Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · SoftwareLivre.org · UnderLinux

Linux banner
Linux banner
Linux banner
Linux banner


» Screenshot
Linux: MAME
Por percival


Artigo

Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Linux user
rbpereira
10/06/2009
Um roteiro ilustrado com o passo a passo do processo de instalação e configuração do Linux Slackware 12.2.
Por: Roberto Benedito de Oliveira Pereira
[ Hits: 34580 ]
Conceito: 9.8   6 voto(s)6 voto(s)6 voto(s)6 voto(s)6 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Instalação do Slackware 12.2

Durante o processo de instalação do sistema operacional deve-se levar em conta o tipo do processador, esta versão do Slackware é de 32 bits, já existe uma versão dele de 64 bits, mas essa não será abordada aqui.

Para uma correta interpretação desse roteiro é importante estabelecer algumas regras de comunicação, todo comando do teclado será representado entre sinal de maior e menor (<enter>) e toda entrada de configuração por itálico (root).

Para este roteiro de instalação do Linux Slackware 12.2 foi utilizado o VirtualBox, que é um sistema de máquinas virtuais, pelo fato de facilitar a captura das telas de instalação.

A primeiro passo a ser realizado é dar boot pelo DVD de instalação do Slackware 12.2 (Figura 1), entre com o <enter> para ir à tela do login, por padrão o login é root e sem senha (Figura 2).
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Feito o login, o próximo passo é particionar o disco rígido, sendo utilizado o particionador padrão do Slackware (Figura 3), o Fdisk. Um fator deve ser levado em consideração sobre a referência ao disco, que no caso de HD sata é SDX e no caso dos IDE é HDX. Nesse sistema é utilizado HD IDE, então será HDA ( A - Primário Master, B - Primário Slave, C - Secundário Master e D - Secundário Slave), o número que vem depois é a partição do disco (hda1, hda2).
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Alguns comandos básicos do fdisk são: n (criar partição), d (apagar partição), p (imprimir todas as partições do disco), t (alterar o tipo da partição),w (salvar e sair), q (sair) e m (ajuda).

As etapas aqui criarão uma partição com 2GB para memória SWAP e o restante para partição principal do sistema, conforme Figura 4, sendo necessário alterar a primeira partição para o tipo SWAP utilizando o comando t e a opção82. Agora salve as alterações e saia com o comando w (Figura 5).
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
Linux: Instalação passo a passo do Slackware 12.2
    Próxima página >>




Páginas do artigo
   1. Instalação do Slackware 12.2
   2. Continuando a instalação do Slackware

Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por stremer em 10/06/2009 - 16:38h:

amigo, sem querer desmerecer seu artigo (pois qualquer tipo de informação é valida), mas tem 2 coisas que estão mto ruims!

1-Instalação do Slackware (ou qualquer outro linux) em maquina virtual é um pouco diferente de maquina real... principalmente o slack que é normal ter de passar opções adicionais no boot para conseguir instalar em determinadas maquinas!
2-Poderia ter usado outro linux como virtualizador... essas telinhas de windows em forum de linux mata... nada contra o windows... só acho meio bizarro um tutorial para instalar slackware em uma vm com telas capturadas de um windows...
3-Faltou o mais importante, que é configurar depois que se instala...

mesmo assim... como falei qualquer tipo de informação é sempre valida!


[2] Comentário enviado por aionos em 10/06/2009 - 17:22h:

Já vi vários tutoriais de instalação básica do Slackware aqui no VOL. O que falta aqui é um tutorial mais detalhado de configuração pós-instalação do sistema. Por exemplo, como configurar placa de vídeo com aceleração 3D, webcam, impressora, rede wireless, instalação e configuração do Slackware em notebooks etc.
Mas mesmo assim, qualquer contribuição sobre o Slackware, minha distro do coração, sempre é bem vinda, pois constitui uma ajuda a mais para os iniciantes.


[3] Comentário enviado por rbpereira em 10/06/2009 - 18:10h:

Caros amigos, não creio que o fato de ter utilizado ou não a maquina virtual venha a diferir sobre o processo de instalação, assim gostaria de saber qual o método que você ou vocês recomendarião para capiturar as telas na hora da inicialização, o objetivo desse tutorial foi apenas demonstrar o processo de instalação, as configurações posteriores creio que é particularmente complicado condençar em uma só, simplesmente pelo fato de que cada um tende a ter um placa especifica e normalmente diferente do outro, sendo assim, acho meio complicado sintetizar em uma só, mais se vocês tiverem uma sugestão será de grande valia.
O intiuto de publicar este artigo relativamente básico foi para aprender sobre os processos e tramites da parte editorial, porque com base nesse é que publicarei, se tudo ocorrem bem a instalação e configuração de cluster MySQL.


[4] Comentário enviado por demoncyber em 10/06/2009 - 20:01h:

Bom concordo com o rbpereira não sei qual seria um outro modo, se bem que =O,instalando na memoria as bibliotecas para tirar snapshoot do imagemagick talvez daria so suposição. Eu acho que este modo é um dos melhores e fico também no enigma de qual seria uma solução melhor stremer.

Um artigo legal rbpereira, e fico na espectativa do próxima.

Posso perguntar com o que você pretende fazer o cluster do mysql para o proximo artigo ? Heartbeat com ldirectord ?

Att. Marco


[5] Comentário enviado por fco em 10/06/2009 - 21:45h:

Concordo com o fato de que ver o Slackware sendo instalado numa VM no Windows ficou muito bizarro. Deu até dó... :)

No mais, muito bom o artigo. Tem coisas que são aparentemente simples, mas não ainda assim precisam ser ditas.

Os cometários sobre a necessidade de artigos que explicam a configuração dão o ensejo para uma nova contribuição. Quem sabe não pinta por aí. :)

Grande abraço,
Xico.


[6] Comentário enviado por xerxeslins em 11/06/2009 - 20:50h:

Não sei se interessa a alguém, mas há um artigo simples sobre configuração após a instalação do Slackware que pode complementar esse:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Mamae-quero-Slack-(parte-2)



[7] Comentário enviado por pinduvoz em 14/06/2009 - 18:51h:

Não vejo problema nenhum em ver "telinhas de windows em forum de linux".

Mostrar aqui as telas da instalação do Slackware certamente vai ajudar quem nunca teve contato com ele, além de incentivar um possível teste dessa excelente distro.

E se alguém quiser ter um chilique maior, fica o link:

http://vivaolinux.com.br/screenshot/KDE-Slack-no-Vista/


[8] Comentário enviado por xerxeslins em 15/06/2009 - 01:20h:

LOL pinduvoz,

com essa... alguns devem ter chorado.



[9] Comentário enviado por Jhonnys Oliveira em 14/01/2010 - 22:42h:

Com excessão às ironias e brincadeiras, parabens pelo tutorial, Rbpereira.Comigo transcorreu 100%. breve enviarei algumas configurações suplementares que devem ser feitas, sob risco do sistema se tornar inoperante.



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.