Desmontando um dispositivo ocupado

Publicado por D. M. Tavares em 28/02/2008

[ Hits: 17.095 ]

 


Desmontando um dispositivo ocupado

Às vezes quando vou desmontar meu chaveiro USB (USB Flash Drive), o comando umount retorna a mensagem "umount: /mnt/flash: o dispositivo está ocupado", e o dispositivo não é desmontado. Como faço para desmontá-lo?

Resposta:

O comando não consegue desmontar dispositivos que estão sendo usados. Então para desmontar o dispositivo é necessário fechar todos os programas que estão usando arquivos do dispositivo, como por exemplo: editores, navegadores, visualizadores de imagens etc. Além disso, caso exista algum terminal com caminho corrente igual a uma pasta do dispositivo, o caminho corrente deste deve ser modificado, ou o terminal deve ser fechado.

Se você não conseguir localizar os programas que estão usando o dispositivo, não se desespere, o comando "fuser" irá lhe auxiliar. Exemplo de uso:

# fuser -vm /mnt/flash/

Saída do comando acima:

                     USER        PID   ACCESS   COMMAND 
/mnt/flash/:         fulano     3599   F...    vi 
                     fulano     3629   f....    xpdf 
                     fulano     3632   ..c..    bash 

Agora você tem uma lista dos programas (na verdade processos) que estão usando o dispositivo montado em "/mnt/flash". Você poderá fechá-los manualmente, caso não consiga, poderá matar os processos, uma vez que agora você conhece os identificadores dos processos (PID).

Exemplo de como matar os processos que estão utilizando o dispositivo montado em "/mnt/flash":

# kill -9 3599
# kill -9 3629
# kill -9 3632


Depois de fechar os programas (ou matar os processos) que estão utilizando o dispositivo basta desmontá-lo como de costume.

# umount /mnt/flash/

Abraços,

Prof. D.M.T.

Outras dicas deste autor

Variáveis de internacionalização no Slackware

Exibindo o conteúdo ao contrário

TAR seletivo

Imprimindo "man pages"

Cronometrando o tempo de execução

Leitura recomendada

Adicionando comandos na inicialização do Linux

Atualização do Ubuntu passando por proxy

Quota no Debian Etch

KDE4: Plasma fecha com Signal 11 SIGSEGV

Interface HY-D-V1 - Instalação no Ubuntu 13.04 e derivadas


Comentários
[1] Comentário enviado por dfsantos em 28/02/2008 - 08:42h

Show de bola sua dica amigo vai ser de grande ajuda =]

[2] Comentário enviado por guimaluf em 28/02/2008 - 09:36h

?comentario=ótima dica cara! parabens.... nunca soube desse comando fuser :)

[3] Comentário enviado por RCoimbra em 28/02/2008 - 09:48h

Valew, dica muito útil mesmo!!!!!!!!!

[4] Comentário enviado por douglasdiasn em 29/02/2008 - 01:54h

muito util, não conhecia o comando

att

Douglas Noronha

[5] Comentário enviado por chimico em 29/02/2008 - 18:08h

?comentario=Da man page do comando fuser temos:

fuser -km /mnt/flash

#para matar todos os processod que estão acessando o sistema de arquivos montado em /mnt/flash/ , mas pode ser usado em arquivos e dispositivos de bloco, como /dev/cdrom,... etc, aí é só desmontar.
Se mesmo assim a desmontagem falhar é só usar

umount -l /mnt/flash/

[6] Comentário enviado por kaizerslawten em 12/04/2012 - 17:38h

Muito bom Tavares não conhecia este comando muito util valeu mesmo.

Digamos sim a Liberdade !



Contribuir com comentário