Linux slogan
Visite também: BR-Linux.org · Dicas-L · SoftwareLivre.org · UnderLinux

Linux banner
Linux banner
Linux banner
Linux banner


» Screenshot
Linux: Sabayon 7 com KDE
Por removido


Artigo

1º Fórum da Internet no Brasil
Linux user
binoanb
20/12/2011
Cerca de 1400 pessoas oriundas de 18 estados e um número considerável de visitantes estrangeiros, marcaram sua presença no evento.
Por: Albino Biasutti Neto | Blog: http://www.binoanb.eti.br
[ Hits: 3468 ]
Conceito: 10.0   3 voto(s)3 voto(s)3 voto(s)3 voto(s)3 voto(s) + quero dar nota ao artigo

1º Fórum da Internet no Brasil

Mesmo com o pouquíssimo tempo para a organização, o evento foi realizado com sucesso. Cerca de 1400 pessoas oriundas de 18 estados e um número considerável de visitantes estrangeiros, marcaram sua presença no evento.
Linux: 1º Fórum da Internet no Brasil

O local escolhido - o Centro de Convenções do Expo Center Norte - não poderia ter sido melhor, a comissão organizadora merece os parabéns pela escolha. Após um delicioso café da manhã tivemos a abertura dos trabalhos às 10:30 horas.

A abertura deste 1º Fórum contou com a presença de vários deputados, representantes de Ministérios e da agência reguladora de telecomunicações, a Anatel. A primeira palestra tratou dos primórdios da Internet no Brasil. A palestra foi bastante interessante pois foi apresentado um resumo da história da Internet e de como surgiu o Comitê Gestor da Internet no Brasil (cgi.br).

Um debate bem oportuno foi aquele que tratou das dificuldades para a implementação da internet banda larga com qualidade. O tema evoluiu, naturalmente, para inclusão digital, leis sobre acesso, liberdade de utilização, novos projetos e neutralidade da grande rede.

O Fórum foi organizado por trilhas. Houveram seis trilhas:
  • Universalidade e Inclusão Digital;
  • Liberdade, privacidade e direitos humanos;
  • Governança democrática e colaborativa;
  • Diversidade e conteúdo;
  • Padronização, interoperabilidade, neutralidade e inovação;
  • Ambiente legal, regulatório, segurança e inimputabilidade da rede.

Nestas trilhas a sociedade civil, o terceiro setor, instituições governamentais, empresas e afins, puderam debater de maneira livre e aberta. Os participantes cobraram posição do Governo a respeito dos impostos que oneram as conexões.

Uma trilha bem interessante foi a que tratava de "Universalidade e Inclusão Digital". Nesta trilha foram discutidos temas relativos a treinamentos, cursos em escolas públicas que muitas vezes não dispõem de recursos tecnológicos suficientes, e como essa realidade está mudando com a adoção do Linux e uma gama enorme de softwares educacionais livres.

Na trilha "Padronização, Interoperabilidade, Neutralidade e Inovação" foram discutidos os vários paradigmas da usabilidade da banda larga no país. Pessoas anônimas, outras ligadas ao terceiro setor, empresários, de diversos municípios do Brasil debateram com representantes do Governo e da Anatel como melhorar o acesso à internet.

Existem locais pelo país com conexão de 56 Kbps e outros em que não há nenhum tipo de conexão com a Internet. Abordaram também a liberdade na rede, vigilância da banda larga e neutralidade da rede.

No interior do Brasil existem pequenos Provedores de Serviços de Internet (ISP), que atuam num nicho de mercado que não é interessante para os grandes provedores. Esses pequenos provedores possuem equipamentos próprios - antenas, transmissores e servidores - que foram adquiridos com recursos próprios. A Anatel, enquanto agência reguladora, deveria exigir que os grandes provedores dispensassem mais atenção e recursos para os pequenos centros urbanos, dessa forma a inclusão digital ficaria facilitada.

Iniciativas como este primeiro Fórum da Internet no Brasil deveria ser regionalizado, mantendo o nacional. A organização do primeiro Fórum merece os parabéns pela organização.

Merece destaque o sociólogo Sérgio Amadeu por suas atividades em prol de uma banda larga melhor e para todos, bem como sua incansável luta pela neutralidade da rede.

Muitos foram os políticos presentes no Fórum, esperava-se deles bons resultados. O mesmo pode-se falar da Anatel.

Resta só dizer que o "Movimento Mega Não" pela liberdade na grande rede, a luta pela democracia e a disseminação do conhecimento merece o apoio de toda a sociedade.

Link com relatório de cada trilha:
Previamente publicado em:
Abraços.
   




Páginas do artigo
   1. 1º Fórum da Internet no Brasil

Outros artigos deste autor

Leitura recomendada

Comentários
Nenhum comentário foi encontrado.

Contribuir com comentário


  
Para executar esta ação você precisa estar logado no site, caso contrário, tudo o que for digitado será perdido.
Responsável pelo site: Fábio Berbert de Paula - Conteúdo distribuído sob licença GNU FDL
Site hospedado por:

Viva o Linux

A maior comunidade Linux da América Latina! Artigos, dicas, tutoriais, fórum, scripts e muito mais. Ideal para quem busca auto-ajuda em Linux.