Desmascarando pacotes em Sabayon e Gentoo

Publicado por Alberto Federman Neto. em 06/03/2013

[ Hits: 3.098 ]

Blog: http://va.mu/AP1

 


Desmascarando pacotes em Sabayon e Gentoo

Usuários de Sabayon e Gentoo sabem que essas distribuições mascaram pacotes Experimentais, Unstable e Trunk, para que não sejam instalados em condições rotineiras.

Tais pacotes são achados através deste site:
E são marcados como versão experimental com a String numérica "9999".

Para usá-los é necessário desmascará-los. Nos Portages antigos um pacote que fazia isso era o "autounmask":
Mas nas versões novas de Portage ele é obsoleto, ou "deprecated". Pode ser ainda encontrado nos Overlays JamesBroad ou DuPol:
Mas, mesmo quando instalado, nem sempre funcionará.

Nestes Portages novos (versão 2.2_rc12 ou posterior), o pacote "autounmask" foi substituído por uma opção de desmascarar pacotes automaticamente no Portage, no próprio comando Emerge:

# emerge -av --autounmask --autounmask-write PACOTE

Porém, em meus testes, verifiquei que não funciona sempre, principalmente se em algum momento anterior você usou emerge com uma opção de manter as máscaras:

# emerge -av --autounmask --autounmask-keep-masks PACOTE

Há também uma outra opção, o script de desmascarar de DeathSquad, Suécia:
Mas estou testando com os Portages novos, e ele "destrói" o arquivo /etc/portage/package.keywords e o Emerge não funciona mais. Estou ainda trabalhando no script para colocá-lo funcionando, porque pretendo traduzi-lo.

Isso posto, vê-se que os procedimentos automáticos de desmascarar podem não funcionar. Portanto, no momento, para desmascarar pacotes use o procedimento abaixo, adaptado do método geral Gentoo de desmascaramento manual.

Procedimento simples

Com um editor de texto em modo root, edite e salve o arquivo /etc/portage/package.keywords, colocando uma linha como abaixo:

=categoria/nome do pacote-9999 **

Alternativamente, simplesmente execute este comando:

# echo '=categoria/nome do pacote-9999 **' >> /etc/portage/package.keywords

O exemplo abaixo esclarece.

Exemplo:

Neste exemplo o procedimento foi usado para instalar o pacote "eix" (buscador de arquivos em Portage) em sua versão "trunk" existente no Overlay "mv".

Primeiramente o Portage foi sincronizado e atualizado, e o Overlay "mv" adicionado:

# emerge --sync
# layman -a mv
# layman -S


Com o Overlay adicionado o pacote foi desmascarado e instalado:

# echo '=app-portage/eix-99999999 **' >> /etc/portage/package.keywords
# LINGUAS="pt_BR" emerge -av app-portage/eix


A string "99999999" é uma exceção e indica o caráter altamente experimental do pacote. No geral, é apenas "9999".

Resumo

Uma maneira fácil de desmascarar e instalar pacotes com Portage em Sabayon e Gentoo:

Procure a categoria e o pacote que se quer em:
Achado o pacote (se necessário adicione com "layman" o Overlay que contém o pacote), desmascare e instale usando estes comandos, em sequência:

# emerge --sync
# layman -a 'nome do Overlay que tem o pacote'
# layman -S
# echo '=categoria/nome do pacote-9999 **' >> /etc/portage/package.keywords
# LINGUAS="pt_BR" emerge -av categoria/nome do pacote


Para o seu pacote, substitua "categoria" e "nome do pacote" pelos dados do pacote que encontrou no site Zugaina.

Outras dicas deste autor

Como liberar espaço em partições cheias no Mandriva Linux

Gerenciador completo para Sabayon Linux - Smart-Packet-Mania

Método fácil (adequado inclusive para iniciantes) de backup e cópia

Ambiente gráfico LXQt no Sabayon

Sabayon Linux - Nova sintaxe e modos de uso dos repositórios

Leitura recomendada

Formas para forçar o encerramento de programas travados

nmap - Verificando os IPs em uso na rede

Criando um usuário exclusivo para desligar a máquina

Como economizar na digitação do seu prompt?

Iniciando uma segunda interface gráfica no Linux


Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 06/03/2013 - 11:56h

COMPLEMENTO DA DICA:

Eventualmente, existem outros tipos de máscaras, colocadas por vários outros motivos.
Para essas máscaras, fique atento às mensagens do Portage,
porque elas explicam onde e como atuar e qual o Arquivo que deve ser editado.

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 06/03/2013 - 15:50h

Gostei... mas em contrapartida agora eu acabei de ter certeza de que essas distros (gentoo, funtoo, etc) não são distros para mim!

É realmente muito trabalhoso/complicado!

Por fim: excelente dica! Acredito que ajudará muito a galera!

[3] Comentário enviado por pinduvoz em 06/03/2013 - 22:40h

Sabayon é fácil, mas Gentoo é mesmo complicado.

[4] Comentário enviado por nilodanx52 em 13/05/2013 - 10:30h

Sabayon é doce demais! Meu medo é a compilação nele agora kkkkkkkk até agora tudo ta redondo de equo, só que chamei o emerge --sync e como demorou muito baixando a arvore fiquei receoso... queria saber quais pacote vale apenas serem compilado na real...



Contribuir com comentário