Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · Doode · NoticiasLinux · SoftwareLivre.org · UnderLinux



» Screenshot
Linux: ArchLinux
Por removido
» Login
Login:
Senha:

Se você ainda não possui uma conta, clique aqui.

Esqueci minha senha



Artigo

Criando ou aumentando a memória virtual (SWAP) no Linux
Linux user
dstter
12/11/2009
Neste artigo demonstro duas maneiras de criar uma SWAP no Linux e obter mais memória para o sistema operacional. Procedimento simples, mas que pode aumentar o desempenho de sua máquina caso tenha pouca memória RAM disponível.
Por: Douglas Ritter
[ Hits: 24851 ]
Conceito: 10.0   2 voto(s)2 voto(s)2 voto(s)2 voto(s)2 voto(s) + quero dar nota ao artigo

Introdução

A memória é um dos fatores fundamentais para se ter um computador. Ela é responsável em armazenar todas as saídas do processador. Tudo que está rodando em seu computador e qualquer determinado tempo "X" está armazenado na memória. Às vezes necessitamos usar programas que exigem muito processamento e logo usarão muita memória, como por exemplo:
  • Ripar um filme
  • Compactar dados
  • Trabalhar com fotos...

Se nesse momento não tivermos uma boa quantidade de memória, poderemos não conseguir fazer determinada tarefa ou obter erros, bem como ter uma máquina lenta no processo. Para dar uma ajuda existe o que chamamos de memória virtual.

Como funciona?

Sua teoria é simples: É criado um arquivo em algum dispositivo de armazenamento (HD, pendrive..) de tamanho "X" e o sistema passa a reconhecer esse tamanho X também como parte da memória.

Tem desvantagem?

Sim, a velocidade! Memórias fazem muitos megabytes por segundo, enquanto a memória virtual estará presa à velocidade do dispositivo a qual está hospedado o arquivo, assim sendo, se o dispositivo for muito lento, poderá ocorrer notável queda do desempenho da máquina. Mas não é nada que com paciência não se vença. ;)

Criando uma partição SWAP

Caso deseje criar uma partição e que ela seja exclusiva para memória virtual, siga o procedimento abaixo.

Aqui usaremos o fdisk como programa de particionamento e consideraremos que você possui espaço da tabela de partições para criar uma partição.

LEMBRANDO: Você pode ter 4 partições primárias ou 3 partições primárias e uma lógica. Estando como superusuário, digite:

# fdisk /dev/x (onde x é o valor do dispositivo no Linux, ex.: hda, hdb. sda. sdc, ...)

Pressione a letra "n" (para entrar na opção de criar partições).

Escolha o número da partição (1-4).

Digite em qual parte do HD ela deve começar (simplesmente confirme a opção sugerida, caso não saiba o que é isso).

Digite o tamanho que deseja para partição, por exemplo: para 50 megas, digite +50M ou para 1 giga, digite +1G.

E pronto, ela estará criada! Agora precisamos mudá-la para SWAP, para isso:

Tecle "t" (na tela inicial do programa)

Digite o número dado a partição antes de criá-la (1-4 para primárias; 5-n para lógicas).

Apague o valor que aparecer e digite o número 82.

Pronto! Agora basta salvar a tabela de partições digitando a letra "w".

Resta formatá-la como SWAP e ativá-la, para isso:

mkswap /dev/xy

Onde x é o valor do dispositivo e y a partição. Por exemplo, se for sda4, digite:

# mkswap /dev/sda4

E depois:

# swapon /dev/sda4 (seguido do exemplo anterior. Use o valor da partição do seu caso)

Está criada, pronta e em uso sua partição SWAP!

CURIOSIDADE: Nesse caso na maior parte das distribuições ela será reconhecida imediatamente no processo de abertura do SO.

    Próxima página >>




Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Como fazer um arquivo de SWAP

Outros artigos deste autor

Leitura recomendada

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 12/11/2009 - 08:54h:

Quem não quiser ter esse trabalho, baixe o SwapMaker:
http://www.tucows.com/preview/201024

As coisas mudaram um pouco de 2001 pra ca, mas qualquer coisa podem me contatar -- sim, sou o autor do script. []s, bom artigo.


[2] Comentário enviado por albfneto em 12/11/2009 - 14:59h:

Bom, também hoje, muitas distros, o instalador delas, já vai fazer a partição de troca Swap.
Eu gostei, mas eu acho muito curto para um artigo.


[3] Comentário enviado por grandmaster em 13/11/2009 - 00:00h:

Essa vale para uma galera mais nova.

---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br


[4] Comentário enviado por laurobmb em 15/11/2009 - 11:33h:

BLZ de comentário!!!!! meu pc não espaço na partição nem mais para um picolé feito no GIMP srsrsr ....eu uso isso para criar um arquivo e usa-lo como swap:

dd if=/dev/zero of=/swap bs=1024 count=500000 ### exemplo um arquivo de 500Mb

logo depois formato e ativo.....


[5] Comentário enviado por vaini em 21/11/2009 - 11:31h:

Muito bom seu artigo, obrigado.



Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.