20 passos para aumentar o espaço de armazenamento de um cluster CentOS 6

Sabe aquele cluster que está funcionando bem mas está se aproximando dos 98% da capacidade de armazenamento? Pois é, esse artigo mostra como adicionar mais espaço à ele usando as funcionalidades de extensão de volumes lógicos e extensão do file system.

[ Hits: 3.847 ]

Por: Rafael Vico em 24/03/2017


Desmontagem do Cluster



O artigo parte do princípio que o espaço de armazenamento (LUN) já está apresentado ao sistema operacional e configurações de multipath se existentes já estão realizadas.

1. Executar backup da configuração dos VGs:

# vgcfgbackup

2. Após conferir se as mesmas estão em /etc/lvm/backup:

# cat /etc/lvm/backup

3. Desmontar o Filesystem em todos os nós:

# umount /<ponto de montagem>

4. Parar os serviços do cluster nos nós:

# service gfs2 stop
# service clvmd stop
# service cman stop
# service rgmanager stop


5. Desabilitar os serviços de cluster do Sistema Operacional:

# chkconfig cman off
# chkconfig clvmd off
# chkconfig rgmanager off
# chkconfig gfs2 off


6. Rebootar todos os nós:

# init 6

7. Localizar a LUN de recém apresentada:

# lsblk

8. Preparar do dispositivo para integrar um VG usando TODO o espaço disponível:

# parted /dev/sdx
(parted) mklabel GPT
(parted) mkpart primary ext4 0 -1
(parted) set 1 lvm on
(parted) quit


9. Fazer o kernel reler a tabela de partição:

# partprobe

10. Fazer do dispositivo um "Physical volume":

# pvcreate /dev/sdx1

11. Adicionamos o novo volume ao VG:

# vgextend <nome do vg> /dev/sdx1

12. Iniciar o serviço de gerenciamento de volumes lógicos (executar nos 3 nodes):

# service rgmanager start
# service cman start
# service clvmd start

********** NÃO INICIALIZAR O GFS2 **********

13. Aumentar o tamanho do volume lógico:

# lvextend -l +100%FREE /dev/mapper/<nome do vg>-<nome do lv> (executar apenas no node principal)

# lvs (comando para conferir o aumento da unidade deve ser executado nos 3 nodes)

14. Iniciar o serviço do File System (GFS2):

# service gfs2 start (executar nos 3 nodes)

15. Faça testes de leitura, escrita e inicialização da aplicação, também é um bom momento para fazer backup dos dados caso não tenha sido feito ainda.

16. Se você iniciou a aplicação, pare a aplicação novamente.

17. Aumentamos o tamanho do File System (só funciona com o serviço inicializado e volume montado).

# gfs2_grow /<ponto de montagem>

# df -h (para conferir)

18. Faça novos testes de leitura, escrita e inicialização da aplicação.

19. Habilite a inicialização automática do serviços do Cluster:

# chkconfig rgmanager on
# chkconfig cman on
# chkconfig clvmd on
# chkconfig gfs2 on


20. Desligue os servidores e religue-os.

   

Páginas do artigo
   1. Desmontagem do Cluster
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

USB-ZIP - Emulando Zip Drive em Pendrive

Sistemas de arquivos para GNU/Linux

Stripe no LVM

Trabalhando com init no Debian

Configurando leitores ópticos e HDs

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts