Autoração de DVD - Usando somente Software Livre

Este artigo demonstra como fazer todo o procedimento de autoração de um DVD, utilizando somente softwares em Linux,
ou seja, nenhum uso de softwares proprietários. São citadas as etapas desde a extração dos vídeos, criação de menus, até
a queima do DVD.

[ Hits: 7.561 ]

Por: Dorival Junior em 07/05/2012


Autoração de DVD



1. Softwares requeridos:
  • Kino: Para importação dos arquivos de vídeo de sua câmera digital ou filmadora mini-DV
  • QDVD-Author: Para a criação do menu, inserção de vídeos, enfim, a montagem do conteúdo para mídia DVD
  • growisofs: Para a gravação da imagem

2. Instalação dos pacotes necessários.

Obviamente, você deverá instalar possíveis pacotes adicionais, caso o sistema precise:

# aptitude install qdvdauthor dvd+rw-tools kino

3. Criação do Script que será o responsável por gravar os arquivos, já em formato de DVD (criados pelo QDVD-Author, como será mostrado em breve):

#!/bin/bash
# arquivo: /root/grava_projeto_DVD_video.sh (não precisa gravar necessariamente no root)
# Autor: Dorival Junior

echo "DICAS ANTES DE EXECUTAR"
echo ""
echo "Execute este script dentro do diretorio em que se encontram"
echo "os diretorios VIDEO_TS e AUDIO_TS."
echo ""
echo "VIDEO_TS e AUDIO_TS devem estar sozinhos no diretorio de trabalho"
echo ""
echo "Execute como ROOT"
echo ""
echo "iniciando em 5 segundos..."
sleep 5
chown -R root: AUDIO_TS VIDEO_TS
chmod 500 AUDIO_TS VIDEO_TS
chmod 500 VIDEO_TS/*
growisofs -dvd-compat -Z /dev/sr0 -dvd-video .


4. Configurações (se usar FireWire).

Se você utiliza filmadora com FireWire, talvez precise desta etapa, caso contrário, apenas pule.

Ao plugar o dispositivo FireWire, o sistema deve criar o arquivo "/dev/raw1394". Então, desligue a filmadora e execute:

# chmod 777 /dev/raw1394

Isto dará permissão total ao dispositivo. Em seguida, ligue a filmadora novamente e inicie o Kino.

Agora, você já tem o controle da filmadora através do Kino.

5. Extração de vídeos.

Faça a extração dos vídeos, edições necessárias e tudo mais. Não vou entrar em detalhes sobre o uso do Kino aqui.

6. Criando o DVD de vídeo no QDVD-Author.

a) Inicie um novo projeto: Ctrl + N ( ou: File / New Project ).

b) Escolha o diretório temporário onde os arquivos do projeto deverão ficar.

c) Escolha o diretório no qual serão gravados os arquivos no formato DVD (arquivos estes que serão gravados pelo 'growisofs', posteriormente). Vamos por como exemplo: /home/user/dvd-pronto

d) Defina o papel de parede: DVDMenu / Add Background / selecione o arquivo desejado

e) Adicione seus vídeos ao projeto. Para fazer isto, clique no quadro branco superior ao lado esquerdo da tela, e selecione o vídeo. Faça isso para todos os vídeos que forem compor a sua mídia.

f) Crie os botões de Menu:

- Para se fazer isso, na área onde está o papel de parede, clique com o botão direito e selecione 'Add Text', e em seguida, clique no local da tela onde deseja inserir o texto. Em seguida clique com o botão direito sobre o texto recém-criado e escolha: Define as Button.

- Feito isto, abrirá uma tela onde você, simplesmente, escolhe qual dos vídeos (já inseridos no projeto) será invocado após clicar no botão que está sendo criado. Faça este procedimento para todos os botões a serem inseridos no menu.

Obs.: Este software permite adicionar várias páginas de Menu e diversos outros recursos, porém, estou passando aqui o básico que é o que preciso atualmente para o meu dia a dia.

g) Criação dos arquivos para queimar o DVD:

- Após tudo prontinho, ou seja, fundo de tela definido, vídeos e botões todos inseridos, clique no ícone 'Create DVD' ou vá em "DVDAuthor" / "Create DVD". Feito isto, serão criados dentro do diretório definido na letra "c" deste tutorial, os diretórios AUDIO_TS e VIDEO_TS com seus respectivos arquivos.

* Lembre-se que não pode haver mais nenhum arquivo extra neste local.

h) Verifique os arquivos criados no diretório do projeto:

# ls
AUDIO_TS VIDEO_TS

7. Queimar o DVD.

Execute o Script de dentro do diretório onde estão os arquivos do projeto:

# /root/grava_projeto_DVD_video.sh

   

Páginas do artigo
   1. Autoração de DVD
Outros artigos deste autor

Usuário especial para desligar servidores Linux

Certificado A3 (Cartão) no eCAC (Receita Federal) no Ubuntu 19.10 e Similares

Revisão atualizada de instalação do Iptables com Layer7

Leitura recomendada

O reflexo a partir de um plexo

Programação visual (módulo 2)

Aprendendo a criar pixmap no Gimp

Preparando vídeo para autoria no QDvDAuthor

As letras que fazem TOING

  
Comentários
[1] Comentário enviado por renatourbano em 07/05/2012 - 18:28h

é impossivel usar o linux sem software proprietário.


[2] Comentário enviado por dorivaljunior em 08/05/2012 - 09:58h

Olá renatourbano, obrigado pelo seu comentário! Creio que a expressão "impossível" é meio pesada.

Atualmente tenho vários servidores linux usando SOMENTE software NÃO PROPRIETÁRIO !!!

Algumas distribuições direcionadas aos usuários leigos, permitem ou carregam pacotes não proprietários. Talvez isto confuda um pouco a visão e filosofia de software livre por parte da grande maioria dos usuários !!!

Se puder expressar algum exemplo que embase esta sua afirmação, isto é muito bem vindo nesta comunidade, até para estimular a discussão sobre o assunto!

até mais !

paz & rock

[3] Comentário enviado por danielbirck em 09/05/2012 - 14:58h

Não entendi o comentário do renatourbano. O VOL está cheio de exemplos/demostrações/tutoriais/artigos sobre a utilização de Linux sem a necessidade de Software Proprietário. Existe sim, a possibilidade de uso de Software Proprietário no Linux, através por exemplo, do WINE. Mas isso não quer dizer que não existam alternativas em Software Livre para a grande maioria dos Softwares Proprietários. Verifique neste site http://www.linuxlinks.com/article/20070701111340544/Equivalents.html

[4] Comentário enviado por natourbano em 09/05/2012 - 18:35h

Olá dorivaljunior, um dia já tentei usar software 100% livre, como o Gnewsense que é um ubuntu totalmente livre.

Alguns plugins como o Flash da Adobe e outros plugins de video realmente são indispensáveis.

gostei do seu tutorial, mas realmente é dificil sobreviver ao mundo do 100% livre


[5] Comentário enviado por dorivaljunior em 11/05/2012 - 13:16h

Olá, é como o próprio Stallman diz num trecho do video "Revolution OS" onde ele não tinha controle sobre o audio e video de uma palestra que ele fez, pois na época não havia software livre para isso heheh!

Acredito que cada vez mais caminhamos para um mundo com mais software não proprietários.
Esta comunidade é um bom exemplo!!! É justamente o conceito do Raymond no artigo "A catedral e o bazar"!! Graças a comunidades como esta, cada vez mais teremos softwares alternativos aos proprietários.

Ainda é dificil sim sobreviver com soluções 100% livre, mas nada é impossível !!!

até mais !!!

[6] Comentário enviado por paulojbe em 14/05/2012 - 15:52h

Em relacao a codecs de video coberto por patentes e implementados em SL, acredito que possam ser considerados como livres, ja que nao existem patentes de software Brasil. Sobreviver sem o flash eh perfeitamente possivel.

[7] Comentário enviado por dorivaljunior em 14/05/2012 - 17:16h

Olá paulojbe, concordo com a sua colocação. É possível sobreviver sem o flash !! Obrigado pela contribuição !


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts