pode se comparar à gaiola das popozudas? De volta à TV a cabo, ou melhor, a TV nenhuma.

Conhecimento?? KKKKKKKK. O google so serve pra buscar "filme porno leila lopes". Nao to brincando agora... é serio!!! Fui apagar um Windows, mas antes fui pesquisar nem lembro o que com "f" no IE e saiu isso na barrinha, sinal que o cara anterior tava caçando fuleragem. Cada um na sua, mas como bem diz a Bíblia, de que vale ao tolo dar-lhe ouro e prata, visto que não busca a sabedoria (ou entendimento, nem lembro, ta em Proverbios).

Lingua portuguesa entao, Deus o livre até... "ha" e "a" são a mesma coisa, "eh", "mIgUxOs", emos, e outras tantas pestes se misturaram dum jeito que num salva nada.

Fora que povo esquece que a vida é uma só e fica desperdiçando ela com futilidades, cuidando um da vida do outro e esquecendo a própria. A mãe e o pai sustentam o filho mas não cuidam dele e ele mesmo não quer saber dos pais, namorados e namoradas, maridos e esposas são quase estranhos, união, só pra ter um sexo meia boca, dai cada um dum lado, ele com o esporte e o porno (velado ou não) e ela com as novelas e dietas milagrosas...

Estes tempos novos são loucos e olha que eu nem sou velho...

Bom deixa pra la... Eu só quis dizer.

Oportuno seu artigo. Parabéns!

[18] Comentário enviado por removido em 05/12/2009 - 00:17h

Verdade, muitas pessoas fazem pouco ou quase nenhum uso produtivo da Internet, o que é uma pena. Youtube tinha tudo pra ser uma fonte de cultura e tambem de diversão, mais não precisava ser algo como "Ronaldo" ou "Eu não entendi o que ele falou".

[19] Comentário enviado por Teixeira em 05/12/2009 - 12:36h

Quanto ao fato de haverem copiado a foto:
Isso foi uma banalidade, parece-me uma simples necesidade de ter uns 15 minutos de fama, ou coisa assim.
No entanto, há muitos meses atrás li em um blog um artigo meu, publicado aqui no VOL, com todas as letras, porém indicando corretamente os créditos.
Nesse caso, há uma grande satisfação em perceber que o que escrevemos foi bem considerado, a ponto de ser retransmitido por alguém que não desejou de forma alguma ficar com os louros para si, antes respeitosamente citou as fontes e os créditos.
Atitude digna de louvor.

[20] Comentário enviado por eldermarco em 06/12/2009 - 21:52h

Eu sinceramente, acho que o único problema aí é a citação dos créditos para o autor do referido texto. Isso me parece grave. Já encontrei uns textos bobos do meu blog que estavam a cópia dele com as mesmas imagens e tudo mais, mas nenhuma citação. Já ocorreu de eu reclamar para um deles e ele pedir desculpas e colocar a referência e dizer que esqueceu... simples assim.

Mas ainda sim, não sou muito preocupado com a cópia desses meus textos porque não se tratam de textos críticos da minha parte e sim soluções de pequenos problemas que tenho e acho interessante compartilhar. Se chegar até alguém e ajudar, já fico feliz, independente de ter vindo de mim ou de alguém que copiou.

Agora se fossem textos mais críticos e o autor copiar e dizer que foi ele.. é até uma tiro a 180 graus naquilo que o autor se "propõe" a fazer.

E quanto aos blogs que se proliferam por aí e não tem qualquer conteúdo. Acho a solução simples: não ler. O nosso problema é repensar a educação e ver que temos um grande problema no que diz respeito a formação do aluno como um cidadão crítico. O que andamos fazendo durante mais de uma década que o aluno passa na escola? Por que as coisas não estão dando certo? Quem devemos cobrar?

Resolvendo esses problemas, acho que o outro se resolve automaticamente.

[21] Comentário enviado por adrianoturbo em 07/12/2009 - 07:50h

Essa é a diversidade de opções tendo em vista que temos que filtrar o que é bom ou ruim e saber dar crédito a quem de fato tem isenção e credibilidade na transmissão da informação .
A criação de conteúdo maciço levou a esse quadro atual de "avalanche" de informação mesmo que em sua grande maioria não possua embasamento sobre algo.
Como disse :saber filtrar o que é bom ou ruim num universo de informações desencontradas será a chave para fugir da bendita exclusão digital do analfabetismo virtual que nos cerca .
Parabéns pelo artigo que elucida muitas coisas sobre o uso desenfreado da internet sem responsabilidade alguma sobre o conteúdo postado na blogosfera.

[22] Comentário enviado por fhespanhol em 07/12/2009 - 10:27h

Obrigado pelo apoio adrianoturbo e gostei do seu termo analfabetismo virtual. O que vemos e exatamente isto, pessoas que compram um computador sem ter a menor noção de como usa-lo e dai começa a usar como se fosse uma televisão de Orkut e MSN e copia as instruções mastigadas de como criar um blog e começa a postar bobagens sem saber nem o que está fazendo, estou presenciando isto direto.

Alias agradeço a todos pelo apoio que vem me dando pelo artigo.

[23] Comentário enviado por Win7User em 16/12/2009 - 21:16h

A verdade é ; uma grande massa dos jovens de hj em dia possuem uma mentalidade infantil e consequentemente irresponsavel ,por isso que o Brasil ta o que tá hj em termos de violencia etc,pessoas infantis sao de facil manupulação e automaticamente sao influenciadas facilmente e obviamente isto pende pro lado errado muitas vezes,existem os loucos sociaveis ou seja estao em baladas etc,e de background fazem falcatruas das mais variadas...pessoas com uma certa deficiencia(a pessoa que faz coisa errada subintende-se que nao esta em perfeitas condiçoes mentais) o que parece ser o mau do seculo,ou seja alguns blogs com coisas inuteis ,demonstra nada mais nada menos que alguns jovens ou melhor muitos estao vazios ,sem ideias criativas,interessantes ,beneficas para o bem coletivo...
assim como diz o dito popular: mente vazia é oficina? bem acho que sabem o resto neh..
enfim muitos videos do youtube sao lamentaveis sinceramente ,concordo com nosso amigo que poderiamos lançar videos de protestos e tal,mas tbm videos com conteudo educativo ou de conhecimento avançado a aqueles que nao tem accesso a bons cursos aos quais custam muito dinheiro, seja na area de informatica ou qqr outra ,passar informação que é a ideia primaria da internet!!!
enfim poderia falar muito mais porem isto foi mais um desabafo do que um simples comentario.
Abraços a todos
PS: hj os jovens vivem uma dualidade ,as vezes se usufurem do bem e vezes do mau sem nenhum receio,tvz isso explique a relação conteudo infantil exemplo: as vezes sou infantil sem qqr responsabilidade e as vezes me mostro responsavel porem a personalidade predominante em mim é a irresponsavel/infantil!

[24] Comentário enviado por gafanzine em 18/01/2010 - 19:34h

Discordo do autor, primeiro por que a internet é e deve ser assim mesmo, livre, para dizer o que é importante (para uns) e o que não é importante (para outros). O que nós precisamos é um pouco de paciência pois ela vai continuar libertando o que há de bom e o que há de mal em nós, é expressão artística. Nossa juventude há muito foi calaca à força, seja pela ditaura ou por essa meia dúzia de canais abertos (ou "fechados") que dizem ser a nossa voz. Vamos falar merda até termos algo pra dizer, pois já é um começo. E afinal, eu acho é legal essa comédia! Já é uma crítica aos meios tradicionais!

[25] Comentário enviado por moisespedro em 24/03/2010 - 17:41h

Cara eu só passei aqui pra concordar 100% com o seu texto porque mesmo a Internet sendo uma ferramenta maravilhosa para aprendizado as pessoas não fazem bom uso dela perdendo tempo em futilidades e o Windows só colabora com isso colocando o usuário num estado de comodismo.

[26] Comentário enviado por Terramel em 03/09/2010 - 11:54h

incrível. Escrevi um texto aqui e o captcha foi digitado errado e qdo fui voltar pra digitar corretamente acabei perdendo tudo o que escrevi. Não sei porque o VoL deixa essas porcarias de Captcha se temos que estar logados já para comentar ;/

Adorei o artigo e votei 10. Só não concordo com alguns comentários criticando quem instala mecanismos de blogs. Digo isso porque uso Wordpress. Não vejo isso como preguiça, mas mantenho o foco em criar artigos e isso toma muito tempo. Meus interesses técnicos não são especificamente voltados para web. Prefiro usar o tempo (que seria gasto criando um site ou um mecanismo de blog) em aprender mais sobre GNU/Linux. Quando acabar a faculdade pretendo tirar certificação LPI e também aprender Ruby.

Minha maior crítica, além do povo que fica só em orkut e MSN, são os probloggers famosos brasileiros que fazem o mesmo trabalho alienador da televisão, divulgando o mesmo tipo de conteúdo. Por essa razão escrevi esse post para tirar um sarro deles: http://terramel.org/15-dicas-para-ser-um-problogger-rico-e-famoso/

Abraços
do Terrinha

[27] Comentário enviado por n4ow em 04/12/2012 - 21:04h

Hoje em dia está muito rentável isso. As vezes existe um post que não é conhecido e uma pessoa com um blog "populoso" posta o mesmo conteúdo. A partir daí, todo mundo começa a gostar daquilo, compartilha e gera visitas que consequentemente gera $.
Não está fácil, mas na internet hoje em dia, está fácil demais fazer dinheiro. Por isso muitos blogueiros usam essa tática e vendem publicidades e etc.
Posso citar ainda o exemplo do Youtube. Vários canais tem o mesmo vídeo. Isso gera pra ele quantidades de acesso que é convertido em $ .


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts