Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · Doode · NoticiasLinux · SoftwareLivre.org · UnderLinux



» Screenshot
Linux: Ubuntu 6.06 LTS + Xfce
Por removido
» Login
Login:
Senha:

Se você ainda não possui uma conta, clique aqui.

Esqueci minha senha



Artigo

Programas equivalentes Linux vs Windows
Linux user
IcePeak
20/04/2007
Estarei escrevendo aqui sobre alguns dos programas que estão me surpreendendo por estarem substituindo perfeitamente os da plataforma Windows e também por alguns estarem superando em muito os concorrentes. Como há muitos softwares disponíveis, não darei conta de escrever todos aqui, mas sintam-se a vontade para publicar comparações nos comentários.
Por: Mateus Pinheiro
[ Hits: 91913 ]
Conceito: 9.1   13 voto(s)13 voto(s)13 voto(s)13 voto(s)13 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Programas Linux X Windows

Vim aqui depois de me surpreender com a grande gama de softwares free que são disponibilizados para Linux. Sabia que haviam muitas comunidades que ajudavam no desenvolvimento de tais programas, mas não imaginava que fosse algo tão monstruoso e vasto!

Espero que este artigo incentive também algumas pessoas a mudar de Windows para Linux após verem que há programas igualmente funcionais em ambas as plataformas.

Linux X Windows

Aqui estarei fazendo um comparativo, aonde escreverei antes o programa da plataforma Windows, depois o da plataforma Linux e alguns comentários.

Microsoft Office -- Suíte OpenOffice.org (Na minha opinião, muitas vezes melhor do que o programa da Microsoft. Mais recursos e uma facilidade incrivelmente grande).

Adobe Page Maker -- Scribus (Não é tão áureo quanto o PageMaker, mas é muito bom mesmo, eu, particularmente, o uso para trabalhos profissionais e estou satisfeito).

Descarregador de imagens do Windows (r) -- DigiKam (Muito mais fácil para descarregar a câmera, além de incluir um pequeno editor de imagens).

Delphi -- Lazarus (Tão bom quanto o Delphi, inclusive na interface de criação).

Visual Basic -- Gambas (Acho inclusive que é melhor e mais rápido).

3D Studio -- Blender (Tão bom quanto, só um pouco mais complicado por não ter tantos atalhos de teclado).

3D Studio -- PovRay (Concorrente do Blender, ideal para usuários avançados do 3D Studio).

AutoCad -- Qcad (Não é tão bom quanto, é em 2d, mas pelo menos não custa 5.000 reais, é free!).

Microsoft Money -- KMyMoney (Estou muito satisfeito com o programa, gerencia muito bem as contas e faz cálculos apurados).

Internet Explorer -- Firefox (Browser com abas e tão pesado quanto o IE, mas é possível adicionar-se plugins).

Internet Explorer -- Opera (Browser mais leve, com abas, design apurado e vários plugins e desktop widgets).

MS Outlook -- Thunderbird (Muito mais leve e organizado).

Tradutores de texto -- BabyTrans (Dicionário completo, com tradução simultânea ao grifar a palavra).

eMule e outros P2P -- aMule (Tão bom quanto, basicamente o mesmo programa).

eMule e outros P2P -- FrostWire ou LimeWire (Melhores no quesito pesquisa e interface, iguais na velocidade).

Msn Messenger -- aMsn (Talvez o mais conhecido e o mais usado, bastante customizável e bem parecido com o cliente MSN da Microsoft).

Msn Messenger -- Kopete (Vem junto com o KDE, um pouco diferente, mas é leve e funcional).

Msn Messenger -- Mercury (Feito em java, é um pouco pesado, mas tem mais funcionalidades que o próprio cliente da Microsoft).

Desktop 3D do Vista -- Aixgl + Beryl (Muito mais leve do que o do Vista, rodando apenas com 64 de vídeo e 256 de RAM, e igualmente bonito).

Windows Media Player -- Kaffeine (Player muito mais completo e bonito).

Windows Media Player -- Mplayer (Muito mais leve).

Nero -- K3B (Um milhão de vezes melhor, com muito mais recursos e opções de configuração).

PortSniffer -- WireShark (Sniffer eficiente e simples).

Gerenciadores de rede -- Gnome NetInfo (Ideal para admins. de rede, tem várias opções diferentes e teste de vulnerabilidaes).

PortScanner -- Nessus (Muito eficiente, leve e rápido).

    Próxima página >>




Páginas do artigo
   1. Programas Linux X Windows
   2. Alguns se sobressaem...

Outros artigos deste autor

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por dockism em 20/04/2007 - 09:02h:

Otimo artigo, para quem quer começar no linux isso ajuda muito
mas poderia ilustrar....


[2] Comentário enviado por mangojambo em 20/04/2007 - 09:52h:

"3D Studio -- Blender (Tão bom quanto, só um pouco mais complicado por não ter tantos atalhos de teclado)."

Essa eu não entendi... Blender é tão cheio de atalhos que deixa o trabalho realmente veloz!!! O Problema é o início, aprender todos e sua metodologia.
Hoje, Blender é o único programa Suíte 3D opnsource que compete de igual com programas comerciais...


[3] Comentário enviado por PCMasterPB em 20/04/2007 - 10:17h:

"Internet Explorer -- Firefox (Browser com abas e tão pesado quanto o IE, mas é possível adicionar-se plugins). "

Não sei não, prefiro mil vezes o Firefox, e se for comparar com o IE 7, o Firefox dá de lavada em desempenho.


[4] Comentário enviado por otanerop em 20/04/2007 - 10:22h:

Concordo perfeitamente com o PCMasterPB.... o Firefox da de mil no IE, tanto o 6 quanto o 7!!!! Inclusive a sua versão para windows, tanto que tem muita gente usando!!!
Outro detalhe, que tenho que admitir, o MS Office 2007 está com uma gama de recursos muito boa, eu gostei muito!!!
Mas pode e deve ser subistituido pelo OpenOffice, principalmente se você não utiliza recursos avançados, principalmente de programação!!!


[5] Comentário enviado por zildjian em 20/04/2007 - 10:24h:

Faltaram 3 coisas pra mim:
- Pra mim, o Abiword e o Gnumeric são um pouco melhores que os respectivos no OpenOffice, pois são bem mais leves.
- O KOffice também tem seu espaço, mesmo não sendo tão compatível com os padrões do MS Office.
- Faltou falar do GIMP. Claro que ele ainda não chega aos pés do Photoshop, em alguns quesitos. Mas pra mim, como não sou um usuário tão exigente de design, faz estrago demais.

No mais, acho que tá bom.

Sugestão: quem souber de mais comparações, vão botando aqui


[6] Comentário enviado por tenchi em 20/04/2007 - 11:23h:

Legal, mas acho que o povray e o blender não fazem as mesmas coisas. O blender cria animações, etc. Já o povray cria imagens estáticas (cenas, embora crie animações também, embora seja bem mais complicado), de alta qualidade (acho que tem algo a ver com aquele negocio de renderizar, modelar, sei lá). Pra quem não quer colocar a mão em tanto código do povray, recomendo o kpovmodeler (http://www.kpovmodeler.org/)
O Vista tem desktop 3d? Nossa!, inovador este sistema, hein? (eh um imitando outro.. ;-))
Em matéria de multimídia, quem usa o amarok, sabe que não há nada que se compare. Para vídeos, mplayer e xine (tanto faz a interface).

No caso do emule, há vários Mulas para linux (e windows tbm), como o lmule, baseado no código do emule (que é um dos melhores programas opensource que muita gente não sabe que é opensource).

Enfim, depois que se começa a usar efetivamente uma boa distro linux, é até estranho usar o windows (além de complicado e chato).



[7] Comentário enviado por albertguedes em 20/04/2007 - 12:35h:

Eu vou encher a bola do mplayer, me digam se existe algum tipo de arquivo multimidia que ele não leia ?
Eu uso inclusive mplayer para Windows em substituição ao WM do próprio.


[8] Comentário enviado por SMarcell em 20/04/2007 - 14:01h:

Faltou mencionar o ótimo Inkscape.


[9] Comentário enviado por y2h4ck em 20/04/2007 - 14:54h:

Ah unica coisa que fode é o OpenOFFICE infelizmente ele não consegue se igualar ao Office não, digam oque disserem, quem trabalha em ambiente que necessita manusear documentacao sabe oq eu estou falando, é macro que não funciona, é tab que fica desalinhada e tudo mais.

Estou usando o Crossover da CodeWeavers para rodar o Microsoft Office 2003 no meu SuSE.


[10] Comentário enviado por flavioc em 20/04/2007 - 18:05h:

Sem dúvida o Linux tem oferecido boas soluções para quem deixar o windows de lado. Quanto ao que foi citado, se o k3b é melhor que o Nero, procurem testar o gnomebaker, que é melhor que o k3b. Vale também mecionar as ferramentas voltadas para edição de vídeo e criação de DVD. Mencoder é excelente. Avidemux é um poderosíssimo editor de vídeo e para autoria de DVDs merecem ser citados o qdvdauthor e mandvd. Vale a pena testar.


[11] Comentário enviado por JefersonLopes em 20/04/2007 - 18:31h:

Ae Galera, minha pequena lista seria

Corel Draw = Inkscape
Photoshop = Pixel (apesar de ser pago e acredito não ser opensource, seu binário é nativo para linux.
Windows Media Center = MythTV (vc ainda pode utilizá-lo como uma interface gráfica completa com navegador web e tudo)

Quanto ao Nero, o K3B dá de 10, e agora com a versão oficial sendo a 1.0 o K3B não perde pra ninguém, ninguém mesmo!!! (sem querer começar um flame com o Flavioc) ;)


[12] Comentário enviado por oscarcosta em 21/04/2007 - 08:07h:

Depois de tanto gerundismo... acho que essa "pequena" lista deveria estar na seção de DICAS ou em um FÓRUM com um título tipo: "Programas Livres para substituir Programas Proprietários", tirando é claro a listinha de softwares que, "não tem concorrentes populares no Windows"...


[13] Comentário enviado por rpbdesigner em 21/04/2007 - 13:15h:

photoshop = GIMP
MSOFFICE = OPEN OFFICE
BLOCO DE NOTAS = KEDIT (rsrsrs)
MSN Messenger = GAIM (suporte a todos os mensageiros muito bom)


[14] Comentário enviado por eiziz em 22/04/2007 - 16:08h:

É muito importante essa correlação quando pensamos em migrar de sistema operacional para o Linux, por exenplo. Gosto muito deste tipo de artigos e faço minha contribuição na relação:

CorelDraw - Sodipodi ou Inkscape
CoolEdit - Audacity (Edição e conversão de formatos de aúdio, inclusive mp3)
Outlook - Kmail (ferramenta cliente de e-mail que vem com o kde)

E-mule - LimeWire (ferramenta p2p, na minha opnião é a melhor)



[15] Comentário enviado por daredevil em 23/04/2007 - 01:41h:

Bom artigo, assim quem está começando tem mais uma referencia de alguns programas.


[16] Comentário enviado por rskrause em 23/04/2007 - 05:09h:

Esqueceram do AmaroK! dá de 20 a 0 no WMP


[17] Comentário enviado por SMarcell em 23/04/2007 - 09:38h:

Segundo o rpbdesigner
------------------------------------------
BLOCO DE NOTAS = KEDIT (rsrsrs)
------------------------------------------

Não é querendo ser metido a "doidão", mas o VIM é simplesmente o melhor "bloco de notas" que existe. Quando você aprende a utilizá-lo, não quer saber mais de nenhum outro.

Falou!!!


[18] Comentário enviado por presto em 23/04/2007 - 10:48h:

Bonzinho... Mas _muito_ tendencioso...

Esse tipo de artigo deveria ser _bem_ mais imparcial...

Pegando como exemplo clientes de e-mail...
Thunderbird e Kmail são excelentes e leves clientes de e-mail... Mais leves que o MS Outlook 2003/2007. Mas disso para falar que é _melhor_ é exagero.
O recurso de organizar mensagens por data OU assunto OU remetente OU whatever manda pro espaço o agrupamento em trheads do Thunderbir/Kmail.

Outra coisa que pecou MUITO foi comparar o MSN Messenger com o aMSN ou Gaim... Para nós, tudo bem... Mas e para um usuário doméstico? Os joguinhos do MSN e os emoticons personalizados são TUDO para um usuário doméstico!!! =P

Tirando esses pequenos engodos, o artigo está ótimo... =]
Eu só peço isso para a comunidade: sejam mais críticos e menos tendenciosos... ;-)
Não avaliem o mais barato... Avaliem o mais lucrativo...
Meu cliente quer lucrar, e não economizar...
Se o teu cliente está lucrando com o Office 97, deixe quieto... Quando ele quiser fazer um upgrade, você empurra Linux... =P
Se ele está tendo prejuízo com Microsoft, mostre OS PONTOS POSITIVOS DO LINUX, E NÃO OS PONTOS NEGATIVOS DA MICROSOFT.


[19] Comentário enviado por nukelinux em 23/04/2007 - 18:07h:

concordo com vc!!!
artigos tendenciosos confundem os iniciantes (como eu)
Se eu ler uma opinião tendenciosa, vou perceber que ela é extremamente diferente da outra e não vou mais saber o que pensar.
Isso vai me deixar perdido e o objetivo do site é exatamente o contrário.
Por favor, tomem cuidado com os comentários, blz?
valeu


[20] Comentário enviado por juliaojunior em 23/04/2007 - 18:25h:

realmente! às vezes, parece que estamos falando de religião, e não de SO. :>


[21] Comentário enviado por kuric em 13/06/2007 - 03:45h:

Com todo o respeito, a discussão em causa é enganadora. A comparação entre programas Linux e Windows não pode consistir apenas em dizer, por exemplo, que "no windows há o internet explorer, e no linux, o firefox", dando a entender que o firefox é capaz de fazer tudo o que o ie faz, e que já vem todo configurado e pronto a usar.

Então e se eu quiser correr um jogo que precise de shockwave? E se eu quiser abrir um video através de um link mms? E se eu carregar num "mailto" para mandar um email? Etc, etc, etc. Pensem nos protocolos que é necessário adicionar...

É preciso perder horas/dias/semanas a configurar o firefox até ele ficar completamente funcional, enquanto que o ie pode ser totalmente configurado em alguns minutos. E o mesmo acontece com quase todos os outros programas. O iniciante em linux tem que estar prevenido disto para depois não se sentir enganado!

Num primeiro momento, ele instala uma qualquer distribuição linux e fica maravilhado porque parece estar tudo pronto a funcionar; num segundo momento ele começa a verificar que NADA funciona.

Quer ouvir um mp3... não dá! Quer ver um filme... não pode! Quer imprimir um documento... não consegue! Quer correr uma aplicação em 3D... dá erro! Quer copiar um texto para a clipboard e colar noutro sitio, e inexplicavelmente não consegue... Quer ejectar o CD e ele não sai! Porquê, meus Deus?!?!

Então começa a rir (para não chorar) quando pensa naquelas pessoas que lhe disseram que o linux agora é "user friendly" e consegue fazer tudo o que o windows faz. Quem só agora começou a usar linux tem centenas ou milhares de horas pela frente até conseguir fazer aquilo que estava habituado a fazer no windows. Esta é a realidade, não sei porque ainda tentam disfarçar.

São horas e horas e mais horas a tentar descobrir como é que se instalam os drivers da nvidia, a reinstalar o sistema operativo porque entretanto os drivers ficaram mal configurados e nem sequer entra mais em ambiente gráfico... são horas e horas e mais horas a escrever linhas de comandos que a pessoa nem sequer entende minimamente mas como viu a solução nalgum forum, escreve na mesma, cheia de medo para não estragar tudo outra vez... horas e horas e mais horas a tentar descobrir como é que se instala um programa que não vem nos repositórios e, portanto, não pode ser instalado através do recém-aprendido "apt-get" ou do synaptic... e o site oficial do programa nem sequer se dá ao trabalho de explicar como é que se instala!

Ok, penso que isto deixou bem clara a minha opinião... Durante os primeiros tempos, usar linux é uma verdadeira luta entre a máquina inteligente e o utilizador ignorante. Tal não acontece no windows, lamento mas é verdade. Termino dizendo: mesmo assim, odeio windows e adoro linux! LoL


[22] Comentário enviado por dockism em 13/06/2007 - 11:41h:

kuric

Concordo em alguns ponto com você
Mas hoje em dia o Ubuntu 7.04, esta totalmente funcional
Tanto que instalei para a minha irmã (ela não sabe o significado de SO, só para vocês ter o perfil dela), e não instalei nada dos codecs de video e audio, e nenhuma coisa para baixar musica, nada disso, eu queria ver como ela iria fazer....

A primeira coisa que ela me pergunta é, "Como posso baixar musica?"
Respondi: que tinha que instalar um programa e conselhei o FrostWare
ela achou o site e baixou o arquivo .deb e instalou.

Fiquei surpreso, porque fazia mais de uma semana que ela não perguntava nada...Dai liguei para ela e perguntei, como estava o computador se ela estava ouvindo musica e vendo filme....ela claramente me respondeu assim

Sim Estou, ta tudo normal, porque esta com problemas ai?

Bah aquilo foi um choque para mim, comprovei que qualquer pessoa que tenha no minimo vontade de ler e aprender alguma coisa, vai fazer funcionar...

Ainda mais com o Ubuntu 7.04 que faz tudo para vc, clicou para escutar arquivo MP3, ele já vem com a pergunta para instalar os codecs, acho que esse tempo já passou de

./configure
make
make install


[23] Comentário enviado por kuric em 14/06/2007 - 00:17h:

dockism ,

Antes de mais, agradeço o seu comentário. A experiência que você relatou é, sem dúvida, válida e eu acredito naquilo que vc disse. Porém, talvez pelo facto da sua irmã não dar um uso mais intensivo ou profundo ao pc é até natural que ela não se tenha deparado com problemas de maior.

Eu instalei Kubuntu 7.04 (por uma questão de gosto, simplesmente prefiro KDE) e eis algumas das primeiras dificuldades:

- Ao contrário de algumas (poucas) distribuições, como Mandriva, o Kubuntu não instalou os drivers da nvidia, necessários para correr aplicações em 3D. Primeira coisa a fazer: instalar os drivers da nvidia! Isto implica ter um conhecimento mínimo sobre as características da placa gráfica para escolher os drivers adequados, sob pena do sistema nem sequer entrar mais em modo gráfico, caso vc faça a escolha incorrecta. Mais: tem que aprender a sair do ambiente gráfico, saber usar o comando sudo /etc/init.d/kdm stop e start, conhecer a configuração adequada do arquivo /etc/X11/xorg.conf ... meio assustador para o utilizador que vinha do windows, não concorda?

- A minha impressora (uma HP Laserjet 1018) não funcionava com os drivers que vinham junto com o Kubuntu. Então nem sei porque o Kubuntu ainda os traz! Foi preciso andar à procura dos drivers foo2zjs e executar várias linhas de comando na consola... É de salientar que noutras distribuições linux, essas mesmas linhas de comando não funcionam e são necessárias outras ligeiramente diferentes. No windows, bastava correr o cd de instalação...

- O meu scanner (HP Scanjet 2400) não funcionava. E não continua não funcionando. Ou seja, não existe remédio para ele rodar em linux :S

- Nenhum programa era capaz de abrir um simples mp3... (isto então, na minha perspectiva, é inadmissível) e não recebi qualquer aviso para instalar os codecs. Foi preciso adicionar novos repositórios à lista pré-existente em /etc/apt/sources.list para depois instalar os w32codecs e, também, o libdvdcss2 para assistir dvd's. Mais uma vez, problemas que passam ao lado do windows...

- O plugin do mplayer para o firefox era incapaz de correr um vídeo por meio de streaming. Após muitas horas de pesquisa, lá encontrei uma solução: criar um ficheiro de texto em /home/%user%/.mplayer com o nome "mplayerplug-in.conf" e escrever nele "noembed=1"... Pois claro! Como é que eu não percebi logo que o problema era esse?!...

- Cliquei num link "mailto" para enviar um email e nada aconteceu. O que faltava? Adicionar uma nova string em about:config com o nome network.protocol-handler.app.mailto e o valor /usr/bin/mozilla-thunderbird a fim de associar os dois programas... era evidente, não?!

E a lista poderia continuar mas não é minha intenção massacrar alguém com estas coisas, lol! Pensem só no utilizador do windows que chega ao linux e tenta converter ficheiros de vídeo através do ffmpeg... ou montar um servidor FTP com o Pureftp (cujo respectivo site tem o descaramento de dizer "Beginners can install a Pure-FTPd server in 5 minutes!")... ou até mesmo utilizar um programa simples (mas não óbvio) como o alltray para minimizar o xmms na bandeja...

Acho que devemos cativar as pessoas para o linux dizendo-lhes a verdade. E essa, para mim, é a seguinte: irão encontrar várias dificuldades, em princípio nenhuma delas será inultrapassável mas irá requerer uma boa parte do seu tempo, sobretudo se quiser tirar bom partido do seu pc. E com linux, vc conseguirá certamente tirar muito bom partido!

Abraço


[24] Comentário enviado por dockism em 14/06/2007 - 00:36h:

Realmente, como eu disse eu concordo ainda com a sua posição...
Mas no meu ubuntu 7.04, ele reconheceu a minha placa 3D normalmente e só pedia a senha do adm assim como as arquivos de audio e video para instalar os codecs...

Realmente, se for pensar no linux, como um sistema 100% pronto para aquele usuario final (aquele que não sabe nada de nada mesmo, só quer ver as coisas funcionando), falta o que melhorar, mas estamos no rumo certo e vamos chegar lá....

Algum dia eu penso que o linux ainda vai ser o Desktop Perfeito para todos, mas o que interfere ainda são essas coisas propetarias ainda...

Desculpa pelo escrita ruim, meu Grêmio acabo de perder de 3 x 0... =(((


[25] Comentário enviado por nukelinux em 14/06/2007 - 14:47h:

Sou iniciante no linux. Instalei o linux FeniX, derivado do Debian.
Minha máquina tem uma configuração regular (ram 256Mb, hd sata 80Gb, placa-mãe on-board... pc de vitrine mesmo).
Não possuo conexão com a Internet, porém, não tive de instalar nada até agora (já fazem 40 dias q uso a distro em conjunto com XP), nem mesmo os drives. O windows, ao contrário, exigiu drive da placa-mãe, rede, vídeo, etc..., além da instalação do pacote office. No caso da minha distro Linux, o office já veio instalado e configurado (tive apenas q descompactar, utilizando 2 linhas de comando; muito simples).

Em um comparativo feito com os usuários da minha máquina, todos aprovaram o linux. Até então não tenho do que reclamar. o Linux Fenix levou apenas 20 minutos pra ser instalado por completo (contra 45min do windows) e já veio com pacote broffice, antivírus, e tudo mais. Reconheceu os componentes do meu pc e não gerou nenhuma dor de cabeça.

O segredo de uma boa utilização do linux está em qual distribuição vc escolhe.



[26] Comentário enviado por IcePeak em 14/06/2007 - 16:54h:

Kuric, falou besteira hein..

Já usou o kurumin? Ele vem com tudo que vc falou que não funciona já funcionando, inclusive o stream de video, mailto e outros.

Até onde eu sei, é preciso também, no windows, baixar os dirver e instala-lo para o devido modelo da placa mãe certo? (a menos que vc tenha comprado a placa de vídeo agora e tenho o driver mais recente no CD.) No Kurumin basta ir ao painel de controle,e clicar em instalar drivers da nvidia. Ele lista os modelos existentes, vc escolhe um e ele faz TODO o reto sozinho. Não requer NENHUMA linha de comando, apenas que você clique em ok.

Então, antes de falar devemos pesquisar. O Linux é fácil sim!
Um amigo meu o usa a 3 semanas (Kurumin), ele tem um máquina hiperpontente (P4 641 3.2Ghz, MB asus deluxe, 2gb RAM DDR2, GeForce não lembro o modelo, PCI-E com 256 de video. Roda inclusive CS-SOURCE, e outros joguinhos nativos como openarena e etc.

Mais uma prova que O LINUX É FÁCIL SIM!


[27] Comentário enviado por kuric em 16/06/2007 - 01:37h:

IcePeak,

Um pouco mais de respeito pelas opiniões alheias assentava-lhe melhor.

Em primeiro lugar, eu sou português e, por isso, não uso distribuições linux brasileiras, porque elas simplesmente não estão ajustadas à realidade do meu país. De qualquer forma, sim, já testei o Kurumin e considero-a uma das distribuições mais bem documentadas e userfriendly que existem na actualidade.

Mas nem você nem o Morimoto descobriram a pólvora, e muitos dos problemas que eu identifiquei acima subsistem na mesma. Quer exemplos? Se você tiver, como eu tenho, uma impressora Laserjet 1018 vai reparar que o Kurumin traz, por defeito, drivers que não funcionam. Terá, então, que ir à consola e realizar o procedimento que eu descrevi antes. Se tiver um scanner Scanjet 2400, vai ver que também no Kurumin ele não funcionará. Quanto às drivers da NVIDIA, não tive outra opção senão seguir todos os passos que o mestre Morimoto escreveu no site Guia do Hardware e, como tal, também não escapei à edição manual do arquivo xorg.conf .

Mas, para além disto, sobram todos os outros pequenos detalhes que eu mencionei e aos quais você não atribuíu a menor importância, porque já deve estar tão rodado no linux que nem sequer se lembra... Veja bem, o utilizador do Windows está habituado a carregar no botão do CD para ele sair... e ele sai! "Milagre" espantoso da tecnologia, que em Linux nem sempre acontece, como você sabe. Está habituado a copiar um texto para clipboard sem ter de manter o documento aberto para poder copiá-lo para outro lado! Ora bem, outro "milagre" que nem o seu Kurumin consegue fazer! Está, ainda, habituado a abrir uma pasta qualquer e não ser confrontado com o aviso "permission denied" quando tenta escrever algo na mesma; a não ter que particionar o disco para criar uma partição swap. Etc., etc., etc., porque já me estou a repetir.

Por cada pessoa que você me indicar que não tenha tido qualquer problema em iniciar-se no linux, eu mostro-lhe 30 que não tiveram essa sorte / conhecimento / capacidade. E não é à toa que os fóruns existentes por aí estão recheados de questões colocadas por utilizadores que pretendem efectuar operações básicas em linux e não conseguem, instalar hardware que não foi detectado, ou, então, solucionar comportamentos inesperados do seu sistema operativo.

Em suma, nada do que você escreveu é novidade para mim. Respeito a opinião de todos aqueles que, à sua semelhança, são muito jovens e já nasceram com teclado e rato nas mãos, e, por conseguinte, não conseguem sequer imaginar as dificuldades sentidas por aqueles que não se encontram na mesma situação.

Bom linux a todos vocês.


[28] Comentário enviado por kuric em 16/06/2007 - 01:58h:

PS - Apenas a título de curiosidade: a Caixa Mágica é uma distribuição de linux portuguesa e, no meu PC, por defeito, ela nem sequer entra em modo gráfico :) E não é a única... Subscrevo inteiramente o que disse outro participante do fórum, "O segredo de uma boa utilização do linux está em qual distribuição vc escolhe". Mas também isso exige tempo, paciência, muita pesquisa... sobretudo tempo.


[29] Comentário enviado por IcePeak em 22/06/2007 - 17:36h:

Kuric,

Tudo bem, falemos então do Ubuntu.
Tem a mágica do clipboard (copiar e colar).
O HpLip, do Ubuntu, funciona com a maioria das impressoras e scaners atuais. Teste aí, quem sabe, não?
Quanto aos drivers nVidia, o Automatix2 também manda ver e não tive nenhum problema, mesmo quando estava com uma GeForce 4 danificada.
O Botão de ejetar funciona no Ubuntu.
O problema de "Acess Denied" é, na minha opinião, uma boa pedida. Quantas pessoas você já não ouviu falar que apagaram alguma pasta de regitros ou do próprio sistema? No Ubunutu só se faz isso se tiver a senha do administrador, a qual ele pede ao se tentar acessar a pasta em questão.
No Ubuntu, você, na instalação, seleciona "Modo assistido" que ele particiona o disco para você, sem mistérios!
Quanto a drivers, acho que o Ubuntu é o que melhor se dá com eles, fora um programa, do qual não me lembro o nome, que usa os drivers do Windows(r) no Linux! Milagres da tecnologia, como você mesmo disse!
Há! Tem também em Português de Portugal ;) .

Até!


[30] Comentário enviado por kuric em 23/06/2007 - 13:24h:

IcePeak,

No Ubuntu, então é que não há quem escape às linhas de comando (faltam codecs, plugins de tudo quanto é espécie, etc.). Aliás, eu não conheço ninguém que use Linux e nunca tenha precisado da consola para nada. Há-de reparar como a maioria das pessoas que mostram, com orgulho, um screenshot do seu desktop Linux, possuem um atalho para o terminal no ambiente de trabalho (deve ser porque o utilizam com alguma regularidade, e não para enfeitar, digo eu).

Esqueci-me de mencionar outro problema comum: a instalação dos programas em Linux exige que as "sempre delicadas" dependências estejam satisfeitas. E, depois, há que verificar se as mesmas são compatíveis com as dependências de outros programas. Isto não é tarefa para leigos.

Ainda existe muito hardware que não é suportado pelo Linux. O que vai dizer a essas pessoas? Para comprarem hardware novo compatível?

Porque não usar Linux e Windows? Por que razão você defende tanto que as pessoas devem migrar de um para outro? Profissionalmente, nem sequer me poderia limitar ao Linux, pois o Open Office, que você considera "muitas vezes melhor" que o Microsoft Office, não é capaz de abrir direito muitos documentos e formulários electrónicos. Veja, acima, o comentário do y2h4ck. Desenganem-se, também, aqueles que pensam que algum profissional aceitaria trocar o Photoshop ou o Freehand por uma qualquer réplica de uso livre.

Acha que a melhor propaganda ao Linux é dizer às pessoas "no Windows, você tem o MSN Messenger; no Linux, o aMSN"? Ou seja, mostrando-lhes que o Linux tem cópias grosseiras e coxas dos programas originais para Windows? Para quê mudar, então?

Se me permite a sugestão, leia este artigo e dê também uma olhada nas dezenas de opiniões que os leitores deixaram:

http://brunotorres.net/instalar-programas-no-linux-e-mais-facil-que-no-windows

Constitui uma bela amostra das dificuldades sentidas pela generalidade das pessoas quando decidiram experimentar Linux.


[31] Comentário enviado por IcePeak em 24/06/2007 - 19:29h:

Falou uma besteira grande agora. Se o Razgriz olhar isso ele te mata, rsrs.
Procure os tutoriais dele aqui no VOL sobre Gimp e veja se não dá para substituir os trabalhos no Photoshop pelos do Gimp, ou usar o InkScape para fazer desenhos que o Corel fazia. Obviamente você terá que estudar para isso, mas, por acaso, você abriu o Photoshop e já foi fazendo tudo?

Bom, quem usa o Ubuntu sabe que existe o automatix2, que instala tudo isso ai que você falou. Se quiser, posso te mandar até umas screens sobre ele. Muito bom mesmo o programa.

Quanto as dependências, o apt-get resolve todas, sem excessão. Basta um "apt-get install nome-do-pacote" que ele instala o programa, todas as dependências e ainda coloca um ícone no menu.

Que hardware não é compatível com o Ubunutu? Inclusive, falemos de exeplos. No meu trabalho, a empresa optou por instalar uma rede gigabit. Então foi instalado em cada máuqina uma placa Gigabit, da Encore eu acho, não tenho certeza. Nos Linux (Ubuntu, a duas semanas atrás) a placa foi reconhecida na hora, sem driver nem nada. Já no Win XP, ficamos mais de meia hora, contada no relógio, com o técninco tentando fazer funcionar a placa. Então, hardware incompátivel pode até acontecer, mais não é só no linux. No Win 98 a placa nem funcionou.

A propósito, vc falou do console na área de trabalho. Na minha tem, mas no usuário do meu irmão, que só usa este computador para jogar, não vi até hoje! Ele nem sabe mexer no console e nem por isso me xingou quando eu coloquei linux aqui, até porque a maioria, pra não dizer todos os jogos, ficaram muito mais rápidos quando rodados no linux.

Agora, cá pra nós, imitações grosseiras?? Vc chama o mercury messenger de grosseiro? Tem mais recursos que o o prórpio msn messenger não tinha, mas que agora a MS "descobriu" e os implementou no MSN live. Isto sem falar de Gimp, InkScape, OpenOffice, BlueFish, Quanta Plus, NVU e os jogos como OpenArena, Nexuis Flight Gear e etc.

Quanto aos documentos do MS Office, se você realmente os nescessita e comprou a licença original (piratear é crime!), use o wine oras! Inclusive, minha mãe, que também usa o Linux e nunca precisou da minha ajuda, exceto quando ela esquece a senha dela ;) , usa o MS Office 2000 via Wine, o qual ela comprou a licença logo que lançou, e não teve problemas até hoje.

Bom, eu defendo que as pessoas devem mudar para o Linux porque, simplesmente, daqui pra frente a MS apenas irá copiar o Linux, como foi previsto e ACONTECEU no MS Windows Vista. Já olhou o Beryl? Viu o Aero do Vista? Cópia bem mal feita da MS, além de precisar, pra rodar bem, de 1 giga de ram, enquanto no Linux, com 256 de ram e uma placa 3d GeForce 4 MMX de 64 MB eu rodei sem perder desempenho do sistema. Intrigante não?

Bom, se queres gastar dinheiro, compre um Apple então! Este sim vale a pena investir! Eu apoio e pretendo ter o meu! Mas, lógico, sem deixar o linux de lado.

Pra que pagar por uma coisa que é CÓPIA de coisas do software livre? Será que existe resposta plausível para isso?

Ah, para finalizar, sabe o que o Bill Gates disse quando veio ao Brasil e lhe foi perguntado se o Windows faria sucesso aqui? com as palavras dele "Sim, Windows é um Sistema Operacional para idiotas". E você ainda paga pra usar? Será que realmente vale a pena??


[32] Comentário enviado por kuric em 24/06/2007 - 22:26h:

IcePeak,

Da primeira vez ainda lhe pedi RESPEITO pelas opiniões alheias. Já que você não é capaz disso, desta vez, vou tratá-lo como você merece, ou seja, como um garoto imbecil, mal educado, que só diz asneiras.

Nem dá para discutir com pessoas como você. Só vem comprovar aquilo que se diz por aí: "nunca compre briga com um adepto do Linux". Ele irá defendê-lo até ao mais elevado grau da estupidez e da irracionalidade.

A capacidade do Bill Gates para satirizar o seu próprio sistema operativo é uma demonstração inequívoca de inteligência, sabia?

Passar bem.


[33] Comentário enviado por IcePeak em 25/06/2007 - 14:50h:

kuric,

Demonstrar inteligência chamando seus clientes de idiotas? Eu não gostaria de ser chamado assim.

Se você acha que eu sol mal educado e imbecil, opinião sua. Eu sei o que sou.

Acho que o ditado que diz "não compre briga com um adepto do Linux" é verdadeiro, pois qual argumentos você usará contra os quais eu te mostrei? Eu estou me baseando em fatos e não em opiniões próprias.

Se eu fui mal educado, me desculpe, não foi a intenção.

Agora venha me dizer, eu falei algo que não é verdade? A Microsoft não fez cópias do software livre e do Mac OS X?

Até


[34] Comentário enviado por presto em 25/06/2007 - 14:56h:

O problema foi outro, IcePeak.

Você foi extremamente tendencioso e radical ao afirmar que qualquer um pode usar Linux.

Infelizmente a realidade não é essa.

Grande abraço.


[35] Comentário enviado por kuric em 25/06/2007 - 21:22h:

IcePeak,

Aceito as suas desculpas, assim como espero que você aceite as minhas, pela dureza das palavras que empreguei da última vez. Note que a minha intenção nunca foi a de criticar destrutivamente o seu artigo de opinião mas antes contribuir para enriquecer o debate em torno dele, pois desde o início achei que a mera comparação entre programas Linux e Windows é redutora e merece ser discutida em termos mais amplos.

A minha opinião é a de um utilizador comum: não sou especialista nem informático; também não me considero leigo. Por isso, se há uns anos atrás, quando decidi experimentar Linux sem a ajuda de mais ninguém, senti dificuldades, presumo que muitas outras pessoas passarão por idênticas dificuldades. Curiosamente, sobretudo aquelas que estão muito habituadas ao Windows e, entretanto, contraíram hábitos, rotinas, vícios (o que lhes quiser chamar) no manuseamento desse sistema operativo.

Muito menos vim a este fórum só para "contrariar por contrariar". É consabido que a Microsoft copia/plagia/inspira-se em outras plataformas (às vezes a cópia é tão flagrante, que a atitude da Microsoft, de nem sequer se preocupar em disfarçar, tem de ser lida como uma estratégia da empresa). Acho é que todas essas plataformas podem ser acusadas de fazerem o mesmo, só que em diferentes momentos históricos, tudo dependendo do estádio de desenvolvimento em que cada uma se encontre. A que levar a dianteira, arrasta consigo as demais; as que não conseguirem acompanhar o ritmo, morrem. Não é, de todo, censurável, pelo contrário: copiar o que está bem feito é saudável e é, também, assim que funciona o progresso.

É o meu último post. Fiquem todos bem e siga o debate.


[36] Comentário enviado por albertguedes em 26/06/2007 - 09:53h:

Mais um princípio de ostilidade surge aqui no VOL e por um simples motivo: todo mundo esquece o fato de que o Linux é apenas um programa, uma ferremanta de trabalho. Se o Windows é melhor ou pior é uma questão técnica, não ideológica, e mesmo ideologicamente, o trunfo do Linux é ser de graça, pois mesmo o Unix, seu equivalente, é ainda pago, e nunca ouvi falar de briga por ele ser melhor ou não que outros sistemas. Portanto, apaguem esse fogo ativistico e se mantenham no nível técnico e menos gente vai sair magoada.


[37] Comentário enviado por myninox em 18/07/2007 - 23:09h:

pense bem comigo até para instalar o Windows é difícil, ou vocês acham que é fácil configurar drives no windows, ainda bem que hoje em dia existe os autosetups da vida, se o linux é incompleto então é só na questão de drives, porque de programas esta bem servido, ou é um pouco de falta de vontade dos desenvolvedores, configurar um player de mp3 e até wmv não é dificil.


[38] Comentário enviado por franzjr em 17/06/2008 - 11:10h:

Em minha opinião o linux realmente é muito superior ao windows, mas ainda tenho que ficar com os dois instalados no meu lap... bem que eu queria ter só o linux, no caso uso o Ubuntu 8.04 ... não sou expert ainda, mas to na luta... o problema que encontrei ate agora foi que nao encontrei
programas que pudesse substituir os da macromedia (flash, dreamweaver e fireworks) ... entao os uso pelo wine , mas farei questao de deixar de usa-los caso haja substitutos pro linux.


[39] Comentário enviado por zolhodegato em 18/08/2009 - 08:35h:

Puxa,muito legal essa sua ajuda para iniciantes,é o que eu queria armazenar no meu pc para mim e para mostrar para meus conhecidos como o linux é bom,você está de parabéns,realmente pensou em iniciantes!


[40] Comentário enviado por juninhoguitarr em 23/12/2009 - 00:49h:

Kara na questão de emular o DreamWeaver eu já fiz isso no Wine e não gostei pois ele fica muito lento e a apresentação na tela tb deixa muito a desejar porém eu gostei muito de utilizar algumas ferramentas como: BlueFish é uma ferramenta excelente muito fácil de usar que tem em português e o Geany que além dessas qualidades do bluefish tem auto-completar. gostei também de usar o Aptana e o NetBeans porém esses dois ultimos tem muitos recursos e não sei se é por isso os deixam muito pesados.

Vai ai minha dica. de todos eles kra eu escolheria o bluefish ou o Geany os dois tem em pt.

Abraços.


[41] Comentário enviado por felipedrs em 09/01/2010 - 15:23h:

eae galera...
eu tenho um pc linux...
ele eh muito bom...
mas eu nao sei como por programas do windows nele,se alguem souber,por favor mande um email pra mim!
felipe_silveira17@hotmail.com
valew
abço!!!


[42] Comentário enviado por landex em 04/06/2010 - 16:58h:

Pra nevegador nada melhor que o Chrome da Google...


[43] Comentário enviado por diegoapi em 27/04/2012 - 01:54h:

Os Softwares do linux tem muito mais recursos que no windows o problema é que são todos são mal acabados e mil vezes mais complicados que no windows
quando algo não dá certo nas distros linux é um trabalho imenso ainda mais pra alguém que só sabe ligar o computador, e os desktops linux são poucos criativos, parece mais copia mal feita do windows, infelizmente o que interessa para a maioria é a aparência do SO e poder entrar no facebook e no msn e a praticidade que não existe nas distros linux e se não agrada o publico comum logico que não vai ter atenção dos fabricantes de software.

Se tivesse uma distro mais compatível com tudo e mais simples e um desktop com uma novidade distribuído de graça nas maquinas acho que o linux cresceria muito mais.

Isso tudo para desktop, para servidores acredito que seja imbatível mas não posso opinar.

Macosx é linux mas totalmente simples, já mostra que é possível criar algo assim.


[44] Comentário enviado por morvan em 29/11/2012 - 12:06h:

Bom dia.

Discordo de alguns comentários, como por exemplo, com relação ao Firefox. No mais, um excelente apanhado.
Favoritado.

Morvan



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.