Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · Doode · NoticiasLinux · SoftwareLivre.org · UnderLinux



» Screenshot
Linux: Slack 10.2+fluxbox+xmms+aterm
Por removido
» Login
Login:
Senha:

Se você ainda não possui uma conta, clique aqui.

Esqueci minha senha



Artigo

Migrar de Windows XP para Ubuntu
Linux user
coelhojhezebell
23/03/2010
Proponho aqui o debate e a discussão de casos de sucesso, migração de Windows para Linux em pequenas, médias e grandes empresas. Aqui onde trabalho não estamos mais usando Windows nos computadores que compramos, usamos Ubuntu 9.10. Abaixo começarei e gostaria da participação de todos. Vou postar os fóruns que coloquei em outros sites explicando e debatendo o processo.
Por: Sérgio Coelho
[ Hits: 8909 ]
Conceito: 10.0   1 voto(s)1 voto(s)1 voto(s)1 voto(s)1 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Tópicos discutidos e resolvidos

Primeiro momento

Na empresa onde trabalho temos estações de trabalho que necessitam utilizar os seguintes softwares: Dapisef, Dacom, Dctf, Validador Sintegra (estes no departamento fiscal).

No departamento pessoal utilizaremos softwares da Caixa e um software que roda em Windows com banco de dados gerenciado pelo BDE Microsoft SQL e provavelmente sua linguagem deve ser Delphi.

Tenho antes de executar este projeto/teste as seguintes perguntas:
  1. Configuração mínima para rodar o Ubuntu 9.10 com interface gráfica amigável ao usuário e sem ficar uma "carroça"?
  2. Estes softwares podem rodar "em cima" do Wine com sucesso? Se sim, como configurar de forma correta?
  3. Alguém aqui já utilizou o Ubuntu GNU/Linux como estação em um escritório de contabilidade ou DPTO pessoal com sucesso?

Desde já agradeço a atenção e o apoio de todos.

Vamos juntos lutar pelo crescimento do maravilhoso Ubuntu.

Segundo momento

Bem, respondendo aos testes que fizemos aqui na empresa.

Foi instalado o Ubuntu 9.10 (Karmic Koala), instaladas as modificações para que ele se parecesse e se comportasse bem com o Windows XP. Você pode baixar esta customização estilo XP nesse link:
Após baixar, descompacte o arquivo e execute o "InstallXpGnome.sh". Clique em executar, confirme todos os passos e você verá que ele vai aplicar as cores e estilos do Windows, tais como ícones e vai também começar a se "comportar" de forma semelhante.

Após feitas estas alterações, renomeie os ícones na área de trabalho, pois eles ficam em inglês.

Em seguida instale os pacotes do Wine em iniciar > central de programas do Ubuntu, digite "wine" na busca geral e vão aparecer os pacotes referentes.

Após instalar o wine fiz o download dos softwares: Sintegra, Ted, Dacon e Dapisef.

Gosto de colocar os executáveis no ambiente C: emulado pelo wine e instalar os softwares normalmente como no Windows, pois pelo C: emulado notei que se executam os instaladores de forma mais ágil.

Você pode também dar duplo clique neles e eles irão executar pelo WINE normalmente.

Todos os softwares funcionaram normalmente, exceto o Dapisef, que retornou erro de MS Access, ainda não consegui fazer ele funcionar pois ele não conseguiu criar o BD. Se alguém tiver alguma dica, será bem vinda a informação.

No mais, para aqueles que assim como eu tinham dúvidas, podem utilizar o Ubuntu Linux em escritórios e estações de trabalho sem medo, pois atenderá bem a todos.

Não esqueçam de instalar os plugins e pacotes de softwares e traduções de acordo com o uso de vocês.

Abraços a todos!

Terceiro momento

Dentro deste, agora gostaria de debater mais uma possibilidade:

1. Gostaria de testar este HD com o Ubuntu 9.10 instalado em uma outra máquina com placa mãe e hardware diferentes. A pergunta é: - Este procedimento vai danificar a instalação que está neste HD e todas as configurações e atualizações que gastei um dia de trabalho pra fazer?

2. Como clonar o HD para DVD ou outro HD criando assim um clone automático e ágil para não precisar refazer instalações, atualizações e configurações?

Observação importante: Tentei clone pelo Ghost 2007 mas deu erro, pois tentei clonar pelo adaptador USB.

Vou testar o Acronis True Image, se der certo colocarei aqui a resposta para vocês, mas vamos discutir sobre esse assunto pois pode ser uma ótima solução para várias empresas...

Ah, já ia me esquecendo, quanto ao post anterior sobre a memória e desempenho, o Ubuntu 9 rodou bem em uma máquina com 256 MB de RAM, HD de 40 GB e CPU de 2.2 GHZ. Notamos que para trabalhos mais básicos como Internet, editor de texto/planilha, softwares específicos modo texto e softwares contábeis não ficou 100%, mas em vista do que achei que ia ficar, me surpreendeu bem, a máquina ficou bem estável e dando para usar tranquilamente.

Abraços e até breve.

O clone pelo Acronis True Image deu certo e foi bem ágil, menos de meia hora. O HD deu boot normalmente em outra máquina, entrou e funcionou, só não detectou teclado USB e placa de rede nesta máquina em que foi testado. Tentamos forçar a detecção do hardware e este não foi detectado. Todas as aplicações rodaram normalmente e as configurações se mantiveram. Iremos testar em mais máquinas e ver se resolvemos o problema dos drivers (filtros). Assim que tiver mais novidades, postarei aqui pra vocês.

Abraços a todos e vamos divulgar e incentivar o uso do Ubuntu em empresas e também em residências...

Após colocarmos a maioria das aplicações que precisamos para rodar, com os plugins de internet e outros, com o Wine instalado e configurado, geramos um Live CD usando a opção de cópia de segurança do Remastersys (rápido e fácil).

Você pode utilizar na tua empresa para criar uma instalação padrão, também pode verificar como cada máquina se comportará com o sistema já que o mesmo é gerado em Live CD e não precisa ser instalado.

Só não conseguimos duas coisas:

1. Colocar o Dapisef para funcionar ou qualquer outro programa que use um banco de dados "externo".

2. Mapear unidade de rede e colocar a mesma ativa por baixo de uma pasta da raiz, fazendo que programas que necessitem ver pastas de rede rodem normalmente.

Abraços a todos!

Vou colocar o restante da experiência de sucesso assim que terminarem os testes, contando da data de hoje vai durar 1 mês.

Progresso atual

Bem pessoal, até o momento aqui na empresa (rede de supermercados) as estações de frente de loja (Checkout) e os desktops de escritório rodam maravilhosamente bem.

O único probleminha ainda encontrado é: infelizmente o mesmo governo que criou o projeto do computador popular ainda amarra algumas coisas ao Windows.

Exemplos: O Dapisef não funcionou 100% até o momento sob o Wine, a alteração de formato de configurações regionais para o Validador Sintegra não é tão simples, mas o restante tipo: editor de texto, planilha, gravação de CD e DVD, serviços de rede estão todos funcionando 100%.

O que é mais legal, você pode criar uma customização de instalação em DVD para as estações desktop de sua empresa com todas as atualizações, papéis de parede, locais de rede e tudo o que você tem direito.

Vamos debater e incentivar o uso do Ubuntu.

Abraços a todos.

   




Páginas do artigo
   1. Tópicos discutidos e resolvidos

Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por brunocontin em 23/03/2010 - 17:14h:

Parceiro, Uma coisa é vc usar o Wine para testes usar alguma coisa em casa etc... Agora colocar ele em produção com esse tipo de software é muito arriscado, pois o Wine é muito instável, os problemas que ele pode lhe gerar em um ambiente de produção é grande, estou falando isso por experiência própria, uma amigo meu fez os mesmos procedimentos que você, só que foi em uma prefeitura, o resultado foi devastador, pois ele migrou tudo primeiro, para depois fazer os testes, o Wine se portou muito mau com o decorrer do tempo, vai com calma e olha se está tudo se tudo correndo bem, mais vai com bastante cautela, mais a idéia é ótima.


[2] Comentário enviado por rockwes em 23/03/2010 - 21:54h:

Muito bom sua iniciativa, passo pelo mesmo dilema na empresa em que trabalho, la rodamos Ubuntu 8.04 estou esperando o lançamento da 10.04 pra fazer a migração. Por falta de tempo não pude fazer o que vc está fazendo, testar os softwares do Fiscal e do Rh no wine, como são MUITOS, Rais, Conectividades, Sispag, Sicalc, Sintegra, Gerenciador Financeiro etc, reservamos uma única máquina com WinXP pra rodar todos os softwares que "não" rodam no linux. Assim q tiver um tempo pretendo fazer uns testes e ver se da pra roda-lo em produção. Penso qm caso o Wine nao rode uma outra alternativa seria virtualizar uma VM "capada" (só o básico) do WinXP dentro do linux e instalar nela os softwares necessários a aquele setor.


[3] Comentário enviado por REDMANBR em 23/03/2010 - 22:20h:

Muito bom mesmo, mas a idéia de usar linux é procurar programas do linux e não emular tudo no wine... mas infelizmente tem programas que amarra a gente no Windows =(...

E quanto ao tema do XP nunca tinha visto... ficou muito legal... da pra enganar um monte de gente mas será que pode ser usado em uma área comercial? Pois o tema vem com os logos, as imagens e todo o resto.


[4] Comentário enviado por albfneto em 24/03/2010 - 00:35h:

Olha, belo trabalho está fazendo aí na empresa!


[5] Comentário enviado por krlsdu em 24/03/2010 - 00:53h:

Kra ache muito legal sua atitude de migra as estações para linux, garante que vc fez uma revolução para sua empresa pena que os aplicativos são fortemente ligados a um SO. Para tentar lhe ajudar fiz uma pequena crítica junto ao site da secretaria de fazenda de MG que é o responsável pelo DAPISEF pedindo que eles tomem providencias ( desenvolvendo em JAVA) por exemplo. Sei que isso pode demorar anos mas uma comunidade age desta forma um ajudando o outro da forma que puder então abraços! Boa jornada!!


[6] Comentário enviado por removido em 24/03/2010 - 10:31h:

Esses softs, naum tem pra Linux?
Se eh pra rodar do wine usa win msmo.... um poco mais confiavel hehehehehe
E tb se pode usa o crossover, q eh um wine melhorado so q pago...
E outra, esses softs sao do governo ???
Sei la vamo manda um email pra eles fazerem pra Linux, deixa o codico fonte, tem como sera ???


[7] Comentário enviado por bluefoxbh em 24/03/2010 - 11:14h:

Excelente iniciativa!
Estes softwares de departamentos Pessoal e Fiscal são mesmo de tirar o sono! Enquanto o governo não libera versões em Linux o que não roda nem em Wine prefiro liberar por acesso remoto, deixo um servidor Windows instalado com todos os programas necessários e as estações acessam por VNC.


[8] Comentário enviado por hideoux em 24/03/2010 - 12:45h:

Em relação a softwares do Governo Federal,
a migração é forte para softwares que sejam acessados via browser...
é a maneira que o atual governo está tentando para iniciar a migração aos poucos... deixando de depender do software instalado nas máquinas...
(quem acompanhou a tentaiva inicial de migração viu que o lobby microsoft é quase inquebrável...)

Vale a pena verificar no site da Celepar, do Paraná, o que tem por lá...
O Paraná não compra mais softwares há muitos anos... o que é necessário, se fabrica (e se põe a disposição do povo... afinal foi o povo que pagou...).

Entendo que migração seja coisa complicada e traumática...
Mas ainda penso que substituir os softwares utilizados no Windows por outros que rodem diretamente em Linux seja o melhor para as empresas do que utilizar Wine...

É importante ressaltar que em algum momento haverá perda. A longo prazo os benefícios virão, mas a curto prazo, as perdas ocorrem...


[9] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 09:44h:

Proponho conforme o amigo citou acima, que enviemos emails para o Governo, a Caixa Economica, o BB e as secretarias de Receita Estadual e Federal para que possam criar soluções que rodem bem sobre a Plataforma Linux.
O Governo não é bobo e nem doido de ir contra grandes comunidades se enviarem vários emails,sugerindo,reclamando e expondo cituações de migração com certeza irão ceder em breve e criar versões em linux destes softwares.


[10] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 09:49h:

Respondendo ao comentário do usuário: brunocontin

Bruno, sabemos do risco, por isso estamos testando, estudando e trabalhando para que possamos encontrar uma solução eficiente, já que o nosso Governo através de sua repartições "tecnológicas", não estão muito interessados em Democracia e liberdade de escolha, já que ha Boatos que o Tio Bill daria digamos um incentivo(rssssssss) a eles para que as aplicações sejam amarradas em Rwindows.
Obrigado pelo comentário, vamos continuar para alcanármos o sucesso...


[11] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 09:54h:

Resposta ao Comentário do Usuário: rockwes

Bacana cara, obrigado e assim que tiver respostas concretas a todos os testes e as devidas soluções aos erros, postarei aqui para todos. Cara quanto a Virtualização de um XP dentro do Linux através de uma máquina Virtual, vc estará cometendo da mesma forma a Pirataria e em uma empresa ou especificamente escritório de contabilidade a Abes poderá te multar da mesma forma. O ideal seria Rodar todas as aplicações dentro do Linux e todos os aplicativos serem Open e Free.
Abraços...


[12] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 10:05h:

Resposta ao Comentário do Usuário: REDMANBR

Sim você pode usar esta customização para que ele se pareça com o Windows XP, quanto aos Botões não são os da Microsoft e sim parecidos.Você pode ao invés de utilizar o papel de Parede do Windows XP Padrão que ele coloca automaticamente, usar por exemplo a Logomarca da Sua empresa. Assim fica Customizado e filet. A Idéia desta modificação é fazer com que o usuário acostumado com o Windows mas que executa tarefas específicas dentro de uma empresa, não sofra um impacto maior com a mudança, não se assuste tanto ao saber que é Linux e se acostume de forma mais tranquila com o uso do ambiente Gnome.Abraços...


[13] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 10:06h:

Resposta ao comentário do Usuário: albfneto

Obrigado, estamos tentando obter economia e eficiência com as rotinas de TI. Assim que finalizados os testes serão postados para toda a comunidade Linux.
Abraços...


[14] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 10:13h:

Resposta ao Comentário do Usuário = krlsdu

Cara muito obrigado pela iniciativa, é uma ótima idéia, eu mesmo já tinha enviado esta reclamação/sugestão aos orgãos "Competentes", mas o interessante é que responderam:
Prezado (a) Senhor (a),

Não existe homologação para utilização do Dapi no Windows Vista. Dessa forma não é possível efetuar testes neste sistema operacional.

Sugerimos que instale em outra máquina que possua uma versão diferente do Windows ou procure um técnico de informática.

É só pra rir.

*Vamos mandar emails pra eles, encher o saco até que eles tenham a boa vontade de resolver esta pendência.

Abraços...


[15] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 10:17h:

Resposta ao Comentário do usuário: giuliubuntu

Estes softwares em sua grande maioria não tem versões para Linux. Alguns já estão disponíveis para plataforma Linux como a Declaração do Imposto de Renda. Essa idéia é muito boa, vamos mandar emails para eles solicitando que tomem providências e criem estes softwares para o ambiente Linux.

Abraços...


[16] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 10:21h:

Resposta ao comentário do Usuário: bluefoxbh

Bacana sua idéia mas tem uma limitação.
*Para este caso somente um usuário vai acessar o Software Via VNC de cada vez.

Vamos enviar emails e cobrar deles em massa, duvido que não vão ceder em breve se receberem uma grande quantidade de emails com esta solicitação.

Abraços...


[17] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 10:24h:

Resposta ao comentário do Usuário: hideoux

Concordo PLenamente amigo, a melhor solução é a utilização dos softwares já para a plataforma Linux mesmo, mas se não mostrarmos ao governo que precisamos disso, este assunto acabará em Pizza. Então vamos tentando via Wine e outros, comentando e fazendo pressão via email e outros para que o Governo Tome Vergonha na cara e crie estas versões para Linux.
Abraços...


[18] Comentário enviado por joaocagnoni em 25/03/2010 - 10:36h:

Também já fiquei sabendo que os softwares do governo estão sendo portados para a WEB. Isto é uma coisa que está acontecendo não só no governo, mas em qualquer sistema.

Hoje não apenas a comunidade linux está crescendo, como também o OSX.


[19] Comentário enviado por coelhojhezebell em 25/03/2010 - 16:19h:

É vamos esperar e torcer para que isso ocorra. Enquanto isso continuamos ämarrados"ao Rwindows.

Estou tentando ha semanas fazer funcionar Corretamente o Dapisef e o Validador Sintegra e ainda não obtive sucesso...



[20] Comentário enviado por ronnie em 26/03/2010 - 09:16h:

Bom dia, trabalho na Prefeitura de Ourinhos-SP, e trabalhamos com software livre em conjunto com alguns softwares proprietários e reforçar a sugestão de alguns colegas acima, pois utilizamos também uma máquina virtual, a Virtual Box da Sun, para os aplicativos que trabalham apenas com o "janelas" rodarem sem utilizar o wine. Fizemos isso em alguns computadores aqui e estão operando normalmente com esses aplicativos, pois, como a conta de usuário do "janelas" está restrita, eles apenas utilizam a máquina virtual para rodar estes aplicativos e não para instalar ou utilizar outros programas, deixando as demais tarefas, (documentos, planilhas, etc.) por conta do Ubuntu.


[21] Comentário enviado por adsonrenato em 03/04/2010 - 10:37h:

Bom o melhor caso era pedir a solicitação para ser criado softwares para o ambiente Linux.



[22] Comentário enviado por coelhojhezebell em 06/04/2010 - 15:10h:

Sim, mas para isso deveremos enviar emails em massa direto para o Governo e as repartições responsáveis para que criem os softwares para Plataformas Linux.Abraços e obrigado...


[23] Comentário enviado por coelhojhezebell em 07/04/2010 - 10:38h:

Mensagem enviada para a SEF MG, sugiro que todos os usuários Linux e principalmente de Ubuntu enviem esta mesma mensagem ou mensagem parecida para que estes orgãos tomem vergonha na cara e criem estas aplicações para ambientes linux.

Conto com o apoido de todos para vencermos esta batalha....

Mensagem original
Olá, boa tarde. Venho através deste sugerir que sejam criados os softwares tais como DAPISEF e outros para sistemas Linux (Ubuntu e outros).

Vários usuários reclamam da falta de opções para que seja possível o uso dos softwares fiscais no linux. Vocês já devem ter percebido a quantidade de empresas e escritórios que usam linux. Então sugerimos (Comunidade de Usuários Linux - Ubuntu) a criação de softwares das citadas secretarias Federal e estaduais para ambientes linux. Se necessário faremos um gigantesco abaixo assinado provando que tem muito mais usuário necessitando destas aplicações do que vocês imaginam. Desde já agradecemos.

Sérgio C Coelho Leite e Comunidade de Usuários Ubuntu Linux.


[24] Comentário enviado por Adriner em 12/04/2010 - 22:15h:

Boa Noite..

Aqui no escritório que trabalho estamos tentado, migrar para o linux mais esbarramos em um problemas os programas da Receita Federal e do Posto Fiscal. A Receita Federal só tem três sao eles ITR, Receitanet e o IRRF, É um absurdo Isto, Eles ficam inssentivando o uso do software Livre em quanto eles mesmo nao usam.

Estamos pensando em fazer o seguinte, Colocar em uma maquina o Win/Server 2003, Instalar todos o programas que precisamos, e protegermos bem esta maquina como um bom Antivirus e depois em tres maquinas clientes instalar o ubuntu , logadas neste servidor atraves do terminal. Acho eu que seria a nossa unica opção. ( mais ai fica uma desvantagem o creio eu, o servidor que tinha que ser linux fica desprotegido usando Win )


[25] Comentário enviado por coelhojhezebell em 13/04/2010 - 14:53h:

Olha a princípio sua ideia resolveria em termos o problema da migração. Mas lembre-se cada aplicação citada poderá ser utilizada via terminal mas somente um usuário por vez. Dependendo do tam,anho do seu escritório isso fará com que a produtividade caia bastante ao inserir dados nestes softwares pelo motivo citado anteriormente somente um usuário por vez usará uma única aplicação. Quanto a segurança um servidor Windows bem configurado e atualizado tipo (Win 2008 Server) poderia até ser bem estável e seguro. POrém deve-se levar em consideração que servidores linux são milhões de vezes mais seguros e confiáveis tanto é que são utilizados por grandes redes mundiais e até na NASA.
Para finalizar, a melhor forma para a migração seria o uso 100% Linux e Oppen Sorce, sugiro o envio de emails ao governo conforme post anterior....


[26] Comentário enviado por coelhojhezebell em 19/04/2010 - 10:20h:

Mensagem enviada a receita Federal nesta data: 18/04/2010

Viemos através deste sugerir que sejam criados os softwares Fiscais e outros para sistemas Linux (Ubuntu e outros).
Vários usuários reclamam da falta de opções para que seja possível o uso dos softwares fiscais no linux. Vocês já devem ter percebido a quantidade de empresas e escritórios que usam linux. Então sugerimos (Comunidade de Usuários Linux - Ubuntu) a criação de softwares das citadas secretarias Federal e estaduais para ambientes linux. Se necessário faremos um gigantesco abaixo assinado provando que tem muito mais usuário necessitando destas aplicações do que vocês imaginam. Sabemos que os softwares de imposto de Renda já tem versões para Linux e os parabenizamos por isso, agora falta o restante, pois se o governo incentiva a inclusão digital deve também ajudar a difundir o Linux e a migração de pequenos escritórios e empresas, para que os mesmos reduizam seus custos com TI e aumentem a produtividade.
Desde já agradecemos.

Sérgio C Coelho Leite e Comunidade de Usuários Ubuntu Linux.


[27] Comentário enviado por coelhojhezebell em 26/04/2010 - 09:12h:

Até o Momento não houve reclamação dos usuários, pois o Ubuntu está "parecido"com o Windows e está Rodando Aplicações como: Editor de Texto, Editor de Planilha,Software Retaguarda de Loja que é em Linux mesmo,Browser da Internet para Consultas de Notas Fiscais eletrônicas e outros processos etc..
Só não conseguimos ainda fazer Rodar o DAPISEF e os outros softwares fiscais. Se assim conseguir irei colocar aqui disponíveis as informações para que todas tenham sucesso em seus processos migratórios. Abraços a todos;

Sérgio C Coelho


[28] Comentário enviado por jlmc1 em 17/09/2010 - 19:58h:

Sou militar e trabalho na seção de informática do meu Batalhão, e em cumprimento ao plano de migração do Exercito Brasileiro, em 1 (um) ano foi migrada todas as maquinas de Windows para Linux Ubuntu. Esse processo se deu primeiramente com a substituição das ferramentas offices ( msoffice para broffice) e depois a substituição do sistema de Windows XP para primeiramente para a distribuição Kurumin 7 e depois para Ubuntu sendo uma distribuição mais amigável que permite ate a utilização de temas parecidos com o Windows facilitando uma maior aceitação do usuário. Tudo foi planejado para que a migração acorresse de uma forma suave e tranqüila com inicialmente problemas de resistência dos usuários, mas superadas pelas facilidades que a ambiente desktop Linux trás na atualidade nos tornando uma das poucas unidades do Exercito Brasileiro a migra 100% para Linux sendo que a seção de informática já teria migrado a mais de 5 (cinco) anos utilizando a distribuição Debian. Resultado disto:
0 (ZERO) problemas de vírus perda de arquivos formatação de computadores queda se serviços da rede sendo os servidores Linux mais leves e robustos.


[29] Comentário enviado por coelhojhezebell em 14/01/2011 - 15:39h:

Enviei Mais Uma Vez esta solicitação para a Ouvidoria do Governo - Receita Federal, mas sozinho estarei sem "voz" se todos mandarem, mostrarem as caras e suas opiniões o governo irá nos atender com toda certeza.Abraços a todos e conto com vocês.
Viemos através deste sugerir que sejam criados os softwares Fiscais e outros para sistemas Linux (Ubuntu e outros) ou sistemas java via web que possam ser acessados por estes sistemas operacionais.Nota-se que a comunidade de usuários Linux, principalmente nas empresas tem crescido consideravelmente nos ultimos anos.
Vários usuários reclamam da falta de opções para que seja possível o uso dos softwares fiscais no linux. Vocês já devem ter percebido a quantidade de empresas e escritórios que usam linux e tem que manter um sistema proprietário apenas para "manter" softwares fiscais e outros que necessitam de plataforma proprietária para seu funcionamento. Então sugerimos (Comunidade de Usuários Linux - Ubuntu) a criação de softwares das citadas secretarias Federal e estaduais para ambientes linux. Se necessário faremos um gigantesco abaixo assinado provando que tem muito mais usuário necessitando destas aplicações do que vocês imaginam. Sabemos que os softwares de imposto de Renda já tem versões para Linux e os parabenizamos por isso, agora falta o restante, pois se o governo incentiva a inclusão digital deve também ajudar a difundir o Linux e a migração de pequenos escritórios e empresas, para que os mesmos reduzam seus custos com TI e aumentem a produtividade.
Desde já agradecemos.

Sérgio C Coelho Leite e Comunidade de Usuários Ubuntu Linux.
14/01/2011



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.