Montando dispositivos

Publicado por Robson Fernando Gomes em 08/04/2011

[ Hits: 7.468 ]

Blog: http://maguscode.blogspot.com/

 


Montando dispositivos

Resumo:

sudo mount caminho_dispositivo local_de_demontagem

sudo umount dispositivo_montado


Hoje em dia no Linux quase tudo pode ser feito por interface gráfica, o que causa uma enorme facilidade para as pessoas que tem o primeiro contato com este sistema operacional. Um modo legal de aprender a montar um dispositivo pelo Linux é através do console (terminal), nunca se sabe como isto poder vir a ser útil algum dia.

Todos os dispositivos do Linux normalmente estão localizados na pasta dev, no diretório raiz "/", ou seja, dentro de /dev. Por exemplo, meu hd é hda1 (/dev/hda1) ou meu pendrive sdb1 (/dev/sdb1). Para montar um dispositivo através do terminal é preciso seguir alguns passos.

1. Criar um ponte montagem - cria-se uma pasta em algum ponto do computador para servir de ponto de montagem do dispositivo:

$ sudo mkdir /mnt/hdPessoal

2. Executar o comando montador de dispositivo, no meu caso está em /dev/hda1:

$ sudo mount /dev/hda1 /mnt/hdPessoal

O dispositivo estará montado em /mnt/hdPessoal, para manipulação dos arquivos que estão no mesmo. Caso você queira desmontar o dispositivo basta utilizar o seguinte comando:

$ sudo umount /mnt/hdPessoal

Caso o dispositivo seja um cd, um comando legal para tira o cd do leitor é o eject (comando que abre abandeja do leito de cd. E eject -t que faz a bandeja voltar para seu devido lugar).

Exemplo (abrir leitor):

$ eject

Exemplo (fechar leitor):

$ eject -t

Fonte: http://maguscode.blogspot.com

Outras dicas deste autor

Instalando MSN Messenger no Linux

Copiar o conteúdo de uma lista para outra lista em Java

Oracle: Diferença entre JOIN interno e externo

Utilizando split e cat para maninpular arquivos

Instalação de arquivos .bin no Linux

Leitura recomendada

Verificando os usuários que se logaram na sua máquina

Exercício Prático LPIC 05

Criando aliases úteis

Orphaner - Limpeza de pacotes órfãos

O comando compress


Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário