Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

Preparei um mini guia de instalação do Antergos, sistema elegante e baseado no Arch Linux. É uma distribuição muito boa para os novos usuários do Arch Linux. Vou abordar a instalação e uso de algumas ferramentas básicas.

[ Hits: 32.108 ]

Por: Fabricio Santana em 14/10/2014


Instalação



Olá, pessoal.

Preparei um mini guia de instalação do Antergos, ele é um sistema elegante e baseado no Arch Linux. É uma distribuição muito boa para os novos usuários do Arch Linux. Vou abordar a instalação e o uso de algumas ferramentas básicas.

Nesse tutorial, estou usando o Antergos 2014.08.07 - 32 bits.

Depois de realizar o download e iniciar o processo do boot, na tela inicial do Antergos, aperte o F2 e escolha o idioma Português do Brasil.

Escolha: Inicializar o Antergos live

Como o objetivo desse artigo é aproximar os novos usuários para o Arch GNU/Linux, vamos escolher instalação gráfica.
Linux: Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

Escolha o idioma, no meu caso, o Português do Brasil.

No próximo passo, verifique se o sistema atende aos requisitos para continuar. Se tem pelo menos 4 GB de espaço disponível, se for Notebook, está conectado à rede elétrica e por último, está conectado à Internet.

O Antergos, no momento de sua instalação, realiza download de vários pacotes, por isso ele pode demorar mais tempo realizando download do que a instalação em si.

Na próxima tela, escolha a sua Zona e Região:
Linux: Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

Na próxima tela, verifique a acentuação do seu teclado se está funcionando e depois pode avançar. Chegou a melhor parte, a escolha do ambiente, conforme podem ver, existe 7 ótimas opções:
  • Base;
  • Cinnamon;
  • GNOME;
  • KDE;
  • MATE;
  • Openbox;
  • Xfce.

Linux: Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

Vou escolher o GNOME, que é o padrão do sistema e vou avançar.

Temos agora a seleção de recursos, isto fica a critério do usuário. Como é uma instalação comum, para demonstrar o Antergos, não vou selecionar muita coisa.

Vou selecionar o GNOME Extra, software proprietário.
Quem quiser, pode marcar o Suporte ao Repositório de Usuários Arch (AUR).

O AUR foi criado para organizar e compartilhar novos pacotes da comunidade e para ajudar a acelerar a inclusão de pacotes populares no repositório.
Linux: Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

No tipo de instalação, vou deixar o padrão: Apagar o disco e instalar o Antergos

Vamos criar o usuário e aguardar a finalização da instalação:
Linux: Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

Agora, é aguardar a finalização da instalação. Depois de tudo instalado, o sistema solicita que seja reiniciado e, se tudo ocorreu bem, a tela inicial é mostrada. Após, já pode realizar o login:
Linux: Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux   Linux: Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

E pronto. Está finalizada a instalação do Antergos, ele conta com o PacmanXG, que auxilia na instalação de novos pacotes, embora a instalação padrão já é bem completa para o uso doméstico, sempre que precisar de algum pacote, pode utilizar o PacmanXG para realizar a instalação.

Considerações finais

O Antergos superou minhas expectativas. O sistema é muito elegante, rápido e leve.

Completo em sua suíte de aplicativos e permite instalar muito aplicativos logo no início de sua instalação.

Conta com o PacmanXG, que facilita a instalação de pacotes para quem ainda não domina muito a linha de comandos, e toda a instalação foi feita sem a necessidade de digitar nenhum comando. ;)

   

Páginas do artigo
   1. Instalação
Outros artigos deste autor

Instalação do Deepin 14.1 - Uma distribuição fantástica

Compilação do kernel v3.x no CentOS e Debian

Servidor NTP - Configuração e ajuste de data e hora

Kernel 4.0 no Debian, Linux Mint e Ubuntu - Atualização rápida

Leitura recomendada

Guia de Instalação do Arch Linux

Questão de LPIC - Manipulação de dispositivos

Guia introdutório do Linux IV

A Origem dos Nomes (parte 2)

Esqueça tudo e venha para o Linux!

  
Comentários
[1] Comentário enviado por roguewh em 15/10/2014 - 08:53h

Muito bom, fabriciocs!

Arch linux pra mim ainda é um mistério. Já consegui instalar (seguindo um guide qualquer, só assim...), mas estava com pouco tempo pra aprender na época e voltei pro Debian. Algum tempo depois instalei o Manjaro (pesadinnn) e achei muito interessante o Pacman. Sobrando uma oportunidade irei testar esse Antergos.

Abraços,
Alex.

[2] Comentário enviado por necronomico em 15/10/2014 - 13:45h

Que artigo legal fabriciocs.
É divertido instalar o ARC na unha, mas realmente para quem não esta acostumado e precisa seguir outros guides (meu caso), a dificuldade inicial pode intimidar e espantar curiosos ou ainda o tempo gasto pode ser um limitador de opções na escolha.
Com este artigo, pode ter certeza que você esta incentivando muita gente a dar seus primeiros, e quem sabe eternos, passos nesta distro fantástica.
Obrigado por enriquecer o conhecimento.
Abraço

[3] Comentário enviado por mrpotato em 15/10/2014 - 16:25h

Ótimo artigo fabriciocs!

Quando instalei o Arch no meu pc decidi pelo própria distro pura porque estava querendo instalar somente o que eu preciso (não recomendado para quem não tem experiência hehe), mas essa é uma distro muito boa pra quem quer se aventurar no Arch e tem pouco conhecimento, facilita muito a instalação.

Abraço

[4] Comentário enviado por removido em 15/10/2014 - 21:45h

EXCELENTE ARTIGO. REALMENTE O ARTEGOS E UMA DISTRO QUE TEM O VISUAL BEM AGRADÁVEL ALÉM SER BEM RÁPIDA, TESTO ELE COM O CINNAMOM.

[5] Comentário enviado por removido em 15/10/2014 - 21:57h

Olá! Srtigo interessante.
Sou novato em Linux e gostaria de saber se essa distro é amigável para novatos que vem do Windows.
Atualmente uso o Slitaz, mas esse aí no artigo parece interessante; talvez valha a pena experimentar o LiveCD.
Obrigado!

[6] Comentário enviado por elton.linux em 16/10/2014 - 18:42h

Temos também o LINUX KAOS OS, http://kaosx.us/, que também usa o gerenciador da pacotes PACMAN.
Utiliza KDE, e é bem leve e estável.

Vale a pena testar.

[7] Comentário enviado por fabriciocs em 16/10/2014 - 20:06h


[6] Comentário enviado por elton.linux em 16/10/2014 - 18:42h:

Temos também o LINUX KAOS OS, http://kaosx.us/, que também usa o gerenciador da pacotes PACMAN.
Utiliza KDE, e é bem leve e estável.

Vale a pena testar.


Valeu pela dica, na primeira oportunidade vou testar essa distribuição.

[8] Comentário enviado por fabriciocs em 16/10/2014 - 20:09h


[5] Comentário enviado por sidini em 15/10/2014 - 21:57h:

Olá! Srtigo interessante.
Sou novato em Linux e gostaria de saber se essa distro é amigável para novatos que vem do Windows.
Atualmente uso o Slitaz, mas esse aí no artigo parece interessante; talvez valha a pena experimentar o LiveCD.
Obrigado!


Sim, o Antergos tem ambientes bonitos, como o Cinnamon, que é igual ao do Mint, e o KDE que lembra bastante o Windows.

[9] Comentário enviado por fabriciocs em 16/10/2014 - 20:12h


[4] Comentário enviado por carlosfilho em 15/10/2014 - 21:45h:

EXCELENTE ARTIGO. REALMENTE O ARTEGOS E UMA DISTRO QUE TEM O VISUAL BEM AGRADÁVEL ALÉM SER BEM RÁPIDA, TESTO ELE COM O CINNAMOM.


Ele é bem rápido e estável, e ainda tem essa gama de opções de ambientes logo de inicio, ainda pode instalar fontes de texto, entre outras coisas.

[10] Comentário enviado por fabriciocs em 16/10/2014 - 20:15h


[3] Comentário enviado por mrpotato em 15/10/2014 - 16:25h:

Ótimo artigo fabriciocs!

Quando instalei o Arch no meu pc decidi pelo própria distro pura porque estava querendo instalar somente o que eu preciso (não recomendado para quem não tem experiência hehe), mas essa é uma distro muito boa pra quem quer se aventurar no Arch e tem pouco conhecimento, facilita muito a instalação.

Abraço


Sim, facilita bastante para o novo usuário do Arch, e depois que começa a usar e a pesquisar sobre ele, o caminho é natural para instalar o Arch linux. Ele é uma das portas de entrada para o Arch Linux.

[11] Comentário enviado por fabriciocs em 16/10/2014 - 20:17h


[1] Comentário enviado por roguewh em 15/10/2014 - 08:53h:

Muito bom, fabriciocs!

Arch linux pra mim ainda é um mistério. Já consegui instalar (seguindo um guide qualquer, só assim...), mas estava com pouco tempo pra aprender na época e voltei pro Debian. Algum tempo depois instalei o Manjaro (pesadinnn) e achei muito interessante o Pacman. Sobrando uma oportunidade irei testar esse Antergos.

Abraços,
Alex.


Pode testar que vai achar bem interessante.

[12] Comentário enviado por fabriciocs em 16/10/2014 - 20:19h


[2] Comentário enviado por necronomico em 15/10/2014 - 13:45h:

Que artigo legal fabriciocs.
É divertido instalar o ARC na unha, mas realmente para quem não esta acostumado e precisa seguir outros guides (meu caso), a dificuldade inicial pode intimidar e espantar curiosos ou ainda o tempo gasto pode ser um limitador de opções na escolha.
Com este artigo, pode ter certeza que você esta incentivando muita gente a dar seus primeiros, e quem sabe eternos, passos nesta distro fantástica.
Obrigado por enriquecer o conhecimento.
Abraço


Sim, é bom realizar a instalação na unha, eu mesmo quando comecei no Linux usava o Slackware, o Arch eu instalei na unha, hoje, para facilitar o acesso do pessoal eu uso o Antergos com a sua facilidade de instalação sem perder nada na qualidade

[13] Comentário enviado por removido em 17/10/2014 - 19:08h


[6] Comentário enviado por elton.linux em 16/10/2014 - 18:42h:

Temos também o LINUX KAOS OS, http://kaosx.us/, que também usa o gerenciador da pacotes PACMAN.
Utiliza KDE, e é bem leve e estável.

Vale a pena testar.


Outra distro muito boa, o KAOS e bem leve e muito bem trabalhado.

[14] Comentário enviado por r00g3r em 01/11/2014 - 23:54h

muito bom seu artigo, mais ainda prefiro o arch do que o antergos, netrunner, manjaro ou arch bang (y)

[15] Comentário enviado por otaviobrito77 em 06/11/2014 - 21:16h

Sou suspeito para falar do Arch, minha distribuição favorita desde que a instalei pela primeira vez. Na verdade, não tem grande mistério sua instalação, existem muitos tutoriais inclusive em vídeo no youtube. É só seguir o passo a passo...

Para mim, o Arch consegue juntar a velocidade com a simplicidade. Testei várias distribuições (Ubuntu, Slackware, Funtoo, Gentoo, Debian...).Na verdade até PCBSD já testei... Desempenho parecido só mesmo nas distros de compilação na máquina, mas pessoalmente, o tempo de compilação é um grande desperdício, pelo menos para mim... Já o arch, por adotar a compilação x64 afasta todo esse "desperdício" de tempo. Tudo bem, ele não é compatível com uma infinidade de plataformas como o slack ou debian, mas, fala sério, quase todo mundo tem em casa atualmente um proc. de 64bits... Quem usa um 486 ou um K6-2 atualmente? rsrsrs

Cara, esse seu artigo ajudará muitos iniciantes a usar o arch e isso por si só já é válido. Parabéns.

[16] Comentário enviado por amandamata_ em 05/01/2015 - 10:33h

Ótimo guia, iniciei com o arch linux no meio do ano de 2014, e desde então aprendi muito com o sistema, e claro, não a troco por nenhuma.
Conheci o antergos faz alguns dias e hoje uso em máquina virtual, gostaria de ter conhecido antes haha

[17] Comentário enviado por Abenaki em 31/05/2016 - 11:22h

Muito bom mesmo, eu baixei o Antergos e agora vou instalar ele no meu note, tava avançando na instalação mais deu erro e fechou o instalador, vou criar as partições do zero e vou instalar, achei shown de bola o Antergos Linux.

[18] Comentário enviado por lcom23 em 18/06/2016 - 19:24h

Parabéns pelo artigo, o Antergos também me surpreendeu desde a facilidade na instalação e também para usar o sistema.
Atualização tranquila e sempre com notificações de novas atualizações.
Intel DualCore E 5300/2GB RAM/HD 250 GB

[19] Comentário enviado por evellyse10 em 18/01/2017 - 10:52h

Quais os requisitos mínimos pro ANTERGOS?


Contribuir com comentário